Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-06-15T23:01:10-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
política de preços

Ação da Petrobras cai após empresa anunciar redução do preço da gasolina

Litro da gasolina vendido nas refinarias da estatal vai ficar 2% mais barato, o que corresponde a uma queda de R$ 0,05; para consultoria, era para a empresa aumentar o preço

11 de junho de 2021
13:46 - atualizado às 23:01
Petrobras
Petrobras - Imagem: Shutterstock

As ações da Petrobras caem nesta sexta-feira (11), em reação ao anúncio de uma nova redução do preço da gasolina. Por volta das 13h40, os papéis preferenciais (PETR4) registravam baixa de 1,19%, a R$ 28,34, enquanto as ações ordinárias (PETR3) caíam 1,05%, a R$ 29,22.

O litro da gasolina vendido nas refinarias da estatal vai ficar 2% mais barato, o que corresponde a uma queda de R$ 0,05. O valor do litro passa para R$ 2,53, de acordo com a empresa. Acompanhe a cobertura de mercados do Seu Dinheiro.

O anúncio é feito em momento de alta do petróleo. A cotação da commodity tipo WTI sobe 1,12% nesta sexta, a US$ 71,08, e a do tipo Brent avança 0,46%, a US$ 72,85. Ambas acumulam alta de mais de 40% desde o início do ano.

Preço está abaixo do mercado internacional, diz consultoria

De acordo com a consultoria StoneX, com essa redução, o preço da Petrobras está abaixo do mercado internacional e não há oportunidade para outras empresas importarem o combustível.

A estatal utiliza a política de paridade internacional (PPI), na qual acompanha as variações do Brent, negociado em Londres, o câmbio e os custos logísticos.

Com isso, tende a se aproximar dos valores praticados pela concorrência, que traz os combustíveis de outros países para vender no Brasil.

"O câmbio disparou hoje e a gasolina está bem estável no mercado internacional. Era para a Petrobras aumentar o preço"

Thadeu Silva, especialista de petróleo da StoneX

O que diz a Petrobras

Em nota, a Petrobras disse que busca evitar o repasse imediato para os preços internos da volatilidade externa causada por eventos conjunturais.

"Nossos preços seguem buscando o equilíbrio com o mercado internacional e acompanham as variações do valor dos produtos e da taxa de câmbio, para cima e para baixo."

Petrobras

Segundo a estatal, os reajustes são realizados a qualquer tempo, sem periodicidade definida, de acordo com as condições de mercado e da análise do ambiente externo. "Isso possibilita à companhia competir de maneira mais eficiente e flexível".

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Tendências da bolsa

AGORA: Em linha com exterior negativo, Ibovespa futuro abre em queda e dólar sobe hoje; bitcoin (BTC) aprofunda queda do fim de semana

Na agenda da semana, a inflação medida pelo IPCA-15 e pelo PCE, nos Estados Unidos, são o grande destaque dos próximos dias

Empréstimo

Gol acerta financiamento de US$ 600 milhões para renovar frota de aviões

Empresa aérea usará o dinheiro para financiar a aquisição de 12 novas aeronaves Boeing 737 MAX 8, a uma taxa de juros menor que o custo atual da frota

BITCOIN (BTC) HOJE

Bitcoin (BTC) é negociado em US$ 33 mil e ethereum (ETH) cai 30% em sete dias; confira destaques de hoje para as criptomoedas

A reunião do Federal Reserve desta semana coloca ainda mais pressão sobre os ativos de risco, o que afeta bolsas e criptomoedas

O melhor do Seu Dinheiro

Vale a pena investir como Ronaldo Fenômeno? Tempos sombrios para as criptomoedas, Warren Buffett em alta e outros destaques do dia

Saiba como funcionam as Sociedades Anônimas do Futebol (SAF) e confira se é um bom negócio colocar o coração na ponta da chuteira e se tornar dono de um time

Segredos da Bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas iniciam a semana em tom negativo, de olho na decisão do Fed; Ibovespa acompanha desdobramentos da inflação e PEC dos combustíveis

No cardápio da semana, os primeiros números do IPCA-15 e a tensão envolvendo os servidores públicos permanecem no radar

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies