Menu
2020-05-26T16:26:04-03:00
Estadão Conteúdo
Em pronunciamento

Em pronunciamento, Maia faz convite à “pacificação dos espíritos”

Sem citar as crises institucionais do Executivo ou mesmo chefes de outros Poderes, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, fez um pronunciamento nesta terça-feira

26 de maio de 2020
16:26
Maia Previdência
Imagem: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Sem citar as crises institucionais do Executivo ou mesmo chefes de outros Poderes, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), fez um pronunciamento nesta terça-feira, 26, convocando a "pacificação dos espíritos", a preservação da democracia e a luta contra o coronavírus.

"Faço desse momento um convite à pacificação dos espíritos, vigilantes, e desarmados de preconceitos de qualquer ordem, temos que trabalhar pelo Brasil", declarou Maia.

O deputado disse ainda que a sociedade espera dos detentores de mandatos consciência neste momento de pandemia. "Consciência do papel a desempenhar na busca de soluções para enfrentar o vírus que mata", afirmou. "Espera de nós maturidade para manter um diálogo construtivo entre as instituições e para com a sociedade", afirmou.

Aos demais deputados, Maia pediu altivez e equilíbrio. "É imprescindível cuidar da relação harmoniosa e independente entre os Poderes da República. É isso o que nos ordena a Constituição. A construção e a preservação da democracia exigem esforços diários, vigilância intensa e transparência", disse. Maia vem sendo cobrado por deputados da oposição e pelas redes sociais para pautar um pedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro. Já são 35 os pedidos na sua mesa.

Maia afirmou ainda manter um diálogo institucional permanente com o Executivo e que nunca desistiu de construir pontes e de destruir muros.

"Há duas semanas estive com o excelentíssimo senhor presidente da República, e para ser fiel à verdade, devo dizer que fui recebido com elegância e cordialidade, como mandam os ritos", disse. Maia afirmou ainda ver com naturalidade o esforço do governo federal para ampliar sua base política, em uma referência à aproximação do governo com os partidos do Centrão. "Ao invés de ser criticado, esse esforço deve ser respeitado. O sistema democrático exige a convivência republicana entre Executivo e Legislativo", disse.

"O nosso grande desafio é derrotar o coronavírus, vencer a gravíssima crise social e econômica que está à nossa frente, preservando a nossa democracia. Repito, preservando a nossa democracia", disse.

O deputado classificou o momento atual como grave e também como um momento de guerra. "O mundo enfrenta a mais grave crise sanitária e humanitária desde a Segunda Guerra Mundial", disse. Ele se solidarizou com as famílias que perderam entes para a covid-19 e também homenageou os profissionais de saúde, a quem chamou de heróis.

Ele voltou a falar sobre a crise econômica, no esteio da pandemia. "Mas é preciso ter claro: a quarentena, o isolamento social, não são os culpados por derrubar a economia. quem derruba a economia é o vírus", disse.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Prévia operacional

Vendas da Even totalizam R$ 402 milhões no 4º trimestre, queda de 33% na comparação anual

Lançamentos totalizaram R$ 482 milhões no período, 40% a menos que no quarto trimestre de 2019, mas geração de caixa foi robusta

Mercados hoje

Bolsa cai mais de 1% com incerteza sobre pacote de Biden e segunda onda da covid-19

Existe uma certa desconfiança de que o plano encontre dificuldades de ser aprovado pelo Congresso, ainda que o democrata tenha conquistado a maioria das duas casas

números promissores

Aura Minerals projeta crescimento de até 42% da produção em 2021

Desempenho neste ano deve ser puxado por mina em Honduras, que deve ser manter como principal fonte de minério

o melhor do seu dinheiro

O tempo passou na Ford (e ela não viu)

Se tem algo que não perdoa é o tempo. Ele passa no seu ritmo e tem força suficiente para arrastar tudo consigo. E nós não podemos fazer nada, a não ser tentar acompanhar. Não é algo simples. É difícil largar conceitos, ideias e comportamentos que fizeram sentido e proporcionaram ganhos e alegrias. Queremos acreditar que […]

abaixo do esperado

Vendas no varejo recuam 0,1% em novembro, interrompendo seis meses de alta

Resultado veio abaixo das expectativas do mercado, mas as vendas no comércio varejista ampliado cresceram 0,6% ante outubro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies