Menu
2021-03-06T08:11:53-03:00
Agência Brasil
Quase 2 mil mortos

Covid-19: Brasil tem segundo dia com mais mortes confirmadas

O Brasil também registrou hoje o recorde de mortes por semana. O número foi divulgado pelo Ministério da Saúde no mais novo boletim epidemiológico sobre a pandemia do novo coronavírus.

6 de março de 2021
8:11
vacina coronavírus
Imagem: Shutterstock

O Brasil teve o segundo  dia com mais novas mortes confirmadas desde o início da pandemia de covid-19. Em um período de 24 horas, as autoridades de saúde registraram mais 1,8 mil óbitos. Esse resultado só ficou abaixo do recorde, também nesta semana, de 1.910 vidas perdidas, notificadas no balanço de quarta-feira (3).

As mortes registradas nesta sexta-feira (5) superaram as de ontem (4), quando o balanço diário sobre a pandemia marcou 1.699 falecimentos. No total, 262.770 pessoas já perderam a vida para a covid-19 desde o início da pandemia.

O Brasil também registrou hoje o recorde de mortes por semana. O número foi divulgado pelo Ministério da Saúde no mais novo boletim epidemiológico sobre a pandemia do novo coronavírus.

Ainda há 2.892 mortes em investigação por equipes de saúde. Isso porque há casos em que o diagnóstico sobre a causa só sai após o óbito do paciente.

As informações foram divulgadas na atualização diária do Ministério da Saúde de hoje. O balanço é elaborado a partir das informações levantadas pelas autoridades estaduais e locais de saúde sobre casos e mortes provocados pela covid-19.

O balanço de hoje também marcou o segundo dia com mais novos casos registrados, com mais 75.495 diagnósticos confirmados. A soma foi menor apenas do que a do dia 7 de janeiro, quando foram acrescidas às estatísticas mais 87.843 pessoas infectadas. Ontem, os novos casos totalizaram 75.102.

Com os diagnósticos positivos registrados na atualização, a soma de pessoas infectadas desde o início da pandemia alcançou 10.869.227. Ontem o total estava em 10.793.732.

O número de pacientes recuperados alcançou 9.671.410 e o de pessoas com casos ativos, em acompanhamento por equipes de saúde, ficou em 935.047.

Estados

A lista de estados com mais mortes pela covid-19 é liderada por São Paulo, com 61.064 óbitos. Em seguida, aparecem Rio de Janeiro (33.607); Minas Gerais (19.204); Rio Grande do Sul (13.188) e Bahia (12.353).

Já as unidades da Federação com menos óbitos são Acre (1.047); Amapá (1.156); Roraima (1.160); Tocantins (1.565) e Sergipe (3.003).

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

entrevista

‘Orçamento está falido e não deveria ser sancionado’, diz Rodrigo Maia

Para ex-presidente da Câmara, governo e Congresso tem responsabilidade por esse Orçamento em que as emendas parlamentares são maiores do que os gastos discricionários

ESTRADA DO FUTURO

O que o mercado está tentando te dizer sobre as ações do Banco Inter (BIDI11)

Como analistas, gastamos cada vez mais tempo avaliando histórias. E se você quer investir bem o seu dinheiro, também deveria fazê-lo

termômetro

Tesla, Robinhood e GM: as apostas do bilionário Jorge Paulo Lemann

Empresário brasileiro respondeu quais seriam os investimentos de curto e longo prazo, em uma espécie de termômetro sobre a confiança em torno do negócio

escolha da CEO

Criptomeme bilionário, $moda$ de Hering e Arezzo, aposta contra o BC… veja o que bombou na semana no Seu Dinheiro

Você apostaria contra o Banco Central do Brasil?  Não falo de apostas mequetrefes com a turma do escritório, do tipo “quem perder paga uma rodada”.  Estou falando de colocar o seu patrimônio em investimentos que podem dar retornos altos se o BC estiver errado. Pois é justamente o que defende Rogério Xavier, da SPX Capital, um […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies