⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula, Bolsonaro, Ciro e Tebet querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2020-01-24T13:47:18-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
dados do caged

Brasil cria 644 mil empregos formais em 2019; melhor em resultado em seis anos

Resultado de dezembro, negativo em 327 mil vagas, foi dentro do esperado pelo mercado

24 de janeiro de 2020
11:06 - atualizado às 13:47
Carteira de trabalho e bandeira do Brasil
A taxa de desemprego deve desagradar o investidor local, enquanto o exterior navega nas máximas históricas - Imagem: Shutterstock

O Brasil criou 644.079 empregos com carteira assinada em 2019, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta sexta-feira (24) pelo Ministério da Economia. Esse é a maior abertura de vagas formais no País desde 2013.

O saldo de 2019 foi resultado de 16.197.094 admissões e 15.553.015 demissões ao longo do ano. Em 2018, o saldo havia sido positivo em 529.554 postos de trabalho, na série já com ajustes (que inclui declarações fora do prazo).

Já em dezembro, houve fechamento de 307.311 vagas com carteira assinada, interrompendo uma sequência de oito meses consecutivos de saldo positivo no Caged.

O resultado é considerado normal para o período, em que há demissão de trabalhadores contratados temporariamente para atender à demanda de fim de ano.

Ainda assim, esse foi o melhor resultado para dezembro desde 2005 (na série sem ajustes), quando foram fechados 286.719 postos de trabalho.

O saldo de dezembro decorre de 990.848 admissões e 1.298.159 demissões. Em dezembro de 2018, houve fechamento líquido de 334.462 vagas, na série sem ajustes.

O resultado de dezembro veio melhor que a mediana das estimativas do mercado financeiro, negativa em 327.988 postos de trabalho, e dentro do intervalo de -360.000 a -270.000 vagas, conforme levantamento prévio do Projeções Broadcast.

Setores que puxaram a melhora

O Caged também divulgou que os setores que puxaram a abertura de 644.079 empregos foram serviços e comércio.

No caso do setor de serviços, foram abertas 382.525 vagas. Em seguida, veio o comércio, com a abertura de 145.475 postos de trabalho no ano.

A construção civil, por sua vez, abriu 71.115 vagas em 2019. Na sequência, vieram a indústria da transformação com 18.341 vagas, agropecuária com 14.366 vagas, serviços industriais de utilidade pública com 6.430 vagas, extração mineral com 5.005 vagas e administração pública com 822 vagas.

Mas, segundo o órgão, todos os setores da economia registraram resultado positivo em 2019.

Já ao olhar os salários médios de admissão nos empregos com carteira assinada houve queda real de 0,15% em dezembro ante o mesmo período de 2018, para R$ 1.595,53.

Ao comparar com novembro de 2019, também houve contração só que desta vez de 0,97%, para R$ 1.611,14, segundo dados do Ministério da Economia.

O maior salário médio de admissão em dezembro passado foi observado na extração mineral, com R$ 2.860,53, por conta das contratações feitas pela Petrobras, especialmente.

O menor salário médio de admissão, por sua vez, foi registrado na agropecuária, com R$ 1.391,77.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

ESPECIAL SD 4 ANOS

O petróleo não morreu e ainda pode fazer você ganhar muito dinheiro. Confira duas ações para investir

30 de setembro de 2022 - 6:05

Sim, o setor de petróleo está com os dias contados, mas ainda pode trazer ótimos retornos para você, por mais contraditório que pareça

ELEIÇÕES 2022

Padre Kelmon é chamado de “laranja, mentiroso e impostor”, irrita Lula e até Bonner no debate da Globo

30 de setembro de 2022 - 1:12

Além de entrar em atrito com outros candidatos — com exceção de Jair Bolsonaro —, Kelmon desrespeitou as regras do debate ao interromper as respostas dos adversários

ELEIÇÕES 2022

Lula e Bolsonaro trocam acusações no debate da Globo: “mentiroso, traidor da Pátria, tome vergonha na cara”

29 de setembro de 2022 - 23:10

Início do debate foi marcado por uma série de pedidos de resposta entre o petista e o presidente que tenta a reeleição; confira os principais trechos

Market Makers

Seja Lula ou Bolsonaro, política fiscal é principal preocupação da Faria Lima com o próximo governo

29 de setembro de 2022 - 20:06

O Market Makers fez seu primeiro episódio ao vivo e ouviu as visões de sete gestores diferentes sobre as Eleições 2022

Questões contábeis

Problemas na decolagem: Eve, dos carros voadores da Embraer (EMBR3), precisará refazer o balanço do 2º trimestre

29 de setembro de 2022 - 19:59

Questões contábeis envolvendo os bônus de subscrição geraram inconsistências no balanço da Eve; a Embraer (EMBR3) também será impactada

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies