Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-12-23T18:20:45-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
saldo positivo

Caged registra em novembro mais de 414 mil vagas com carteira assinada

Saldo acumulado em 2020 ficou positivo pela primeira vez e chegou a 227.025 postos de trabalho

23 de dezembro de 2020
11:26 - atualizado às 18:20
O ministro da Economia do Brasil, Paulo Guedes, concede entrevista coletiva.
Imagem: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Pelo quinto mês consecutivo, o número de contratações com carteira assinada superou o de demissões no Brasil. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta quarta-feira (23), o país criou 414.556 vagas de emprego em novembro.

O número é o melhor da série histórica da pesquisa, iniciada em 1992. Diante da sequência de dados positivos, o saldo acumulado em 2020 ficou positivo pela primeira vez e chegou a 227.025 postos de trabalho criados ao longo do ano.

O desempenho no ano foi motivado especialmente pelo programa do governo que permitiu a suspensão de contratos de trabalho e a redução de salários e jornada, medida que, segundo especialistas, evitou um número maior de demissões.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a dizer que o Brasil está retomando a sua economia em V e "surpreendendo o mundo". Ele também destacou a importância da vacinação em massa contra a covid-19 para a recuperação econômica.

"Para o ano que vem, nossa esperança vai ser a vacinação em massa para salvar vidas, garantir retorno seguro ao trabalho e a retomada econômica", disse.

Projeções

Apesar de dizer que evita fazer previsões, o secretário especial de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco afirmou não achar difícil que os dados do Caged "surpreendam" em dezembro, devido as iniciativas para manutenção de emprego.

O secretário destacou que o mês tipicamente tem saldo negativo de vagas. "É possível alta taxa de contratação de temporários com demanda forte e retomada da economia. A demanda está forte agora e é possível que porcentual elevado de temporários sejam contratados", disse.

Trabalho intermitente

Em discussão no Supremo Tribunal Federal (STF), a modalidade de trabalho intermitente, instituída com a reforma trabalhista, teve seus resultados ressaltados pelo secretário de Trabalho, Bruno Dalcolmo.

Segundo Dalcolmo, a pasta trabalha "neste momento" em novos dados sobre a modalidade. O secretário afirmou que tão logo a análise pelo STF seja retomada, o ministério irá contribuir com números e "ilustrar" como o trabalho intermitente tem previsibilidade.

No início do mês, a ministra Rosa Weber, do STF, pediu vista e suspendeu o julgamento que discutia a constitucionalidade do trabalho intermitente. O Plenário já tem dois votos a favor da medida e um único contrário, proferido pelo relator de três ações sobre o tema, ministro Edson Fachin.

Benefícios emergenciais

O Ministério da Economia informou nesta quarta que R$ 31,3 bilhões já foram pagos no Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda. O valor previsto é de R$ 34,2 bilhões. A quantidade de trabalhadores atendidos é de 9.838.151, com 1.464.274 empregadores e 20.067.883 acordos.

No programa, o governo federal paga um Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEm) para os trabalhadores que tiveram seus contratos de trabalho suspensos em razão da pandemia, ou que tiveram redução proporcional de jornada de trabalho e de salário.

Diretor de programa da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, Luís Felipe Batista de Oliveira destacou que a quantidade de acordos por mês vem caindo. Em abril, foram 5.932.065, contra 228.635 em dezembro, com números até o dia 18.

Proporcionalmente, os acordos para suspensão lideram entre as modalidades, representando 43,5%. Em seguida estão as negociações para a redução de 70% da jornada (21,9%), redução de 50% (18,9%), redução de 25% (14,8%), e intermitente (0,9%).

Bruno Bianco negou nesta quarta-feira que os valores de restos a pagar do Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda (BEm) signifiquem uma prorrogação do benefício, mas afirmou que o Ministério da Economia está estudando se o BEm terá uma sobrevida.

*Com Agência Brasil e Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

IVAN SANT'ANNA

Ganância, dinheiro e poder – ou por que hoje só invisto em petróleo na hora de encher o tanque do carro

Deixei de operar petróleo e jamais comprarei novamente papéis da Petrobras ou qualquer outra ação sobre a qual o governo tenha influência

O FISCAL ENLOUQUECEU

Com furo no teto, XP e BTG já esperam que a Selic suba 1,5 ponto percentual na próxima semana

A corretora também reviu suas projeções para o câmbio, inflação e PIB deste e do próximo ano

E-commerce de pneus

Cantu Store não se assusta com a farra fiscal e registra pedido de IPO na CVM

A companhia paranaense conta com 26 filiais em 17 unidades federativas e quatro centros de distribuição, além de duas marcas próprias

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Guedes diz que fica, o puxadinho do teto de gastos e outros destaques do dia

Pelo menos um dos temores do mercado teve um desfecho nesta sexta-feira (22) — Paulo Guedes segue sendo o ministro da Economia, e o país não vai passar o fim de semana na incerteza. Após as baixas recentes na equipe econômica, mas o capitão do navio continua firme. Diante de tantas incertezas e a confirmação […]

SUPEROU AS EXPECTATIVAS

Hypera (HYPE3) inicia temporada de balanços com alta de 50% na receita líquida — veja os destaques da farmacêutica no terceiro trimestre

Apoiadas pelo portfólio cada vez maior de medicamentos e pelas vendas aquecidas, outras linhas do balanço também deixaram para trás as projeções

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies