Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-07-16T09:11:14-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
interior paulista

Cruzeiro do Sul Educacional compra Moura Lacerda por R$ 54 milhões

Instituição têm cerca de três mil alunos da educação básica a pós-graduação; operação confirma aposta de parte do mercado

15 de julho de 2021
18:43 - atualizado às 9:11
Unidade-I-Sede
Unidade I – Sede | Ribeirão Preto. Moura Lacerda - Imagem: Moura Lacerda / Divulgação

A Cruzeiro do Sul Educacional (CSED3) anunciou nesta quinta-feira (15) a aquisição da instituição universitária Moura Lacerda por R$ 54 milhões, pagos em cinco anos e sujeito a ajustes.

Com 98 anos de história e sediado na cidade de Ribeirão Preto (SP), o Centro Universitário Moura Lacerda é uma das mais tradicionais instituições de educação do interior paulista. O grupo opera também na cidade de Jaboticabal.

A instituição têm cerca de três mil alunos da educação básica a pós-graduação. Segundo a Cruzeiro do Sul, a Moura Lacerda "exerce papel de liderança regional" e tem uma marca forte em uma das principais cidades do estado de São Paulo.

"Seus três campi dispõem de infraestrutura completa e diferenciada para a demanda de educação presencial de qualidade", disse a empresa. Os destaques do portfólio, diz a companhia, são cursos de Engenharia, Medicina Veterinária, Arquitetura e Direito.

"Destaca-se que a IES não opera atualmente na Educação a Distância, sendo certo que a oferta de cursos desta modalidade sob a marca Moura Lacerda em Ribeirão Preto e região se configura numa oportunidade importante para a companhia".

Momento para aquisições

Parte do mercado fala em potenciais aquisições da empresa desde o IPO, em fevereiro de 2020, quando a companhia levantou R$ 1,2 bilhão. A Cruzeiro do Sul comprou ao menos 11 empresas nos últimos 10 anos.

A aposta de analistas nesse tipo de operação foi reforçada com a pandemia, momento que em grupos educacionais pequenos começaram a passar por dificuldades.

Para a Cruzeiro do Sul, a chegada da covid-19 não representou perdas expressivas. Em março de 2021, o Bank of America (BofA) lembrou em relatório que a empresa ajustou preços "bem acima" de seus pares.

O movimento foi possível por causa do posicionamento da companhia, que ainda manteve níveis de conversão de fluxo de caixa mais saudáveis, com recebíveis sob controle, disseram os analistas.

Fundada em 1965 em São Miguel Paulista, a Cruzeiro do Sul diz ser o quarto maior grupo de ensino do país. O grupo é dono da Unicid, UDF Centro Universitário, Universidade Positivo, entre outras empresas de educação.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

O melhor do Seu Dinheiro

O seu momento Sherlock Holmes

Na adolescência, ouvia que quem buscasse por romance policial brasileiro deveria ler algo do Rubem Fonseca. Era uma vontade minha achar uma história desse gênero que fosse mais próxima da minha realidade — e o filtro nacionalidade me pareceu o mais adequado.  A ideia surgiu depois de ter conhecido parte das histórias criadas por Agatha […]

Mesa Quadrada

Comentarista da ESPN Paulo Antunes fala da sua paixão por futebol americano e experiência no mercado financeiro

Ele conta sobre suas aventuras na cobertura de futebol americano e basquete e ainda revela seus investimentos na Bolsa em novo episódio do podcast Mesa Quadrada

Garantindo a oferta

Crescem ofertas de ações com reserva antecipada

As ancoragens normalmente conseguem atrair mais investidores, numa espécie de chancela prévia, com potencial impacto positivo no preço da ação.

alto escalão

Fleury: CFO Fernando Leão renuncia ao cargo e será substituído por José Filippo

O Fleury informou que os dois executivos trabalharão juntos em um processo de transição estruturado que se terminará em dia 31 de agosto.

brumadinho

Sindicato recorre e indenização da Vale pode chegar a R$ 3 mi a cada morto em MG

Em nota, a Vale reiterou que está comprometida em indenizar as famílias das vítimas da tragédia de Brumadinho de “forma rápida e responsável”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies