Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-05-21T17:38:17-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
mercados hoje

Ibovespa acelera queda e dólar vai a R$ 5,30 com economia americana aquecida

O vencimento de opções de ações na B3 deve trazer volatilidade ao mercado nesta sexta-feira (21), em uma semana marcada pelos altos e baixos

21 de maio de 2021
10:31 - atualizado às 17:38
Ibovespa e dólar hoje: Touro, Urso, Bolsa
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Depois do ‘soluço’ no meio da semana, o mercado internacional parece realmente disposto a deixar para trás as preocupações com a inflação, mas novos dados da economia americana podem atrapalhar.

Nos Estados Unidos, os dados seguem vindo acima do esperado, impulsionando as bolsas em Wall Street. Nova York reduziu o movimento de alta e o dólar se fortaleceu frente a outras moedas com a confirmação de uma economia mais forte. Os Treasuries voltaram a subir e agora o Nasdaq oscile entre perdas e ganhos.

No Brasil, o Ibovespa sofre para conseguir acompanhar o ritmo. Com o minério de ferro tendo mais um dia de queda expressiva, as empresas ligadas às commodities metálicas são penalizadas mais uma vez. Por volta das 16h, o principal índice da bolsa brasileira operava em queda de 0,56%, aos 122.011 pontos. Com dados reforçando a recuperação da economia americana, o dólar à vista avança 1,28%, a R$ 5,3447.

As leituras positivas para a economia americana também influenciam o retorno dos títulos do Tesouro americano, que passaram a subir. Por aqui, o mercado de juros segue a mesma tendência. Confira as taxas do dia:

  • Janeiro/2022: de 4,99% para 5,00%
  • Janeiro/2023: de 6,75% para 6,80%
  • Janeiro/2025: de 8,23% para 8,27%
  • Janeiro/2027: de 8,82% para 8,86%

Aquecimento confirmado

Ontem, os pedidos de auxílio desemprego dos Estados Unidos patrocinaram parte da recuperação das bolsas internacionais. O país viu o número cair 34 mil, para 444 mil pedidos, enquanto a expectativa do mercado era de 452 mil solicitações, de acordo com o The Wall Street Journal.

Já o índice de gerente de compras (PMI, na sigla em inglês) subiu a 68,1 em maio - o maior nível da série histórica iniciada em 2009. O dado é um dos melhores termômetros da atividade econômica e uma marca acima de 50 representa expansão. 

O PMI industrial foi de 60,5 para 61,5 e o de serviços atingiu um novo recorde ao passar de 64,7 para 70,1, bem acima dos 64,3 esperados. 

Que semana, capitão

O grande evento da semana e que acabou pesando nos mercados foi sem dúvidas a divulgação da ata do Fed. Os investidores esperavam atentos, buscando uma confirmação sobre a mudança da política monetária do BC dos Estados Unidos. Os temores envolvendo a alta da inflação, desemprego e superaquecimento da economia têm colocado pressão sobre os índices internacionais. 

No dia da divulgação, a ata - que de concreto trouxe poucas mudanças - acabou pegando alguns de surpresa: a instituição manteve sua política monetária e não sinalizou uma alteração nos juros no curto prazo, mas mostrou que alguns dirigentes gostariam de começar a rever a política de compras de ativos da instituição. O que você precisa saber sobre a inflação americana e como ela afeta seus investimentos você confere clicando aqui

No cenário interno, os depoimentos do ex-chanceler, Ernesto Araújo, e do ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, também aumentaram a pressão da semana. As oitivas foram consideradas positivas para o Palácio do Planalto, tendo em vista que os dois ex-integrantes do governo buscaram blindar o presidente da República, Jair Bolsonaro, em suas respostas.

Entretanto, os depoimentos têm deixado o clima de Brasília tenso. Analistas de política acreditam que o governo pode ter dificuldades em aprovar reformas e outras propostas nesse cenário.

Sobe e desce

A BRF lidera as altas do dia com informações de que uma possível fusão com a Marfrig estaria em estudo. Segundo o Brazil Journal, esses rumores não procedem, mas a companhia segue em alta firme. Confira os principais destaques do dia:

CÓDIGONOME VALORVAR
BRFS3BRF ONR$ 24,576,09%
BRKM5Braskem PNAR$ 51,232,50%
EMBR3Embraer ONR$ 16,552,48%
AZUL4Azul PNR$ 40,931,79%
ELET6Eletrobras PNBR$ 41,561,05%

Na ponta contrário, temos um recuo em bloco do setor de construção. O temor do mercado é que a inflação sentida na cadeia produtiva não consiga ser repassada aos consumidores. Veja as maiores quedas desta sexta-feira:

CÓDIGONOME VALORVARIAÇÃO
CYRE3Cyrela ONR$ 22,06 -4,91%
MRVE3MRV ONR$ 17,08 -3,94%
YDUQ3Yduqs ONR$ 30,10 -3,93%
JHSF3JHSF ONR$ 7,32 -3,81%
EZTC3EZTEC ONR$ 29,93 -3,14%
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

SEXTOU COM O RUY

O novo nem sempre é melhor: como ganhar dinheiro com os ensinamentos clássicos na bolsa

Se você aproveitou a queda das ações nos últimos meses para comprar um pouco mais delas, deve estar colhendo frutos interessantes com a alta dos últimos dias

DILEMA NOS FIIS

Investidores decidem nesta sexta se vendem suas cotas no fundo imobiliário PATC11 em leilão; veja o que está em jogo e o que recomendam os especialistas

Afinal, é hora de aproveitar a oferta da Capitânia e colocar o dinheiro no bolso ou apostar na recuperação do FII do Pátria Investimentos?

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa rumo aos 110 mil pontos e a ressurreição da bolsa brasileira: veja tudo que mexeu com o mercado hoje

Poderia ter sido melhor, mas não dá para dizer que foi ruim. A bolsa brasileira teve hoje mais um dia estelar, permanecendo em alta de mais de 1% durante todo o pregão e chegando a testar os 110 mil pontos. Mas, no fim do dia, as bolsas americanas, que passaram quase toda sessão em alta, […]

Fechamento Hoje

Em mais um dia na contramão do mundo, Ibovespa sobe mais de 1% e dólar cai a R$ 5,41, com ajuda da China e do fluxo gringo

Corte de juros no gigante asiático beneficia países exportadores de commodities; queda nos juros futuros e entrada de recursos estrangeiros impulsionam bolsa para cima e dólar para baixo

PRESENTE DE CASAMENTO

Intermédica (GNDI3) anuncia R$ 1 bilhão em dividendos, mas proventos extraordinários estão condicionados à fusão com Hapvida (HAPV3)

O pagamento da bolada, que equivale a R$ 1,613026961 por ação da empresa, deverá ocorrer até o dia 29 de março deste ano

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies