Menu
2020-02-06T11:09:52-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
começando o ano mal

Produção de veículos cai 3,9% em janeiro, diz Anfavea

Número de veículos vendidos ao exterior atingiu 20 mil unidades em janeiro, contração de 20% em relação a igual mês do ano passado

6 de fevereiro de 2020
11:09
Honda carros veículos
Imagem: Shutterstock

A produção de veículos caiu 3,9% em janeiro ante igual mês do ano passado, informou nesta quinta-feira (6) a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

Foram produzidas 191,4 mil unidades no primeiro mês do ano, em balanço que soma os segmentos de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus.

O volume, se comparado a dezembro do ano passado, representa alta de 12,2%. O crescimento já era esperado, pois, no último mês de cada ano, as fábricas costumam suspender as operações para dar férias coletivas aos funcionários.

Exportações

Também houve recuo nas exportações. O número de veículos vendidos ao exterior atingiu 20 mil unidades em janeiro, contração de 20% em relação a igual mês do ano passado e de 30,9% na comparação com dezembro.

No mercado doméstico, os números da Anfavea confirmam os que foram divulgados pela Fenabrave na última terça-feira. Foram emplacados 193,4 mil veículos, retração de 3,2% ante o volume de janeiro do ano passado e de 26,3% sobre o número de dezembro.

O balanço mostra, contudo, que as montadoras começaram com criação de vagas de emprego. Foram gerados 309 postos de trabalho no primeiro mês do ano.

Em 12 meses, porém, o saldo ainda é negativo, com o fechamento de 4.548 vagas. O setor terminou janeiro com 125.905 funcionários, queda de 3,5% em relação a janeiro do ano passado.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Seu Dinheiro na sua noite

O grande respiro do câmbio e mais…

“Ih, vai ser uma semana daquelas”, pensei eu na segunda-feira, ao olhar a agenda de eventos previstos para os dias seguintes. Teríamos decisão do Copom e relatório de empregos nos EUA — e isso sem contar os inúmeros balanços corporativos. Em semanas assim, eu gosto de traçar alguns cenários na minha cabeça: se o BC […]

Fechamento da semana

Real ganha do dólar na semana e bolsa sobe mais de 2% com economia americana nem tão aquecida e Copom incisivo

Os problemas domésticos foram para baixo do tapete e os fatores externos ajudaram o Real a se valorizar e a bolsa a romper resistências importantes. Confira um resumo da semana.

Mudou de ideia?

Elon Musk passa a recomendar cautela com o dogecoin às vésperas de sua participação no SNL

O bilionário, que já fez a moeda-meme disparar 60% com apenas um tweet, exibiu um alerta para as limitações do mercado de criptoativos

pandemia

Estudo aponta relação entre negacionismo de Bolsonaro e evolução da pandemia no Brasil

Segundo o levantamento, em cidades onde o presidente obteve mais de 50% dos votos no segundo turno das eleições de 2018, número de mortes foi 415% maior do que nos municípios onde ele perdeu o pleito

Insistência incomoda

Ex-presidente do BC Affonso Pastore acredita que ajuste parcial da Selic é insustentável

O economista defende o reconhecimento explícito de que a instituição perseguirá o ajuste integral da taxa básica de juros

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies