Menu
2020-03-11T17:52:08-03:00
Estadão Conteúdo
Veto derrubado

Senado derruba veto ao BPC e governo já conta com derrota no Congresso

Senadores decidiram contrariamente à decisão do presidente por 45 a 14 votos; agora, para que o veto caia, a Câmara precisa votar pela sua derrubada também

11 de março de 2020
17:52
Plenário do Senado
Plenário do Senado. - Imagem: Marcos Oliveira/Agência Senado

O Congresso caminha para derrubar o veto do presidente Jair Bolsonaro ao projeto que aumenta o limite de renda familiar para acesso ao Benefício de Prestação Continuada (BPC). Senadores decidiram contrariamente à decisão do presidente por 45 a 14 votos. Agora, para que o veto caia, a Câmara precisa votar pela sua derrubada também.

A equipe econômica do governo, por sua vez, já conta como certa a derrota. O governo vê risco de impacto superior a R$ 20 bilhões em 2020 com a queda do veto, num momento de perspectiva de piora da economia e de bloqueio de recursos no Orçamento. Um gasto obrigatório maior pode agravar situação.

A votação dos vetos acontece em um momento em que boa parte das atenções do Congresso está voltada à Comissão Mista de Orçamento que, excepcionalmente nesta quarta, funciona em paralelo ao plenário. Isso para que os projetos do Executivo que regulamentam o Orçamento impositivo seja votado.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

em busca de energia limpa

Criptomoedas: Elon Musk diz que Tesla vendeu 10% do que detinha em bitcoin

Segundo executivo, operação prova que a criptomoeda poder ser liquidada facilmente “sem mover o mercado”

imunização

Governo de São Paulo adianta em 30 dias vacinação contra a covid-19; veja novas datas

Plano é vacinar toda a população adulta do estado, ao menos com a primeira dose, até o dia 15 de setembro

luto

Ex-presidente do BC Carlos Langoni morre de covid-19 no Rio

Carlos Langoni trabalhou no governo na virada das décadas de 1970 e 1980, quando foi presidente do BC; ele colaborou com a equipe econômica do ministro Paulo Guedes, quase 40 anos depois

nos eua

Nova ‘ação meme’? Orphazyme dispara quase 1400% em um dia e mercado não sabe por quê

Investidores da empresa aguardam uma importante atualização sobre um tratamento experimental para a doença de Niemann-Pick; sem novidades, mercado não sabe a razão da alta

entrevista

Superávit primário pode voltar em 2024, diz secretário do Tesouro

Jeferson Bittencourt diz que a melhora no quadro fiscal do País não é “sorte”; confira a entrevista

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies