Menu
2020-04-12T13:39:12-03:00
Agência Brasil
Primeiro-ministro teve alta

Em mensagem de vídeo, Boris Johnson diz que médicos salvaram sua vida

Johnson, de 55 anos, foi levado ao Hospital St Thomas, no centro de Londres, no dia 5 de abril, sofrendo de sintomas persistentes da covid-19

12 de abril de 2020
13:39
Primeiro-ministro britânico, Boris Johnson.
Primeiro-ministro britânico, Boris Johnson. - Imagem: Shutterstock

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson deixou o hospital neste domingo (12) e agradeceu ao Serviço Nacional de Saúde (NHS, na sigla em inglês) por salvar sua vida enquanto lutava contra o coronavírus.

Johnson, de 55 anos, foi levado ao Hospital St Thomas, no centro de Londres, no dia 5 de abril, sofrendo de sintomas persistentes da covid-19. No dia seguinte, ele foi transferido para a unidade de terapia intensiva, onde permaneceu até 9 de abril.

"Hoje deixei o hospital depois de uma semana em que o NHS salvou minha vida, sem dúvida", afirmou ele em uma mensagem de vídeo de cinco minutos postada no Twitter a partir da Downing Street, onde funcionam o escritório e a residência de Boris Johnson.

Neste domingo, o número oficial de mortos no Reino Unido pelo coronavírus passou de dez mil.

O primeiro-ministro nomeou e agradeceu os enfermeiros que cuidaram dele, com menção especial a dois profissionais, Jenny, da Nova Zelândia, e Luis, de Portugal, que ele disse que ficaram ao lado de sua cama por 48 horas "quando as coisas poderiam ter ido para qualquer um dos lados".

"O motivo pelo qual meu corpo começou a receber oxigênio suficiente foi porque, a cada segundo da noite, eles estavam assistindo e pensando, cuidando e fazendo as intervenções que eu precisava", disse.

Leia também:

Johnson usou terno e gravata e falou da maneira enérgica como sempre. Ele continuará sua recuperação em Chequers, residência oficial de campo a noroeste de Londres, segundo seu gabinete.

Um fotógrafo da agência Reuters viu Johnson e sua noiva grávida Carrie Symonds, de 32 anos, que também sofreu sintomas de Covid-19, saindo da Downing Street, no centro de Londres, com seu cachorro.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

ESTRADA DO FUTURO

Um pé no abismo e outro na casca de banana: como identificar ações de empresas decadentes

Excesso de otimismo, planos mirabolantes e desprezo pela inovação estão entre as receitas para uma empresa falhar, segundo o gestor que se dedicou a descobrir empresas terríveis

Novo competidor

Grupo catarinense que fatura R$ 8,8 bi vai abrir 1º atacarejo no estado de SP

O Grupo Pereira vai abrir uma unidade da Fort Atacadista, sua bandeira de atacarejo, na cidade de Jundiaí; forte competição em SP é desafio

Tensão em Brasília

Racha no Congresso põe reformas em xeque

A decisão do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), de fatiar a reforma tributária foi vista como a pá de cal nas chances de avanço das reformas no Congresso até o fim do atual governo. Embora Lira tenha prometido abrir o diálogo com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), para definir os próximos passos, […]

Rapidinhas da semana

BLINK: Itaúsa, B2W, Eletrobras e mais recomendações rápidas

Felipe Miranda, sócio-fundador e CIO da Empiricus, fala sobre Alpargatas, Eletrobras, Itaúsa, Lojas Americanas e muito mais no Blink

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies