Menu
2021-03-15T18:43:57-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
EXPANDINDO

Dasa anuncia aquisição de hospital de referência do Maranhão

Rede de medicina diagnóstica realiza aquisições e prepara re-IPO em meio à intensificação da disputa no mercado de saúde

15 de março de 2021
8:41 - atualizado às 18:43
dasa são domingos
Imagem: Divulgação

A Diagnósticos da América (Dasa), uma das principais redes de medicina diagnóstica do país, anunciou nesta segunda-feira (15) a aquisição do São Domingos, hospital de referência de São Luís, Maranhão. A informação foi antecipada pelo site “Brazil Journal”.

O acordo prevê o pagamento de R$ 400 milhões em dinheiro e o repasse de 12,5 milhões em ações da companhia. Considerando a cotação em que os papéis fecharam na sexta-feira (12), de R$ 155,00, a operação totaliza R$ 2,3 bilhões, mas a Dasa informou que o valor está sujeito a ajuste com base na variação de dívida líquida do hospital.

Segundo o “Brazil Journal”, o hospital tem atualmente 380 leitos, mas o número alcançará 500 com a inauguração de um novo prédio. Uma das fontes disse que o São Domingos prevê um lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) de R$ 130 milhões a R$ 140 milhões para 2021.

A aquisição ocorre enquanto a Dasa, controlada pela família Bueno, fundadora da Amil, prepara um re-IPO. A empresa já engajou Bradesco BBI, BTG Pactual, BofA, Credit Suisse, Morgan Stanley, Safra, Santander Brasil e Banco Itaú BBA para coordenarem a operação.

Trata-se de um re-IPO porque a Dasa já é listada na bolsa, mas apenas 2,5% do seu capital social é negociado no mercado. As ações são listadas sob o código DASA3.

A Dasa está indo em busca de novos recursos e realiza novas aquisições enquanto vê seus principais concorrentes se movimentando para adquirir novos hospitais e clínicas, de olho na liderança do setor de saúde brasileiro.

A Rede D’Or (RDOR3) abriu o seu capital no ano passado, levantando R$ 11,4 bilhões. A empresa chegou à B3 avaliada em cerca de R$ 112 bilhões e está em busca de garantir sua posição como maior grupo hospitalar do país.

Para não ficarem para trás, a Hapvida (HAPV4) e a NotreDame Intermédica (GNDI3) anunciaram que chegaram a um acordo para deixarem de brigar entre elas por ativos e combinarem os negócios, em transação que deve criar a maior operadora de saúde do país.

Além de ser dona das redes de medicina diagnóstica Delboni e Lavoisier, a Dasa também atua no segmento hospitalar. No ano passado, ela adquiriu a rede de hospitais Leforte, em São Paulo.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

pandemia

Covid-19: número de mortes sobe para 361,8 mil no Brasil

Nas últimas 24 horas, foram registradas mais 3.459 mortes no país

seu dinheiro na sua noite

Petróleo, minério e tudo que há de bom

Entre o fantasma do Orçamento com pedaladas, a besta da PEC “fura-teto”, o gigante da CPI da Covid e o monstro da pandemia, o Ibovespa conseguiu hoje engatar a terceira alta seguida e fechar acima dos simbólicos 120 mil pontos, marca que o índice não via desde fevereiro. Mas como pode? Bem, mais uma vez […]

hoje não

Hering rejeita proposta da Arezzo para potencial fusão

Segundo a Cia. Hering, a proposta “não atende ao melhor interesse dos acionistas e da própria companhia”

Polêmica na privatização

CVM vai investigar CEEE por suposta omissão na divulgação de informações

A autarquia começará a apuração de uma denúncia de omissão de fatos relevantes sobre a privatização da estatal gaúcha

FECHAMENTO

Commodities em alta levam o Ibovespa acima dos 120 mil pontos pela primeira vez desde fevereiro; dólar recua

O clima incerto em Brasília segue assombrando os investidores, mas ainda assim a bolsa brasileira consegue fôlego com as commodities para se manter no azul

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies