🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Estadão Conteúdo
acumulado do ano

Venda de veículos no País fecha 2020 com queda de 26,2%

Apesar de maior recuo em cinco anos, resultado veio melhor que o esperado pela Anfavea, que projetava baixa de 31%

Estadão Conteúdo
5 de janeiro de 2021
8:30 - atualizado às 18:07
carro novo, carros em pátio de montadora
Imagem: Shutterstock

O mercado automotivo encerrou 2020 amargando o maior tombo em cinco anos. Porém, com o pico em 12 meses apresentado em dezembro, as vendas de veículos novos no País acabaram sendo melhores do que o volume previsto pelas montadoras.

Entre carros de passeio, utilitários leves, caminhões e ônibus, o total emplacado no ano passado foi de 2,06 milhões de unidades, 26,2% abaixo das vendas de 2019. Trata-se de um recuo não observado desde 2015, quando a queda do setor, em meio à recessão brasileira, chegou a 26,6%.

A Anfavea, entidade que representa os fabricantes, tinha, contudo, uma previsão pior, com o mercado fechando o ano em 1,92 milhão de unidades, o que seria uma queda de 31%.

O resultado final de 2020 teve a contribuição positiva de dezembro, mês em que as concessionárias entregaram 244 mil veículos, o melhor resultado nos 12 meses do ano passado. Na comparação com novembro, que era o recorde do ano, as vendas subiram 8,4%. Apesar disso, o consumo continuou abaixo dos números do ano anterior: queda de 7,1% em relação aos emplacamentos de dezembro de 2019.

Na reta final do ano, a falta de peças limitou a produção, que já tinha como entrave os protocolos de prevenção à covid-19, que obrigam as fábricas a operar com menos operários simultaneamente. Com isso, a indústria não consegue acelerar o ritmo para atender plenamente a fila de espera que se formou, sobretudo, entre clientes de frotas, como as locadoras.

Na sexta-feira (8), a Anfavea vai divulgar suas previsões para 2021. Prognósticos divulgados individualmente por montadoras apontam um mercado de não mais do que 2,5 milhões de veículos. A expectativa no setor é de que os volumes de 2019 - antes, portanto, da pandemia - só sejam repetidos em 2023.

*As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Compartilhe

FIQUE DE OLHO

Agenda de indicadores: Destaque da semana, inflação pelo IPCA deve apresentar desaceleração — e a política monetária ainda tem pouco a ver com isso; entenda

4 de fevereiro de 2022 - 18:02

Segundo a LCA, o indicador deve fechar o mês em 0,60%, em desaceleração frente os 0,73% de dezembro. Esse alívio, no entanto, reflete a dinâmica dos preços no início do ano — as altas na Selic só farão efeito mais adiante

FIQUE DE OLHO

Agenda de indicadores: primeira decisão do Copom do ano sobre a Selic é destaque; veja o calendário da próxima semana

28 de janeiro de 2022 - 17:51

Na semana seguinte à decisão do Fed que confirmou a expectativa de que a autoridade monetária norte-americana deve começar a aumentar a taxa de juros a partir de março, é a vez do Banco Central brasleiro anunciar para onde vai a Selic

Automóveis

Conheça os carros que mais se valorizaram e saiba se vale a pena “investir” em um novo ou usado para surfar a alta de preços

26 de janeiro de 2022 - 6:03

Valorização de alguns modelos chega a quase 60% desde 2020. Mas isso não significa que comprar um veículo seja uma forma de investimento; entenda as razões

Esquenta dos Mercados

Ata do Fed, briga de Guedes com empresas e vendas no varejo devem influenciar a bolsa hoje

7 de julho de 2021 - 8:08

O dia cheio pela frente deve movimentar o índice brasileiro; indicadores macroeconômicos brasileiros e crise política no radar

indústria automotiva

Produção de veículos sobe 4,2% em janeiro em comparação a janeiro de 2020, diz Anfavea

4 de fevereiro de 2021 - 12:05

Apesar de o mês ter sido marcado pelo fim da produção de automóveis da Ford no País, a indústria automotiva montou em janeiro 199,7 mil unidades

setor em crise

‘Não queremos subsídios, queremos competitividade’, diz presidente da Anfavea

13 de janeiro de 2021 - 16:50

Luiz Carlos Moraes cobrou medidas que melhorem a competitividade do setor e rebateu, embora sem citar nome, o presidente Jair Bolsonaro

situação inusitada

Estoque de carros nas fábricas e concessionárias é o menor da história

9 de janeiro de 2021 - 14:35

Situação é explicada por falta de peças e medidas de distanciamento social, que afetam produção das montadoras

Dezembro foi o melhor mês

Venda de veículos soma 2,06 milhões e recua 26,2% em 2020, diz Anfavea

8 de janeiro de 2021 - 12:44

Só em dezembro, quando foram vendidos 244 mil veículos, o maior volume mensal de 2020, os emplacamentos subiram 8,4% em relação a novembro.

Termômetro da economia

Com 238,2 mil unidades, produção de veículos em novembro é a maior em 13 meses

7 de dezembro de 2020 - 11:59

vDe janeiro a novembro, a produção de 1,8 milhão de veículos significou um recuo de 35% em comparação aos onze primeiros meses de 2019.

Recuperação

Produção de veículos em outubro é a maior em 12 meses, revela Anfavea

6 de novembro de 2020 - 12:40

Na comparação com outubro de 2019, contudo, a produção de veículos caiu 18%

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies