Menu
2020-06-05T11:50:51-03:00
Estadão Conteúdo
efeito coronavírus

Produção de veículos cai 84,4% em maio, diz Anfavea

Foram produzidas 43,1 mil unidades, o menor volume para o quinto mês do ano desde 1985, segundo a série histórica da associação

5 de junho de 2020
11:49 - atualizado às 11:50
SUVs carros montadoras
Imagem: Shutterstock

Ainda afetada pela pandemia do novo coronavírus, a produção de veículos no Brasil caiu 84,4% em maio ante igual mês do ano passado, informou nesta sexta-feira, 5, a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), em balanço que considera os segmentos de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus.

Foram produzidas 43,1 mil unidades, o menor volume para o quinto mês do ano desde 1985, segundo a série histórica da associação.

O resultado, contudo, indica que o setor saiu do fundo do poço. Em abril, mês em que praticamente todas as fábricas estavam paradas, em razão das medidas de isolamento social para conter a pandemia, a indústria produziu 1,8 mil unidades, menor nível desde 1957.

O volume produzido em maio, mesmo abaixo da média do setor, representa aumento de 2.232,4 % na comparação com abril.

A situação melhorou porque a maioria das fábricas já voltou a produzir. Segundo o presidente da Anfavea, praticamente todas as marcas de caminhões já retomaram a produção, "mas em ritmo muito lento".

Entre as fábricas de automóveis, sete retornaram aos trabalhos em meados de maio. As demais oito têm previsão de retorno ao longo de junho.

No acumulado do ano, a produção atingiu 630,8 mil unidades, queda de 49,2% em relação a igual período do ano passado.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

pandemia

Covid-19: Brasil passa das 210 mil mortes causadas pela pandemia

Nas últimas 24 horas, as autoridades de saúde registraram 452 óbitos pela covid-19

seu dinheiro na sua noite

Antes tarde do que mais tarde

Com o uso emergencial de duas vacinas contra o coronavírus aprovado no Brasil, ainda que com muito atraso em relação a outros países (incluindo emergentes), o brasileiro pode enfim vislumbrar a possibilidade de um retorno à vida normal. Está certo que ainda vai demorar, e provavelmente veremos o resto do mundo voltar à normalidade, enquanto […]

Fechamento

Vacina empolga, mas incertezas ainda são muitas e limitam os ganhos do Ibovespa; dólar fica estável

Embora o início da vacinação tenha criado um princípio de euforia, as incertezas ainda são muitas e nublam o cenário

atenção, acionista

Itaúsa anuncia o pagamento de juros sobre capital próprio adicionais

Base do pagamento é a posição acionária final do dia 22 de janeiro; provento tem retenção de 15% de imposto de renda na fonte, resultando em juros líquidos de R$ 0,01768 por ação

insatisfações com a estatal

Petrobras sai em defesa de sua política de preços

Estatal listou uma série de respostas para justificar eventuais aumentos concedidos ou que possam vir a ser feitos este ano, diante de preços de petróleo em franca recuperação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies