Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2020-01-24T19:49:51-03:00
SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

O que será que será da Selic?

24 de janeiro de 2020
19:49
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

A taxa básica de juros (Selic) vai continuar em queda? Quando fiz essa pergunta recentemente a um gestor de fundos, ele me devolveu com outra pergunta:

– Você quer que eu responda o que o Banco Central deveria fazer ou o que ele vai fazer?

Pode parecer uma diferença sutil, mas o mercado encontra-se atualmente diante dessa encruzilhada. Uma parte considera que o BC deveria dar uma parada no ciclo de cortes da Selic nos atuais 4,5% ao ano diante do repique recente da inflação e do dólar.

Outro grupo avalia que esses fatores não comprometem o cumprimento da meta de inflação para este ano, estipulada em 4%. Portanto, haveria espaço para mais uma redução de 0,25 ponto percentual na taxa na próxima reunião do Copom, que acontece daqui a duas semanas.

Na hora de investir, porém, é preciso deixar as convicções de lado: o que vale dinheiro de fato é o que os diretores do Banco Central vão decidir. E as declarações do presidente do BC penderam mais hoje para o lado que defende a continuidade da queda da Selic.

Roberto Campos Neto afirmou que está confortável com os níveis de inflação, e que o choque provocado pelo forte aumento nos preços das carnes deve se dissipar rapidamente.

Confira os detalhes da fala do presidente do BC, que também comparou a ação da política monetária e as medidas na área microeconômica a um sistema de encanamento.

Depois do recorde

O Ibovespa atingiu ontem uma nova máxima histórica, mas voltou a cair no pregão desta sexta-feira. No balanço da semana, acumulou uma pequena queda de 0,09%. O mercado acompanhou hoje o recuo dos índices das bolsas norte-americanas, além do noticiário referente ao coronavírus. O dólar, por outro lado, fechou a semana em ligeira alta. Saiba tudo o que movimentou os mercados ao longo da semana com o Victor Aguiar.

Sobe no boato, desce no...

...fato. A Oi confirmou a venda de 25% da participação que detém da angolana Unitel para a estatal petroleira Sonagol por US$ 1 bilhão. A operação está prevista no plano de recuperação judicial da companhia e pode dar certo alívio no caixa. Mesmo com a notícia positiva, os papéis da companhia despencaram no pregão desta sexta-feira.

Vamos preservar a cervejinha...

A ideia da equipe econômica liderada pelo ministro Paulo Guedes de criar o “imposto do pecado”, que incidiria sobre cigarros, chocolates e bebidas alcoólicas pode não sair do papel. Pelo menos se depender Jair Bolsonaro. Veja o que presidente disse ao ser questionado hoje por jornalistas sobre a possibilidade do novo tributo.

Bem-vinda, carteira assinada

Depois de tempos difíceis, a situação dos empregos formais parece ganhar certa tração com os sinais de retomada da economia. Segundo dados do Caged, o Brasil criou 644.079 empregos com carteira assinada em 2019, a maior abertura de vagas formais no País desde 2013. Confira os setores que puxaram o resultado positivo e os salários médios de admissão.

Aposentadoria aos 40, Coronavirus e o imposto do pecado

A edição do podcast Touros e Ursos tem um convidado especial: o economista Richard Camargo. O colunista do Seu Dinheiro fala sobre como conquistar a tão sonhada independência financeira. Ele também comenta comigo e com o Victor Aguiar os principais assuntos da semana: os impactos do coronavirus no mercado, a oferta bilionária de ações da Petrobras e a proposta do “imposto do pecado” mencionada por Paulo Guedes. Aperte o play e vem com a gente!

P.S.: Lembrando que as inscrições para o curso Aposente-se aos 40 se encerram hoje. Saiba mais sobre o projeto aqui. 

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Números atualizados

Brasil tem 553 mortes e 12 mil casos confirmados do novo coronavírus

Brasil chegou a 553 mortes em razão da pandemia do coronavírus, segundo atualizaçãodo Ministério da Saúde. Número representa um aumento de 13%

Fundos

Comprada em bolsa nos EUA, Verde Asset diz que volta de preços ocorrerá “mais rápido do que muitos imaginam”

Mercado já colocou nos preços uma brutal queda de lucratividade das empresas, que será revertida ao longo dos próximos anos, segundo a gestora

Não tem pra todo mundo

‘Não há como ajudar todos os setores’, diz presidente do Santander

Presidente do Santander Brasil, Sergio Rial afirmou que deve-se evitar que mais setores venham buscar dinheiro no governo por conta da crise

Premiê com covid-19

Boris Johnson, primeiro-ministro do Reino Unido, dá entrada em UTI

Primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, deu entrada em uma unidade de terapia intensiva após a piora no seu quadro médico, disse a BBC

Tensão em Brasília e na bolsa

Ibovespa perde força após jornal afirmar que Bolsonaro vai demitir Mandetta ainda hoje

O Ibovespa se distanciou das máximas após as primeiras notícias quanto à demissão do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta

Dinheiro guardado

Poupança volta a captar em meio à crise do coronavírus

Os depósitos na poupança superaram os saques em R$ 12,168 bilhões no mês passado. Com isso, a captação líquida de março foi a maior da série histórica para o mês

Jogo franco

Não há condições para fazer com segurança nova projeção para 2020, diz Anfavea

Anfavea critica restrição de bancos em relação a crédito e cobra atuação do governo federal

efeito coronavírus

PIB do Brasil deve cair 2% em 2020, diz Fitch; América Latina deve encolher 2,6%

Projeção de queda para o PIB da América Latina é maior do que a observada durante a crise financeira global de 2008/2009

medida de prevenção

Doria estende em 15 dias quarentena em São Paulo

Segundo o governo, contágio já chegou a cem cidades paulistas; recomendação é que as pessoas fiquem em casa; serviços considerados essenciais continuam em funcionamento

país contra o coronavírus

Plano contra coronavírus não inclui socorro a grandes empresas e bancos no México

Programa do governo é calcado na ampliação de programas sociais e em investimento público para fomentar o emprego.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu