Menu
2020-09-09T20:52:15-03:00
Estadão Conteúdo
relação com guedes

Não é o momento ‘de olhar para conflitos’, diz Maia

Questionado sobre o desentendimento com o ministro Paulo Guedes, da Economia, Maia destacou que não conversa com o chefe da pasta “há muito tempo”

9 de setembro de 2020
20:52
Rodrigo Maia e Paulo Guedes
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e o ministro da Economia, Paulo Guedes. - Imagem: Valter Campanato/Agência Brasil

Em entrevista à CNN Brasil, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que não é o momento "de olhar para conflitos" pois o País tem muitos problemas prioritários para resolver. Questionado sobre o desentendimento com o ministro Paulo Guedes, da Economia, Maia destacou que não conversa com o chefe da pasta "há muito tempo".

"Eu não falo que o Paulo Guedes há muito tempo, eu não entendi nem que ele disse que falou comigo. Eu não conversei com ele, mas também não estou preocupado com isso. Nós temos muitos problemas, a economia brasileira ano passado cresceu muito menos do que a gente esperava", declarou.

Maia se disse preocupado e avaliou que as "coisas não têm saído do papel". Para ele, o parlamento deve manter o diálogo com o governo para que as coisas funcionem. "É importante, claro, que o parlamento possa estar sempre ouvindo o governo, muitas vezes os ministros, muitas vezes os quadros técnicos, mas sempre através da articulação política como sempre foi feito. A minha preocupação é apenas uma o tempo vai passando e as soluções ainda não saíram do papel."

Maia comentou ainda a fala de Guedes sobre sua aproximação com Estados e municípios. Nesta quarta-feira, o ministro da Economia agradeceu a ajuda do parlamentar com as reformas, mas reclamou das conversas do deputado com Estados e municípios para a criação de um possível novo fundo bilionário que seria incluído na reforma tributária.

"Acho que a questão dos Estados, da forma como foi colocada por ele, não é verdade. Eu nunca tratei de negócio de fundo nenhum. Essa não é uma situação verdadeira, mas não é isso que me preocupa, o que me preocupa é que o governo vai ter um número maior de desempregados, já aumentou e vai aumentar ainda mais", disse Maia.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Direto na conta

Caixa começa a pagar hoje segunda parcela do auxílio emergencial

Nascidos em janeiro receberão nas contas poupança digitais

ESTRADA DO FUTURO

As ações de tecnologia estão caras ou baratas? Saiba como os analistas fazem as contas

Com o tempo, a análise dessas empresas migrou da abordagem de tradicional para um modelo de probabilidades e grandes números

Pandemia

Número de óbitos por covid-19 passa de 434 mil; casos passam de 15,5 milhões

Mais de 2 mil mortes e 67 mil novos casos foram registrados nas últimas 24 horas

Polui menos

Petrobras bate recorde de vendas de diesel S-10

Impacto ambiental do derivado é menor

Acabou a mamata?

Congresso reage a supersalários da cúpula do governo

Medida beneficia diretamente o presidente Jair Bolsonaro e seu vice, Hamilton Mourão

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies