🔴 ESTA CRIPTOMOEDA DISPAROU 4.200% EM 2 DIAS – VEJA SE VALE INVESTIR

Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
mercados hoje

Setor de commodities brilha e Ibovespa tem alta firme na volta do feriado; dólar vai a R$ 5,41

Cautela no exterior, que aguarda a ata da última reunião do Fed, e monitoramento do cenário doméstico levam a bolsa brasileira a começar o dia em leve queda

Jasmine Olga
Jasmine Olga
17 de fevereiro de 2021
12:08 - atualizado às 18:34

É hora de retomar as negociações! Após dois dias e meio de paralisação para a celebração do carnaval inexistente, a bolsa brasileira voltou aos negócios nesta tarde de quarta-feira (17). 

Enquanto a B3 esteve fechada, as bolsas globais seguiram funcionando (parcialmente). Na Ásia, o feriado do Ano Novo Lunar segue fechando as principais praças e, na segunda-feira, a bolsa americana não funcionou, também fechada para celebração de um feriado. 

Por aqui não teve pregão, mas no exterior os recibos de ações das empresas brasileiras e o EWZ, principal ETF brasileiro negociado no mercado americano, tiveram um dia de alta.

Hoje, o clima de maior cautela que predominava lá fora deu uma amenizada com a divulgação da ata do Federal Reserve no meio da tarde. Antes disso, os investidores brasileiros até chegaram a ceder nos primeiros momentos de negociação desta Quarta-feira de Cinzas, mas o bom desempenho das empresas do setor de commodities sustentam uma alta com fôlego do índice. 

Por volta das 17h, o principal índice da B3 operava em alta de 0,69%, retomando o patamar dos 120 mil pontos, aos 120.250,57 pontos, muito longe do pregão da Quarta-feira de Cinzas de 2020, que deu início ao pior momento da crise do coronavírus. O desempenho das commodities, principalmente as metálicas, é o que puxa para cima o Ibovespa.

O dólar à vista, no entanto, não acompanha o movimento de alívio visto no mercado de ações e segue a valorização vista no exterior e avança 0,76%, a R$ 5,4152.

No Brasil, os investidores locais também repercutem a leitura do mercado de que a taxa Selic deve subir consideravelmente até o fim do ano. Segundo economistas ouvidos pelo Banco Central para o Relatório Focus, a taxa básica de juros deve fechar ano a 3,75%, após a escalada da inflação. Hoje o mercado de juros futuros opera em viés de alta. Confira as taxas:

  • Janeiro/2022: de 3,36% para 3,41%
  • Janeiro/2023: de 4,96% para 5,06%
  • Janeiro/2025: de 6,52% para 6,64%
  • Janeiro/2027: de 7,19% para 7,31%

Na espera do Fed

Embora agora pela manhã os investidores tenham recebidos dados da economia melhores do que o esperado, os mercados americanos reagem com cautela aos números. É que mais tarde o Federal Reserve, Banco Central americano, divulga a ata da sua última reunião de política monetária.

Nos Estados Unidos, as vendas no varejo tiveram um desempenho acima do esperado, em uma alta de 5,3%, segundo dados do Departamento do Comércio divulgados agora pela manhã. A previsão era de alta de 1,2%

O Índice de Preços ao Produtor (PPI), um dos indicadores de inflação subiu acima do esperado, com alta de 1,3% em janeiro, ante previsão de 0,4%. A produção industrial, medida pelo Federal Reserve, também veio acima das expectativas, com alta de 0,9%, contra previsão de 0,5%.

Lá fora, a semana também foi mais curta, com feriados na Ásia e nos Estados Unidos, o que limitou a liquidez global na segunda-feira. Ontem, o dia foi de realização de lucros, com exceção do Dow Jones, que teve um novo recorde de fechamento.

Hoje as bolsas americanas abriram o dia em leve queda, mas tiveram uma melhora pontual, que também refletiu nos negócios aqui no Brasil. Na Europa, um movimento de leve queda também predomina nas principais praças do continente. Na Ásia, os mercados fecharam em leve queda, realizando lucros recentes.

Sobe e desce

Na ponta positiva do Ibovespa nesta tarde temos a Embraer. Marcio Loréga, analista técnico da Ativa Investimentos, explica que os papéis da companhia romperam um patamar importante recentemente e, com o fluxo comprador preso nos setores de turismo e aéreas, os investidores reagem a melhora nas projeções para os papéis da companhia feitas por casas de análises aqui e lá fora.

Além disso, temos a notícia que o CEO da companhia aérea alemã Lufthansa, Carsten Spohr, falou sobre a necessidade de renegociar suas encomendas de jatos de longo alcance com Airbus e Boeing, depois de demonstrar ceticismo quanto à retomada de viagens executivas na Europa e nos Estados Unidos.

E ele revelou que a empresa está conversando com a Embraer sobre o processo de renovação da frota. As falas estão dando ainda mais impulso aos papéis da fabricante de aeronaves.

O analista Daniel Herrera, da Toro Investimentos, destaca que devemos ver uma melhora nas empresas do setor de commodities no geral no dia de hoje, se adaptando à movimentação do petróleo e do minério de ferro nos últimos dias. Confira as principais altas desta tarde:

CÓDIGONOMEVALORVARIAÇÃO
EMBR3Embraer ONR$ 11,40 13,10%
PRIO3PetroRio ONR$ 86,68 8,91%
BEEF3Minerva ONR$ 10,11 5,53%
MRFG3Marfrig ONR$ 15,29 4,65%
USIM5Usiminas PNAR$ 14,72 3,74%

Confira também as maiores quedas do dia:

CÓDIGONOMEVALORVARIAÇÃO
WEGE3Weg ONR$ 84,05 -3,02%
EZTC3EZTEC ONR$ 34,70 -2,80%
CPFE3CPFL Energia ONR$ 32,80 -2,09%
ENEV3Eneva ONR$ 70,75 -2,08%
CVCB3CVC ONR$ 19,50 -2,01%

Compartilhe

BRIGA PELO TRONO GRELHADO

Acionistas da Zamp (BKBR3) recusam-se a ceder a coroa do Burger King ao Mubadala; veja quem rejeitou a nova oferta

21 de setembro de 2022 - 8:01

Detentores de 22,5% do capital da Zamp (BKBR3) já rechaçaram a nova investida do Mubadala, fundo soberano dos Emirados Árabes Unidos

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana segue sendo o elefante na sala e Ibovespa cai abaixo dos 110 mil pontos; dólar vai a R$ 5,23

15 de setembro de 2022 - 19:12

O Ibovespa acompanhou o mau humor das bolsas internacionais e segue no aguardo dos próximos passos do Fed

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Cautela prevalece e bolsas internacionais acompanham bateria de dados dos EUA hoje; Ibovespa aguarda prévia do PIB

15 de setembro de 2022 - 7:42

As bolsas no exterior tentam emplacar alta, mas os ganhos são limitados pela cautela internacional

FECHAMENTO DO DIA

Wall Street se recupera, mas Ibovespa cai com varejo fraco; dólar vai a R$ 5,17

14 de setembro de 2022 - 18:34

O Ibovespa não conseguiu acompanhar a recuperação das bolsas americanas. Isso porque dados do varejo e um desempenho negativo do setor de mineração e siderurgia pesaram sobre o índice.

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Depois de dia ‘sangrento’, bolsas internacionais ampliam quedas e NY busca reverter prejuízo; Ibovespa acompanha dados do varejo

14 de setembro de 2022 - 7:44

Os futuros de Nova York são os únicos que tentam emplacar o tom positivo após registrarem quedas de até 5% no pregão de ontem

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana derruba Wall Street e Ibovespa cai mais de 2%; dólar vai a R$ 5,18 com pressão sobre o Fed

13 de setembro de 2022 - 19:01

Com o Nasdaq em queda de 5% e demais índices em Wall Street repercutindo negativamente dados de inflação, o Ibovespa não conseguiu sustentar o apetite por risco

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas internacionais sobem em dia de inflação dos EUA; Ibovespa deve acompanhar cenário internacional e eleições

13 de setembro de 2022 - 7:37

Com o CPI dos EUA como o grande driver do dia, a direção das bolsas após a divulgação dos dados deve se manter até o encerramento do pregão

DANÇA DAS CADEIRAS

CCR (CCRO3) já tem novos conselheiros e Roberto Setubal está entre eles — conheça a nova configuração da empresa

12 de setembro de 2022 - 19:45

Além do novo conselho de administração, a Andrade Gutierrez informou a conclusão da venda da fatia de 14,86% do capital da CCR para a Itaúsa e a Votorantim

FECHAMENTO DO DIA

Expectativa por inflação mais branda nos Estados Unidos leva Ibovespa aos 113.406 pontos; dólar cai a R$ 5,09

12 de setembro de 2022 - 18:04

O Ibovespa acompanhou a tendência internacional, mas depois de sustentar alta de mais de 1% ao longo de toda a sessão, o índice encerrou a sessão em alta

novo rei?

O Mubadala quer mesmo ser o novo rei do Burger King; fundo surpreende mercado e aumenta oferta pela Zamp (BKBR3)

12 de setembro de 2022 - 11:12

Valor oferecido pelo fundo aumentou de R$ 7,55 para R$ 8,31 por ação da Zamp (BKBR3) — mercado não acreditava em oferta maior

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar