Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-07-14T12:45:21-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
Sem sofrência

Chora não, coleguinha: Arezzo compra Myshoes e terá ajuda da cantora Simaria e do Mercado Livre

A Arezzo comprou a MyShoes e trouxe a cantora Simaria como embaixadora; as vendas dos produtos ocorrerão em parceria com o Mercado Livre

14 de julho de 2021
12:34 - atualizado às 12:45
Simaria Arezzo MyShoes
Imagem: Divulgação / Seu Dinheiro

Se você quer curtir a noite de patroa, saiba que a Arezzo pode te ajudar com o look certo: há pouco, a empresa anunciou a compra da MyShoes e colocou mais um tijolo na construção da sua "casa de marcas". E, para provar que a união é caso sério, a companhia trouxe a cantora Simaria como embaixadora.

Os valores da operação não foram divulgados, mas a estratégia da Arezzo está bem amarrada: os sapatos e bolsas da MyShoes têm forte apelo entre as marcas B- e C+, mas a marca estava inoperante desde 2018. Ou seja: há uma espécie de demanda reprimida a ser atendida.

E, tão importante quanto: a companhia não tem produtos que atendam esse público. Marcas como Schutz, Anacapri, Reserva e a própria Arezzo dialogam com outros tipos de consumidor — assim, a compra da MyShoes não traz consigo o risco de competição dentro da própria empresa.

No lado comercial e de marketing, a Arezzo também não deixou pontas soltas. A companhia fechou um acordo com o Mercado Livre para as vendas digitais da marca; em paralelo, a cantora Simaria, com seus 24 milhões de seguidores no Instagram, dialoga diretamente com o público-alvo da MyShoes.

E, falando em Instagram: Alexandre Birman, CEO da Arezzo, fez uma espécie de anúncio oficial da compra da MyShoes pela rede social. E quem estava ao seu lado no post?

Arezzo e MyShoes + Mercado Livre

Como Birman afirma, os segmentos B- e C+ representam cerca de 44% do mercado de bolsas e sapatos femininos; sendo assim, a compra de hoje abre as portas para um enorme mercado consumidor ainda inexplorado pela Arezzo.

Mas a reativação da MyShoes não deve ocorrer nas mesmas bases do passado, quando a marca chegou a ter 40 franquias. Os planos da Arezzo têm como foco o desenvolvimento dos canais digitais — e, para tal, o Mercado Livre também entrou na dança.

A loja virtual da MyShoes será operada em parceria com o gigante do e-commerce; ao mesmo tempo, os produtos da marca serão comercializados pelo Mercado Livre — o estoque será o mesmo em ambos os canais.

Ou seja, há uma espécie de divisão de trabalho: enquanto a Arezzo cuida do estilo, produção e branding dos produtos MyShoes, o Mercado Livre fica responsável pela logística e distribuição.

Inicialmente, a parceria vai durar três anos, mas pode ser expandida — tanto em prazo quanto em tipo de mercadoria. A Arezzo, afinal, é uma "casa de marcas" e não vende apenas sapatos.

Simaria e o poder das redes

Simone e Simaria
O alcance do Instagram da cantora Simaria e a popularidade de sua dupla com Simone no Spotify

A atenção da Arezzo às redes sociais chama a atenção: as aquisições feitas pela companhia costumam envolver marcas com forte presença no Instagram, o que lhes confere uma espécie de marketing orgânico.

É o caso da BAW Clothing, comprada no mês passado. A marca de roupas tem apelo com um público mais jovem e é uma das queridinhas dos influencers — tanto os com milhões de seguidores quanto os microinfluenciadores, com alcance mais restrito, mas maior poder de persuasão.

Como resultado, a BAW cresce em velocidade espantosa em termos de receita, mesmo com um ticket médio mais elevado — um moletom passa facilmente dos R$ 500,00 — e uma estrutura operacional enxuta.

A aquisição da MyShoes segue caminho semelhante: mesmo inativa há três anos, a marca ainda tem quase 200 mil seguidores no Instagram e uma base fiel de clientes; a cantora Simaria, na condição de nova embaixadora da marca, será fundamental para reaquecer a lembrança dos consumidores.

Sem sofrência

A operação foi bem recebida pelo mercado: as ações ON da Arezzo (ARZZ3) operam em alta de mais de 2% nesta manhã, na casa dos R$ 99,00. Logo após a abertura, os papéis chegaram a disparar até o R$ 101,00, rompendo pela primeira vez na história a marca dos R$100,00.

Ações Arezzo ON após Myshoes
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

MANOBRAS

Juiz põe no banco dos réus ex-gestores do banco Máxima por gestão fraudulenta

O Banco Máxima S.A. informa que seus atuais acionistas assumiram a administração do banco em 2018, após aprovação pelo Banco Central, e que os integrantes da antiga gestão não têm mais qualquer relação com a instituição financeira

Foguete? Tô fora!

Warren Buffet: o bilionário que não quer conhecer as estrelas

Enquanto Bezos, Musk e Branson protagonizam a nova corrida especial, o Oráculo de Omaha prefere apenas observar

O melhor do Seu Dinheiro

O seu momento Sherlock Holmes

Na adolescência, ouvia que quem buscasse por romance policial brasileiro deveria ler algo do Rubem Fonseca. Era uma vontade minha achar uma história desse gênero que fosse mais próxima da minha realidade — e o filtro nacionalidade me pareceu o mais adequado.  A ideia surgiu depois de ter conhecido parte das histórias criadas por Agatha […]

Mesa Quadrada

Comentarista da ESPN Paulo Antunes fala da sua paixão por futebol americano e experiência no mercado financeiro

Ele conta sobre suas aventuras na cobertura de futebol americano e basquete e ainda revela seus investimentos na Bolsa em novo episódio do podcast Mesa Quadrada

Garantindo a oferta

Crescem ofertas de ações com reserva antecipada

As ancoragens normalmente conseguem atrair mais investidores, numa espécie de chancela prévia, com potencial impacto positivo no preço da ação.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies