Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-06-30T08:00:29-03:00
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo
Esquenta dos Mercados

Dados do desemprego no Brasil e relatório de empregos nos EUA devem movimentar bolsa hoje

Além disso, o cenário interno deve contar com pressão em cima do governo federal deve atrasar os planos da equipe econômica

30 de junho de 2021
8:00
Carteira de trabalho e bandeira do Brasil
Imagem: Shutterstock

O trabalho com vidraçaria ainda é majoritariamente manual. Apesar de existirem máquinas que esquentam o material e prensas que entalham complicadas formas em copos e taças, os melhores ainda são feitos à velha maneira: soprando, rodando e, com muito cuidado, entalhando losangos, retângulos e triângulos diretamente no vidro vermelho de quente.

Não se deixe enganar. O vidro, submetido a uma altíssima temperatura, ainda é um material frágil, apesar de facilmente manipulável.

Tão frágil quanto é o cenário brasileiro. Apesar do otimismo com a bolsa ter empurrado o índice acima dos 130 mil pontos, o panorama doméstico deve seguir atrapalhando os negócios. Os investidores conseguiram ignorar os dados locais à época, mas a realidade se impõe. 

A pressão em cima do governo federal pode esvaziar a reforma tributária e atrasar ainda mais a agenda de privatizações. Além disso, está marcado para esta quarta-feira (30) o depoimento de Carlos Wizard, acusado de ser um dos integrantes do chamado gabinete paralelo.

E as últimas denúncias envolvendo os contratos da Covaxin devem aumentar o preço do apoio do Centrão para a aprovação das propostas do Palácio do Planalto.

A crise hídrica e energética também está no radar, com a Aneel aumentando a bandeira tarifária para R$ 9,49 kWh. O cenário brasileiro dificilmente deve se manter intacto com o avanço da variante delta, que aumenta a cautela sobre o mundo.

Ainda no cenário doméstico, a participação de Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, em dois eventos ao longo do dia deve seguir no radar.

O que dá o tom do cenário externo são os dados locais da Europa, com a inflação da Zona do Euro vindo abaixo do esperado, e o índice do gerente de compras da China acima das expectativas.

Confira o que mais movimenta os negócios nesta quarta-feira (30):

Desemprego no Brasil

Por volta das 9h, o IBGE deve divulgar a PNAD Contínua, que traz como dado mais importante a taxa de desemprego oficial no Brasil. A expectativa dos especialistas ouvidos pelo Broadcast varia de 14,50% até 15,30%, com mediana em 14,70%.

No trimestre anterior até março, a taxa de desemprego ficou em 14,70%. Apesar de a retomada econômica vir com bons números, como o avanço do PIB e arrecadação acima do esperado, os postos de trabalho tendem a demorar para voltarem a patamares melhores. 

Emprego nos EUA

O relatório de empregos privados em junho dos Estados Unidos também deve influenciar os negócios hoje. Nos próximos dias, o mundo deve conhecer a folha de pagamento dos EUA (payroll) e desemprego nos EUA. A expectativa é de que sejam criados 550 mil postos de trabalho. 

A economia americana já está em um momento mais avançado da retomada, o que acende os temores de que possa chegar a um ponto de “superaquecimento”. No radar, também ficam as falas de dirigentes do Fed hoje.

Os investidores devem ficar atentos, ainda que o presidente do BC americano, Jerome Powell, tenha acalmado os ânimos sobre a retirada de estímulos da economia e aumento da taxa de juros, as falas de membros da instituição financeira costumam ter sinais do que está sendo debatido.

Bolsas pelo mundo

Os principais índices asiáticos fecharam majoritariamente em alta, seguindo o tom positivo das bolsas americanas do dia anterior. Apesar dos dados da atividade chinesa animarem os negócios, o medo da variante delta do coronavírus tem se espalhado pela região, o que limita os ganhos.

No Velho Continente, o otimismo se converteu em cautela, e os principais índices amanheceram caindo hoje. Mesmo com as vacinas protegendo contra a variante delta da covid-19, ela foi considerada “a mais transmissível” pela OMS, o que pode influenciar na decisão de um novo lockdown em algumas regiões. 

Já os índices futuros de Nova York também operam no vermelho, à espera dos dados do emprego nos EUA e mantendo cautela antes da divulgação do payroll na sexta-feira (02).

Agenda semanal

  • IBGE: PNAD Contínua divulga a taxa de desemprego no trimestre até abril (9h)
  • Estados Unidos: Relatório sobre a criação de novos empregos do setor privado (ADP) em junho (9h15)
  • Banco Central: Setor Público consolidado de maio (9h30)
  • Banco Central: Presidente do BC, Roberto Campos Neto, participa de webnar sobre moedas digitais realizado pelo escritório Mattos Filho Advogados (10h)
  • Banco Central: Presidente do BC, Roberto Campos Neto, participa de evento do Laboratório de Inovações Financeiras e Tecnologias (17h30)
Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Mostrando confiança

BR Distribuidora resolve antecipar R$ 554 milhões em remuneração aos acionistas referente a 2021

Empresa vai pagar os proventos em forma de Juros sobre Capital Próprio, divididos em duas datas, em setembro e em dezembro deste ano

Nova tentativa

Guedes afirma que programa de emprego para jovens terá crédito extraordinário de até R$ 3 bilhões

Segundo ministro, a alternativa foi pensada como forma de enfrentar os efeitos da pandemia no nível de desocupação de jovens, que aumentou no período

SEXTOU COM O RUY

Big Bang, a teoria: As leis da Física e a tributação dos dividendos

As empresas são organismos vivos, que precisam se adaptar às mudanças para sobreviver, como na recente proposta de tributação de dividendos

dinheiro no caixa

Petrobras vende participação em companhias de energia por R$ 160 milhões

Estatal assinou contratos para a venda de suas participações de 20% na Termelétrica Potiguar (TEP) e de 40% na Companhia Energética Manauara (CEM) para a Global Participações Energia S.A. (GPE)

seu dinheiro na sua noite

Mais micro, menos macro: quando os balanços são o destaque na bolsa

Como investidores, sabemos que os mercados estão sujeitos às mudanças no cenário macroeconômico – e, no caso do Brasil e outros países emergentes, os pregões são particularmente suscetíveis também ao noticiário político. Mas, no fim do dia, a bolsa reflete o desempenho das companhias que ali são negociadas. Nas temporadas de balanços trimestrais, analistas e […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies