🔴 [EVENTO GRATUITO] COMPRAR OU VENDER VALE3? INSCREVA-SE AQUI

Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
DIAS MELHORES

JP Morgan vê potencial de mais de 40% de alta para as ações da JBS (JBSS3) com melhora do cenário internacional para proteínas

Com o crescimento dos preços dos cortes nos Estados Unidos se sobrepondo ao custo do rebanho e do processamento, a JBS deve apresentar um balanço mais robusto no próximo ano.

Jasmine Olga
Jasmine Olga
29 de setembro de 2021
14:25 - atualizado às 18:43
Unidade de processamento de carne JBS BRF Marfrig Minerva JBSS3 Dividendos
Imagem: Shutterstock

Enquanto a bolsa brasileira vive uma nova rodada de incertezas, o setor de frigoríficos tem conseguido se destacar nos últimos dias, pegando carona na alta do dólar e também no sinal verde do Cade para a aquisição de 32% das ações da BRF (BRFS3) pela Marfrig (MRFG3). 

Mas enquanto Marfrig e BRF acumulam uma alta superior a 11% somente nesta semana, a Minerva (BEEF3) e a JBS (JBSS3) ficaram para trás, acumulando avanços mais modestos.

Os analistas do JP Morgan, no entanto, acreditam que a JBS ainda tem potencial para subir mais de 40%. A divulgação do relatório com a tese do banco deu gás extra para as ações da companhia nesta quarta-feira (29). Hoje, os papéis de JBSS3 avançaram 6,28%, a R$ 37,40, uma das maiores altas do Ibovespa. 

As razões para o otimismo

Para Lucas Ferreira, Ulises Argote e Sebastian Hickman, analistas do JP Morgan, o cenário mais positivo para as subsidiárias americanas da Marfrig e da JBS deve trazer diversas melhorias para os balanços do próximo ano. 

Com o crescimento da demanda por cortes premium, os preços têm se elevado, ultrapassando o crescimento do valor do gado. Mesmo que esse movimento desacelere nos próximos meses, a expectativa é que a margem fique acima da média de longo prazo, ultrapassando a casa dos 10%. 

Nos últimos 12 meses, os preços dos cortes de carne cresceram cerca de 46,3%, enquanto os custos de produção e consumo tiveram um aumento de 3,5% e 2,1%, respectivamente, mesmo com as companhias ainda sendo afetadas pelos efeitos dos recentes incêndios florestais na Austrália. 

Além de um aumento na estimativa de Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) para R$ 36,5 bilhões, impulsionada pela subsidiária americana, o JP Morgan também vê uma recuperação da lucratividade da JBS Brasil e da Seara. 

Com os novos números em mente, os analistas elevaram o preço-alvo da ação em 12 meses para R$ 50, valor 42% acima do fechamento da última terça-feira (28). A recomendação para o papel é de compra (overweight). 

A melhora do cenário na América do Norte também deve influenciar positivamente os resultados da Marfrig. O banco mantém a recomendação neutra para os papéis, levando em consideração os múltiplos atuais de negociação da companhia, como o retorno de dividendos, que está abaixo da média do setor. 

Compartilhe

BRIGA PELO TRONO GRELHADO

Acionistas da Zamp (BKBR3) recusam-se a ceder a coroa do Burger King ao Mubadala; veja quem rejeitou a nova oferta

21 de setembro de 2022 - 8:01

Detentores de 22,5% do capital da Zamp (BKBR3) já rechaçaram a nova investida do Mubadala, fundo soberano dos Emirados Árabes Unidos

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana segue sendo o elefante na sala e Ibovespa cai abaixo dos 110 mil pontos; dólar vai a R$ 5,23

15 de setembro de 2022 - 19:12

O Ibovespa acompanhou o mau humor das bolsas internacionais e segue no aguardo dos próximos passos do Fed

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Cautela prevalece e bolsas internacionais acompanham bateria de dados dos EUA hoje; Ibovespa aguarda prévia do PIB

15 de setembro de 2022 - 7:42

As bolsas no exterior tentam emplacar alta, mas os ganhos são limitados pela cautela internacional

FECHAMENTO DO DIA

Wall Street se recupera, mas Ibovespa cai com varejo fraco; dólar vai a R$ 5,17

14 de setembro de 2022 - 18:34

O Ibovespa não conseguiu acompanhar a recuperação das bolsas americanas. Isso porque dados do varejo e um desempenho negativo do setor de mineração e siderurgia pesaram sobre o índice.

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Depois de dia ‘sangrento’, bolsas internacionais ampliam quedas e NY busca reverter prejuízo; Ibovespa acompanha dados do varejo

14 de setembro de 2022 - 7:44

Os futuros de Nova York são os únicos que tentam emplacar o tom positivo após registrarem quedas de até 5% no pregão de ontem

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana derruba Wall Street e Ibovespa cai mais de 2%; dólar vai a R$ 5,18 com pressão sobre o Fed

13 de setembro de 2022 - 19:01

Com o Nasdaq em queda de 5% e demais índices em Wall Street repercutindo negativamente dados de inflação, o Ibovespa não conseguiu sustentar o apetite por risco

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas internacionais sobem em dia de inflação dos EUA; Ibovespa deve acompanhar cenário internacional e eleições

13 de setembro de 2022 - 7:37

Com o CPI dos EUA como o grande driver do dia, a direção das bolsas após a divulgação dos dados deve se manter até o encerramento do pregão

DANÇA DAS CADEIRAS

CCR (CCRO3) já tem novos conselheiros e Roberto Setubal está entre eles — conheça a nova configuração da empresa

12 de setembro de 2022 - 19:45

Além do novo conselho de administração, a Andrade Gutierrez informou a conclusão da venda da fatia de 14,86% do capital da CCR para a Itaúsa e a Votorantim

FECHAMENTO DO DIA

Expectativa por inflação mais branda nos Estados Unidos leva Ibovespa aos 113.406 pontos; dólar cai a R$ 5,09

12 de setembro de 2022 - 18:04

O Ibovespa acompanhou a tendência internacional, mas depois de sustentar alta de mais de 1% ao longo de toda a sessão, o índice encerrou a sessão em alta

novo rei?

O Mubadala quer mesmo ser o novo rei do Burger King; fundo surpreende mercado e aumenta oferta pela Zamp (BKBR3)

12 de setembro de 2022 - 11:12

Valor oferecido pelo fundo aumentou de R$ 7,55 para R$ 8,31 por ação da Zamp (BKBR3) — mercado não acreditava em oferta maior

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar