Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-10-01T12:22:30-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
de olho na bolsa

Grupo Mateus e JBS têm forte alta na bolsa em duas semanas; por quê? Empresas respondem

Benefícios fiscais e novas análises de bancos de investimento estão entre os motivos para as fortes oscilações, de acordo com as companhias; entenda

30 de setembro de 2021
19:54 - atualizado às 12:22
fachada de supermercado da rede grupo mateus
Imagem: Reprodução /Youtube Grupo Mateus

As ações do Grupo Mateus (GMAT3) e as da JBS (JBSS3) registraram forte alta nas últimas duas semanas, levando a B3, operadora da bolsa, a pedir explicações sobre o movimento. As empresas responderam ao pedido, divulgado nesta quinta-feira (30).

O Grupo Mateus atribuiu a alta dos papéis à aprovação do Projeto de Lei Complementar 05/2021 na Câmara dos Deputados, que permite a prorrogação, por até 15 anos, das isenções, dos incentivos e dos benefícios fiscais ou financeiro-fiscais vinculados ao ICMS.

"A companhia acredita que a aprovação do Projeto tenha gerado um fluxo adicional, uma vez que o Grupo Mateus se utiliza de benefícios de ICMS em sua operação", disse a empresa.

O Projeto de Lei ainda precisa passar por votação no Senado e ser sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro para ser definitivamente aprovado.

Leia também:

JBS (JBSS3) avança

A JBS disse que não há fato específico que seja de seu conhecimento e que justifique as oscilações das ações, mas pondera que "algumas instituições financeiras" divulgaram relatórios positivos sobre os papéis da companhia.

No dia 27 de setembro, o banco Santander publicou um relatório com menção ao preço-alvo de R$ 56,00 por ação. No dia seguinte, o JP Morgan emitiu um documento estabelecendo um potencial de R$ 50,00, lembrou a empresa, que emitiu um comunicado assim como o Grupo Mateus.

A JBS também listou que o banco Morgan Stanley divulgou um relatório com menção ao preço-alvo de R$ 54,00 por ação, ainda no dia 29 de setembro. As divulgações dos relatórios podem ter contribuído para as oscilações, disse a empresa.

Entre 16 e 29 de setembro, as ações da JBS (JBSS3) subiram 14%, a R$ 37,38, enquanto os papéis do Grupo Mateus (GMAT3) avançaram 7,7%, a R$ 7,30. Ambas as empresas emitiram comunicados com dados que compreendem o período, incluindo volume de negociação e oscilações diárias.

Grupo Mateus e JBS ainda têm espaço para subir?

Ao menos segundo os analistas do mercado, as ações de Grupo Mateus (GMAT3) e JBS (JBSS3) ainda têm espaço para subir mais.

O preço-alvo para JBSS3 está em R$ 45, segundo mediana de análises consultadas pela plataforma TradeMap. Já GMAT3 poderia chegar a R$ 11, ainda conforme dados da plataforma.

VÍDEO: Vale (VALE3) está barata? Veja análise

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Efeito dominó

Mais uma incorporadora chinesa deixa de pagar seus credores; China rompe o silêncio sobre a crise no setor imobiliário

A China Properties Group informou que não fez o pagamento de US$ 226 milhões referentes a uma emissão de notas seniores que vencia hoje

Exile on Wall Street

Dia do professor: cinco lições sobre fundos de investimento para o primeiro dia de aula

Dos brinquedos à maçã (virtual), comemora-se nesta semana as datas dos dois agentes de mudanças mais importantes de uma sociedade. Crianças têm, claro, suas aptidões naturais por exatas, humanas, ciências biológicas e artes em todas as suas formas de expressão. Mas são os professores que catalisam e alavancam esse interesse pelo conhecimento, ensinam a pensar […]

ESQUENTA DOS BALANÇOS

Prévias operacionais embalam as ações de Direcional (DIRR3) e Tenda (TEND3) hoje; veja qual construtora é a favorita dos analistas

Enquanto a Direcional entregou um trimestre de recordes, o foco exclusivo da Tenda no programa Casa Verde e Amarela pode tornar-se um problema

Câmbio em foco

Após novo leilão de swap para conter o dólar, diretor reforça capacidade robusta de intervenção do Banco Central

Bruno Serra lembrou que a instituição segue intervindo no mercado e destacou que já foram vendidos R$ 3,5 bilhões desde o fim de setembro

BREAKING NEWS

SEC autoriza Nasdaq a negociar primeiro ETF em bitcoin (BTC) dos EUA e anima mercado de criptomoedas hoje

O primeiro ETF em criptomoeda dos Estados Unidos não é uma réplica exata do preço do bitcoin, mas sim o preço de contratos futuros

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies