Menu
2020-03-11T17:52:08-03:00
Estadão Conteúdo
Veto derrubado

Senado derruba veto ao BPC e governo já conta com derrota no Congresso

Senadores decidiram contrariamente à decisão do presidente por 45 a 14 votos; agora, para que o veto caia, a Câmara precisa votar pela sua derrubada também

11 de março de 2020
17:52
Plenário do Senado
Plenário do Senado. - Imagem: Marcos Oliveira/Agência Senado

O Congresso caminha para derrubar o veto do presidente Jair Bolsonaro ao projeto que aumenta o limite de renda familiar para acesso ao Benefício de Prestação Continuada (BPC). Senadores decidiram contrariamente à decisão do presidente por 45 a 14 votos. Agora, para que o veto caia, a Câmara precisa votar pela sua derrubada também.

A equipe econômica do governo, por sua vez, já conta como certa a derrota. O governo vê risco de impacto superior a R$ 20 bilhões em 2020 com a queda do veto, num momento de perspectiva de piora da economia e de bloqueio de recursos no Orçamento. Um gasto obrigatório maior pode agravar situação.

A votação dos vetos acontece em um momento em que boa parte das atenções do Congresso está voltada à Comissão Mista de Orçamento que, excepcionalmente nesta quarta, funciona em paralelo ao plenário. Isso para que os projetos do Executivo que regulamentam o Orçamento impositivo seja votado.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Análise

O mercado trucou, e o Banco Central mandou descer ao bancar juro baixo

Emparedado pelo repique da inflação e pelo aumento do risco fiscal, o BC foi inflexível e sustentou o “forward guidance”, a sinalização de que a Selic permanecerá baixa por um longo período

Acelerou

Bolsonaro assina sanção da lei que prorroga incentivos para setor automotivo

A sanção do projeto, assinada por Bolsonaro, deve ser publicada até esta quinta-feira, 29, no Diário Oficial da União (DOU).

o pior já passou?

Petrobras tem prejuízo de R$ 1,5 bilhão no terceiro trimestre, melhor do que o esperado

Analistas esperavam prejuízo de R$ 4,15 bilhões; após baixa com a pandemia, estatal aumentou a participação de mercado e manteve um patamar alto de exportações

Balanço

Bradesco supera projeções e tem lucro de R$ 5 bilhões no terceiro trimestre

O resultado do segundo maior banco privado brasileiro ainda é 23,1% menor que o do mesmo período de 2019, mas representa um avanço de 29,9% no trimestre

de olho na retomada

Para secretário, inflação não preocupa, é problema concentrado e transitório

Adolfo Sachsida reafirmou que a regra do teto de gastos será respeitada pelo governo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies