Menu
2021-02-16T18:54:11-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Fechamento

Bolsas globais têm dia com realização de lucros, mas Dow Jones renova recorde de fechamento

ETF EWZ, que representa empresas brasileiras, fechou em alta de 0,56% em Nova York, apontando para abertura positiva do Ibovespa amanhã

16 de fevereiro de 2021
12:05 - atualizado às 18:54
A primeira onda de valorização da bolsa já passou, mas ainda dá tempo de surfar na segunda
Imagem: Shutterstock

A bolsa brasileira continua fechada nesta terça-feira de Carnaval (16), mas as principais bolsas globais, com exceção das de Xangai e Taiwan, funcionam normalmente.

As bolsas americanas abriram hoje em alta após terem permanecido fechadas ontem, em razão do feriado do Dia do Presidente. Elas chegaram a renovar as máximas intraday no início do pregão, mas passaram a operar com sinais mistos na parte da tarde, com um movimento de realização de lucros.

O Dow Jones atingiu sua máxima de fechamento, terminando o pregão em alta de 0,20%, aos 31.520 pontos. Já o S&P 500 fechou em leve queda de 0,06% e o Nasdaq recuou 0,34%.

O ETF EWZ, fundo que replica o índice MSCI Brazil de empresas brasileiras, fechou em alta de 0,56% em Nova York, apontando para uma abertura positiva da bolsa brasileira amanhã.

O índice Empire State de atividade industrial na região de Nova York, divulgado mais cedo, apontou alta de 3,5 em janeiro para 12,1 em fevereiro, atingindo o seu maior nível desde julho do ano passado.

O indicador divulgado pela distrital do Federal Reserve de Nova York veio bem acima das expectativas dos analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam alta a 5,9 neste mês.

Já as principais bolsas europeias fecharam majoritariamente em queda, após terem fechado em alta ontem. O índice pan-europeu Stoxx 600 teve leve recuo de 0,06%, mas fechou em alta de 1,32% na última segunda-feira.

Mais cedo, porém, os mercados europeus chegaram a ser impulsionados por indicadores econômicos locais que vieram melhores que o esperado.

O Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro encolheu 0,6% no quarto trimestre de 2020 ante o terceiro, um pouco abaixo da expectativa de mercado, de 0,7%.

Já o índice alemão ZEW de expectativas econômicas teve uma inesperada alta em fevereiro, de 61,8 para 71,2. A expectativa dos analistas consultados pelo jornal The Wall Street Journal era de 59,8.

As bolsas asiáticas, por sua vez, fecharam majoritariamente em alta ontem e hoje. Ontem, as bolsas de Xangai, Taiwan e Hong Kong estavam fechadas em razão do feriado do Ano Novo Lunar, que ainda mantém as bolsas chinesa e taiwanesa sem funcionar nesta terça.

O clima global é de otimismo com relação ao ritmo de vacinação contra a covid-19 no mundo e a recuperação econômica, que os investidores acreditam que possa ser mais rápida que o inicialmente esperado.

Ontem, o diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Tedros Adhanom, disse que o número de novos casos de covid-19 relatados mundialmente caiu pela quinta semana consecutiva na última semana, atingindo o menor patamar desde outubro.

Os investidores também continuam acompanhando as negociações do governo americano com o Congresso para aprovar um pacote de estímulos de US$ 1,9 trilhão, que pode adicionar ainda mais liquidez ao mercado global.

Já o dólar avança globalmente nesta terça ante seus pares internacionais. O índice DXY, que compara a moeda americana a uma cesta de moedas fortes, avançava, há pouco, 0,10%.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Petróleo

Evitar volatilidade nos preços serve a consumidores e produtores, afirma ministro árabe na Opep+

Quanto aos elementos que vêm sendo observados na demanda para as decisões do grupo, o saudita apontou o retorno da mobilidade como uma prioridade.

Retirada histórica

Saques líquidos da poupança somam R$ 5,832 bi em fevereiro, revela BC

Este é o maior volume de retiradas para meses de fevereiro desde 2016, quando as saídas somaram R$ 6,638 bilhões.

Justificativa?

Carga tributária é ‘enorme e escorchante’ e Guedes busca solução, diz Bolsonaro

Bolsonaro disse também que “herdou um país com uma dívida enorme”.

Tentando arrumar a casa

Em meio a turbulência no mercado de títulos, Powell diz que Fed não deixará inflação disparar

“Os EUA têm tido inflação baixa por décadas”, frisou.

Insights Assimétricos

Você sabe o que é financial deepening?

Para entender como o termo se aplica ao Brasil, confira o que o Matheus Spiess preparou para você.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies