Menu
2021-06-08T19:41:42-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
FECHAMENTO

Ibovespa reduz o fôlego após oito altas consecutivas e fecha abaixo dos 130 mil pontos; dólar fica estável

As preocupações fiscais só vieram para acelerar o movimento de realização de lucros. O Ibovespa ficou abaixo dos 130 mil pontos, mas o dólar fechou mais um dia estável.

8 de junho de 2021
18:31 - atualizado às 19:41
corrida, corredor, fôlego
Imagem: Shutterstock

Nada me dá mais prazer na vida do que calçar meu tênis (a preferência é sempre pelo par mais surrado que já poderia fazer o percurso sozinho) e sair para uma bela corrida. As sensações só possíveis após alguns pares de quilômetros são tantas e tão boas que é quase missão impossível descrever em apenas algumas palavras. 

Mesmo após anos e milhares de quilômetros rodados, tem dia que nem com reza braba e um belo sol o pé quer ir além. Tudo depende sempre de uma série de fatores, é claro, e nem sempre dá para identificá-los numa boa. Em outros, a “meta inicial” parece mamão com açúcar e num fôlego só dá para ir uma, duas ou, com certa ousadia, até três vezes além. 

A parte chata é que não importa o quão preparado e longe você vá, uma hora ou outra é preciso tomar um ar. Recentemente, durante meu período longe da cobertura de mercados, eu atingi um novo recorde pessoal — 17 km em uma tacada só. O Ibovespa também andou testando o seu fôlego na minha ausência e avançou quase 8 mil pontos em oito sessões, saindo do patamar dos 122 mil para além dos 131 mil pontos. 

Mas, depois de oito altas consecutivas e seguidos recordes, o investidor brasileiro parou para tomar um fôlego, não só porque o caminho percorrido já foi grande, mas também porque o restante do trajeto não será fácil — nos próximos dias, temos dados importantes da economia americana para serem divulgados e o mercado já se prepara para a próxima reunião de política monetária do Federal Reserve; já no Brasil, a questão fiscal nubla o cenário e a possibilidade de prorrogação do auxílio emergencial parece cada vez mais certa. 

A queda do Ibovespa foi liderada pela Vale e o setor bancário e, no fim, o índice recuou 0,76%, aos 129.787 pontos. Os bons dados do varejo acabaram puxando as ações das empresas do setor. No câmbio, o dia foi de grande instabilidade, pressionado principalmente pelas questões fiscais e o compasso de espera por novidades relativas à inflação. Depois de subir mais de 0,60%, o dólar à vista fechou a sessão estável, em leve queda de 0,05%, a R$ 5,0345.

As declarações do ministro da Economia, Paulo Guedes, de que o governo trabalha com a possibilidade de prorrogar o auxílio emergencial por dois ou três meses movimentou o mercado de juros. As principais taxas minimizaram a tendência de queda e fecharam o dia praticamente estáveis. Confira:

  • Janeiro/2022: de 5,11% para 5,12%
  • Janeiro/2023: estável em 6,72%
  • Janeiro/2025: de 7,79% para 7,76%
  • Janeiro/2027: de 8,32% para 8,30%

Compasso de espera

Com os dirigentes do Federal Reserve em período de silêncio antes da decisão de política monetária, resta ao mercado buscar sinais sobre o futuro da política monetária do país nos números da economia. Nas últimas semanas, dados mistos vêm alimentando a visão de que o Fed deve manter as coisas como estão por mais algum tempo. 

Hoje foi dia de conhecer os números do relatório Jolts, divulgado pelo Departamento do Trabalho dos EUA. O documento mostrou a abertura de 9,286 milhões de vagas em abril, maior nível da série histórica que teve início em dezembro de 2000. 

Em Nova York o dia foi de viés de baixa ao longo de toda a sessão, mas, no fim, as bolsas em Wall Street fecharam mistas. O Nasdaq avançou 0,31%, o S&P 500 subiu 0,02% e o Dow Jones recuou 0,09%. Os investidores também seguiram acompanhando o desenrolar das negociações para o novo pacote de infraestrutura proposto por Biden. 

Corrida com obstáculos

Ainda que o ministro da Economia tenha reforçado que qualquer prorrogação de estímulos como o auxílio emergencial será feita respeitando a saúde fiscal, a notícia não pegou bem no cenário macro. 

Além disso, o Ibovespa sentiu o peso do desempenho negativo da Vale e do setor bancário, em dia fortemente marcado pela realização de lucros. No caso dos bancos, além da natural rotação de setores, as empresas também repercutiram a notícia de uma nova rodada de captação realizada pelo Nubank e que aproxima o banco digital dos grandes players do mercado tradicional.

Confira as maiores quedas do dia:

CÓDIGONOMEULTVAR
BRKM5Braskem PNAR$ 56,49-6,16%
B3SA3B3 ONR$ 16,45-4,86%
ASAI3Assaí ONR$ 83,98-3,18%
IRBR3IRB ONR$ 6,10-3,17%
IGTA3Iguatemi ONR$ 44,94-3,15%

O auxílio emergencial preocupa, mas garante mais alguns meses de economia aquecida enquanto a vacinação no país começa a chegar a um público mais amplo. Com isso, as empresas do setor de varejo respiram um pouco mais aliviadas. 

A notícia por si só já seria suficiente para impulsionar o segmento, mas novos dados da economia brasileira deram um empurrãozinho extra. O IBGE divulgou pela manhã que as vendas do varejo subiram 1,8% em abril, acima do esperado pelos analistas. Confira as maiores altas do dia:

CÓDIGONOMEULTVAR
VVAR3Via Varejo ONR$ 15,304,44%
AZUL4Azul PNR$ 48,643,05%
PETR3Petrobras ONR$ 29,332,12%
CVCB3CVC ONR$ 28,001,97%
HGTX3Cia Hering ONR$ 32,651,56%
Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

ESTRADA DO FUTURO

Duas (e mais duas) formas de ganhar dinheiro com ações tech

Existe um elemento em comum entre as big tech que as fizeram crescer tanto nas últimas duas décadas. Será que você acerta qual é?

atenção, acionista

Carrefour paga R$ 175 milhões em juros sobre capital próprio e altera valor de dividendos

Cifra equivale a R$ 0,088148225 por ação em circulação; também anunciou uma modificação do valor por ação dos dividendos aprovados em abril, de R$ 0,382372952 para R$ 0,382361396

maior apetite por risco

Empresas do Brasil captam US$ 4,6 bilhões; montante deve aumentar com ofertas de Stone e Light

Emissores brasileiros haviam paralisado planos de captar no exterior nos últimos meses, em meio à turbulência interna com a pandemia e o aumento do juro norte-americano

em meio ao aumento de consumo de frango

SuperFrango, de Goiás, retomará IPO de R$ 1 bilhão

Após resolver adiar a operação, a empresa fará uma apresentação mais cuidadosa de seu negócio aos analistas; oferta é estimada entre R$ 1 bilhão e R$ 1,5 bilhão

levantamento

Estatais descumprem critérios do marco do saneamento

GO Associados calculou que as companhias públicas do Rio Grande do Norte, Santa Catarina, Alagoas, Maranhão, Amazonas, Pará, Piauí, Roraima, Rondônia e Amapá não atendem a todos os critérios da “etapa 1” do decreto – que prevê o cumprimento de índices mínimos dos indicadores econômicos-financeiros

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies