Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-08-03T09:36:57-03:00
Jojo Wachsmann
Jojo Wachsmann
Coluna do jojo

Ensaio para um mês normalmente difícil para os mercados

Em geral, o último mês completo do verão no hemisfério norte costuma ser complicado para o mercado. A expectativa segue sendo a temporada de resultados

3 de agosto de 2021
9:09 - atualizado às 9:36
Odisseia
Será que conseguiríamos ouvir esses ruídos fiscais do espaço?Imagem: 2001: Uma Odisseia no Espaço (1968)

Em geral, o último mês completo do verão no hemisfério norte costuma ser complicado para o mercado. A expectativa segue sendo a temporada de resultados, que a partir de hoje deverá apresentar em até 72 horas algo como 131 relatórios de empresas pertencentes ao S&P 500 (os lucros do segundo trimestre para as empresas do S&P 500 devem agora aumentar 89%, acima da expectativa de um mês atrás).

Por enquanto, os números têm vindo acima do esperado, o que ajuda a nos esquecermos da aceleração dos números da Covid-19 e de alguns relatórios econômicos abaixo do projetado. Bolsas abrem em alta na Europa, acompanhadas por bom humor em futuros americanos.

A ver...

Por favor, tudo menos populismo fiscal

A CPI da Covid retomará seus trabalhos nesta terça-feira (3), com o depoimento do reverendo Amilton Gomes de Paula, que recebeu autorização do Ministério da Saúde para negociar 400 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19. A questão é secundária na agenda, que deverá perseguir perspectivas fiscais sobre a verdade relativa ao Bolsa Família – ontem (2), fez preços sobre os ativos de risco o ruído já desmentido de um programa na casa dos R$ 400 (hoje, o benefício é de R$ 250).

Na véspera da decisão do Comitê de Política Monetária (Copom), a Câmara votará urgência para o projeto de lei que trata de mudanças no Imposto de Renda, enquanto o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), participa de evento da Confederação Nacional da Indústria (CNI) sobre a reforma administrativa. Contudo, olhares atentos ao ministro da Economia, Paulo Guedes, que participará às 9 horas de evento sobre precatórios – governo quer adiar precatórios (débitos maiores do que R$ 60 mil) em função do programa. Investidores acompanharão para verificar como o governo quer financiar o Bolsa Família.

  • Quer saber como a Reforma Tributária mexe com seus investimentos? No vídeo abaixo te explicamos tudo; confira:

Temor fiscal até nos EUA

Só porque conversamos sobre isso aqui ontem, o Fed voltou a assustar em relação ao “tapering” (redução do nível de compra de ativos), com membros apontando para o aviso prévio do início do processo ainda no terceiro trimestre. Paralelamente, a volta do teto de gastos nos EUA pesou no fechamento em Wall Street, em uma semana marcada pela possível sequência do projeto de infraestrutura de Biden.

Já não é segredo que os senadores republicanos e democratas chegaram a um acordo com funcionários da Casa Branca para desembolsar US$ 1,2 trilhão em oito anos para consertar as estradas e pontes do país, atualizar o transporte público e construir uma rede de carregadores de veículos elétricos. Apesar de estar bem distante do plano inicial de US$ 2,25 trilhões de Biden, os investidores estão bem entusiasmados.

Isso porque indica que os governos continuarão gastando rios de dinheiro para impulsionar o ressurgimento da economia, mesmo com os bancos centrais planejando quando retirar o apoio da era da crise. Os gastos com infraestrutura fortalecem uma perspectiva de crescimento econômico já muito forte, o que reforça a perspectiva de lucros corporativos e deve manter este mercado em alta bem além de 2021. O problema reside no financiamento do projeto. Como o Congresso planeja pagar pelo pacote?

Tremedeira asiática

Apresentado nesta terça-feira por lá, o Índice de Preços ao Consumidor em julho do Japão caiu para patamares deflacionários, apesar da alta dos preços do petróleo. O movimento chama atenção, até mesmo porque tais forças deflacionárias devem crescer ainda em 2021, quando a cesta de bens for ajustada para refletir melhor os padrões de gastos atuais – note que o indicador IPC ao redor do mundo ainda está defasado para os padrões de consumo atuais.

Enquanto isso, a China volta a preocupar o mercado (curto prazo) com regulação potencial, desta vez sobre o segmento de jogos virtuais (jogos de computador). Como a China tem menos transparência regulatória do que outros países, o medo da regulamentação adiciona um prêmio de risco, o que poderia acarretar repercussão no setor de tecnologia na Ásia.

Anote aí!

Lá fora, começamos o dia com os preços ao produtor da zona do euro para junho, que vieram abaixo do esperado, com alta de 1,4% na comparação de junho com o mês anterior, afetados pelos preços do petróleo. Nos EUA, destaque para os dados de pedidos de mercadorias, que podem ajudar a interpretar o setor automotivo e sua inflação recente.

Por fim, no Brasil, vale acompanhar a divulgação pelo IBGE da produção industrial de junho, enquanto também se verifica o início da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, que apresentará seu resultado amanhã.

Muda o que na minha vida?

O número crescente de casos da variante delta (mais infecciosa) do coronavírus continuou a produzir surtos de volatilidade na semana passada. Os casos de Covid-19 nos EUA aumentaram 70% semana após semana e as mortes, 26%, de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), enquanto o Dr. Anthony Fauci, principal conselheiro médico do presidente Joe Biden, disse que a variante delta é agora a cepa dominante em todo o mundo.

Apesar dessa tendência desanimadora, a maioria das evidências continua a sugerir que as vacinas são eficazes contra variantes emergentes e enfraqueceram a ligação entre infecções e mortes ou hospitalizações. Por exemplo, o CDC também observou que 97% das pessoas hospitalizadas com Covid-19 não foram vacinadas.

Com a redução das pressões sobre os sistemas de saúde, o risco de novos lockdowns em todo o país diminuiu. Acredita-se, por isso, que o retorno à normalização econômica seguirá acontecendo, dando suporte ao crescimento e às Bolsas. Justamente por isso, os investidores têm se concentrado principalmente no forte crescimento dos lucros e na política monetária.

Um abraço,

Jojo Wachsmann

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Mais uma na lista

Corretora de criptomoedas Huobi Global, uma das maiores do mundo, restringe negociações na China

A plataforma também informou que retirará gradualmente as contas existentes no gigante asiático até o fim de 2021

Uma nova gigante tech

Infracommerce (IFCM3) dispara 10% com “aquisição transformacional”; outras techs sentem o baque e caem

A Infracommerce (IFCM3) acertou a compra da Synapcom, ganhando escala no B2B — e pagando um preço relativamente baixo pela rival

NOVO SUSTO

Em crise de liquidez, concorrente da Evergrande esboça pedido de apoio a governo de cidade chinesa

Notícia provocou queda acentuada nas ações da Sunac, que fecharam hoje no nível mais baixo em 4 anos

Crédito disponível

Com juros salgados, Caixa libera empréstimo de até R$ 1.000 no aplicativo Caixa Tem; veja condições

O crédito ficará disponível para assalariados, autônomos, beneficiários de programas sociais e de políticas públicas de distribuição de renda

Bolsa hoje

Destaques do Ibovespa: frigoríficos e empresas ligadas a commodities lideram altas em dia de recuperação; Locaweb (LWSA3) é maior queda

Confira os destaques do pregão desta segunda-feira (27) e não deixe de acompanhar as principais notícias do dia na nossa cobertura de mercados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies