Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-01-02T16:37:50-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
combatendo a pandemia

Índia autoriza uso emergencial da vacina da Universidade de Oxford e da AstraZeneca

País, que registra segundo maior número de casos no mundo, espera inocular 300 milhões de pessoas em até oito meses

2 de janeiro de 2021
18:12 - atualizado às 16:37
vacina coronavírus
Imagem: Shutterstock

O governo da Índia autorizou neste sábado (2) o uso da vacina contra covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica AstraZeneca.

Segundo o ministro da Informação, Prakash Javadekar, o imunizante recebeu permissão emergencial para uso. “O ano passado começou com o coronavírus. Este ano começou com vacina”, disse ele em entrevista coletiva.

O Reino Unido já tinha autorizado o uso da vacina nesta semana, fazendo a Índia o segundo país a seguir pelo menos caminho.

O país apresenta o segundo maior número de casos de covid-19 em todo mundo, com 10,3 milhões de pessoas infectadas, de acordo com o mais recente levantamento da universidade americana John Hopkins.

Segundo país mais populoso do mundo, a Índia espera inocular 300 milhões de seus 1,35 bilhão de habitantes nos primeiros seis a oito meses de 2021.

A vacina da Universidade de Oxford e da AstraZeneca deve ser a mais utilizada por países em desenvolvimento. Ela é mais barata – custa US$ 3,16 a dose, contra US$ 10,30 da Coronavac e US$ 19,50 da Pfizer e da BioNTech.

Ela também é de fácil manuseio logístico, não exigindo equipamentos extra, como é o caso do imunizante da Pfizer, que precisa ser mantido abaixo de 70°C, obrigando a compra de refrigeradores especiais.

O governo federal fechou uma parceria para produzir a vacina da Oxford e AstraZeneca no País. A Fiocruz vai fabricar cerca de 100,4 milhões de doses em 2021.

* Com informações de agências internacionais

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Cliente difícil

Barrada na alfândega: Carne de unidade da BRF não é mais bem vinda na China

País asiático suspende compra de produtos suínos e de aves processados na unidade de Lucas do Rio Verde (MT), alegando problemas no transporte

Esquenta dos Mercados

Pré-mercado: cautela antes da decisão do Copom e risco fiscal devem dividir atenção com balanços do dia

Em meio ao exterior positivo, bolsa brasileira deve lidar com cenário interno de incertezas quanto ao teto de gastos

Preparar para decolagem

Renovação total: Gol faz acordo para adquirir aviões novos; veja os detahes

Presidente da companhia aérea afirma que movimento é uma antecipação à esperada retomada da demanda por viagens após a pandemia

EXCLUSIVO

Inter lança família de fundos temáticos com entrada a partir de R$ 100; conheça os produtos

A Inter Asset lança hoje a Innova, família de fundos de investimento temáticos. O fundo de cannabis da Vitreo estreia o produto

De olho no Banco Central

Copom decide juros nesta quarta; veja como ganhar dinheiro com apostas no sobe e desce da Selic – e quando vale a pena

Opções de Copom, derivativos lançados no ano passado pela B3, permitem ao investidor apostar nas decisões de juros do Banco Central, protegendo a carteira de surpresas ou lucrando com cenários pouco prováveis

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies