Menu
2021-03-10T06:44:08-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
NÚMEROS DA PANDEMIA

Covid-19: Brasil bate recorde com quase 2 mil mortes em 24 horas

Dados do Ministério da Saúde mostram alta de mortes pelo 14º dia consecutivo e que número de novos diagnósticos positivos atingiu 70.764

10 de março de 2021
6:44
coronavírus
Rio de Janeiro, 11 de novembro de 2020. ONG Rio de Paz promove um manifesto na praia de Copacabana em memória às vitimas da covid-19 no país. - Imagem: Shutterstock

O Brasil bateu novo recorde de mortes por covid-19. Em 24 horas, foram registrados 1.972 novos óbitos em consequência do novo coronavírus. A soma superou a marca anterior, de 1.910 óbitos, confirmados no dia de 3 de março.

O total de vidas perdidas para a pandemia alcançou 268.370. Ainda há outras 2.944 mortes em investigação por equipes de saúde. Isso porque há casos em que o diagnóstico sobre a causa só sai após o óbito do paciente.

O número de pessoas recuperadas subiu para 9.843.218. Já a quantidade de pessoas com casos ativos de covid-19, em acompanhamento por equipes de saúde, ficou em 1.010.841.

Os dados constam no balanço diário do Ministério da Saúde, divulgado na noite de terça-feira (9). A atualização é produzida a partir das informações levantadas pelas autoridades estaduais e locais de saúde sobre casos e mortes provocados pela covid-19.

O total de casos desde o início da pandemia chegou a 11.122.429. Entre segunda (8) e terça-feira, foram registrados 70.764 novos diagnósticos positivos de covid-19 por equipes de saúde. Na segunda-feira, a quantidade de casos estava em 11.051.665.

Os números em geral são menores aos domingos e segundas-feiras em razão da redução das equipes aos fins de semana e o impacto disso na alimentação dos dados nas secretarias de saúde. Já às terças-feiras a soma diária de casos de covid-19 costuma ser maior pelo acúmulo de dados regularizado.

Estados

O ranking de estados com mais mortes pela covid-19 é liderado por São Paulo (62.101), Rio de Janeiro (33.824), Minas Gerais (19.605), Rio Grande do Sul (13.837) e Paraná (12.816).

Já as Unidades da Federação com menos óbitos são Acre (1.071), Amapá (1.164), Roraima (1.191), Tocantins (1.601) e Sergipe (3.043).

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Fundo de cripto

Vai perder? Termina hoje o prazo de reserva do ETF de criptomoedas da Hashdex

Por causa do feriado de Tiradentes de amanhã (21), não haverá pregão na bolsa de valores brasileira. Dessa forma, termina hoje o prazo para reserva de oferta do ETF

MERCADOS HOJE

Saída encontrada para o Orçamento preocupa e bolsa opera em queda; dólar também recua

Com a agenda de indicadores esvaziada e a véspera de feriado trazendo uma maior cautela ao cenário, os investidores devem repercutir o acordo para a sanção do Orçamento

Exile on Wall Street

Expectativas e julgamentos: o que esperar do próximo ciclo de altas, segundo o ‘guru’ de Warren Buffett

Da tarde de ontem até o momento em que os dedos encontram o sistema QWERT para a escrita deste Day One, estive dividido entre elogios e críticas à conversa desta segunda com Howard Marks. Felizmente, os comentários positivos vieram de quem conseguiu assistir ao papo, encontrando um material de muita qualidade — graças a ele, […]

quem segura?

Entre aquisição do Big e crescimento de vendas, Carrefour Brasil começa 2021 com tudo

Apesar de cenário adverso no primeiro trimestre, vendas brutas sobem 15,1%, novamente puxadas pelo Atacadão

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies