Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-11-26T07:28:11-03:00
Ricardo Gozzi
A SAGA CONTINUA

Caso Buffett: CVM denuncia ex-executivos do IRB e abre espaço para punição

Acusação mais grave recai sobre ex-CFO Fernando Passos, acusado de tentativa de manipulação de preços

26 de novembro de 2021
7:20 - atualizado às 7:28
Tela de celular mostra logotipo do IRB Brasil RE com gráfico ao fundo
Imagem: Shutterstock

Um dos episódios mais constrangedores ocorridos no mercado financeiro brasileiro nos últimos anos acaba de entrar em sua fase final.

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) decidiu abrir um processo administrativo sancionador contra dois ex-executivos do IRB (IRBR3) que “alegaram falsamente” a seus acionistas que a Berkshire Hathaway, do megainvestidor Warren Buffett, tinha interesse em investir na resseguradora.

Quem são os denunciados

José Carlos Cardoso, ex-CEO do IRB, foi acusado de falhar em seu dever de diligência ao divulgar informação falsa ao mercado, sem verificação de veracidade.

Já Fernando Passos, ex-CFO, foi denunciado por tentar manipular preços no mercado de valores mobiliários.

Relembre o caso

O episódio ocorreu em meio à crise deflagrada pela denúncia feita pela gestora Squadra em fevereiro do ano passado de que a administração do IRB teria cometido fraudes contábeis bilionárias em seus balanços.

A denúncia provocou uma forte desvalorização em IRBR3, que no fim de janeiro de 2020 atingira seu pico histórico, a R$ 41,43 por ação.

Foi então que os executivos, num encontro com acionistas, tiveram a brilhante ideia de dar corda a um boato segundo o qual a Berkshire Hathaway teria resolvido aproveitar a pechincha e “triplicar sua posição” em IRBR3.

O desmentido

Não demorou para que o conglomerado liderado por Buffett desmentisse a alegação e informasse que “nunca foi acionista do IRB e não tem intenção de se tornar um”.

O desmentido desencadeou uma maré de depreciação nos papéis da empresa de resseguros, que nos últimos meses anunciou uma série de medidas para tentar recuperar a credibilidade perdida.

Com isso, a área técnica da CVM abriu um inquérito para avaliar as possíveis irregularidades em operações na B3 envolvendo as ações ordinárias e derivativos de emissão do IRB, no período de 1º de janeiro a 31 de março de 2020.

Não é só

A CVM informou que existem outros três processos relacionados ao IRB em andamento na autarquia e que apuram, em especial, suspeitas de manipulação com papéis da resseguradora.

Existe ainda um inquérito administrativo que apura eventuais irregularidades relacionadas à divulgação de informações por parte do IRB e seus administradores.

O fato é que, não à tona, IRBR3 encontra-se atualmente quase 90% abaixo de máxima histórica, atingida há menos de dois anos, e analistas de mercado seguem refratários em afirmar que já seria ponto de comprar. Ontem, IRBR3 fechou em R$ 4,25 por ação.

*Com informações do Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

BC aumenta a Selic, Nubank conclui IPO e mercado reage bem à PEC dos precatórios; veja o que marcou esta quarta-feira

Conforme esperado pelos economistas após dados recentes mais fracos da atividade econômica brasileira, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu elevar a taxa básica de juros em 1,5 ponto percentual, a 9,25% ao ano, em sua última reunião do ano. Se em muitos momentos ao longo de 2021 o mercado acionário reagiu ao […]

2022 MAIS GORDO

Dividendos e JCP: Copel (CPLE6) engrossa a lista de pagamentos milionários aos acionistas; não fique fora dessa

Data da remuneração ainda não foi definida pela empresa, mas valerá para aqueles com posição até 30 de dezembro deste ano

FECHAMENTO DO DIA

Investidores tentam equilibrar noticiário e Ibovespa emplaca mais um dia de alta; dólar tem queda firme com ômicron no radar

Com o avanço da PEC dos precatórios, a pandemia se torna um dos únicos gatilhos negativos a rondar o Ibovespa

DOBRANDO A ESQUINA

Lucro das empresas com ações na bolsa deve cair 6,3% em 2022, diz BTG Pactual

Mesmo assim ainda é possível encontrar setores em que o cenário é positivo; saiba quem é quem

Bateu o martelo

IPO do Nubank sai no topo da faixa indicativa, a US$ 9 por ação; banco ultrapassa Itaú (ITUB4) e é a instituição financeira mais valiosa da América Latina

Com isso, os BDRs, que serão negociados por aqui a partir da próxima quinta-feira (09), saem valendo R$ 8,38

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies