Menu
2020-03-04T07:09:05-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
ficou para hoje

Congresso conclui análise de vetos a orçamento impositivo nesta quarta-feira

Para a próxima semana, os congressistas devem votar os três projetos encaminhados pelo governo nesta terça regulamentando o orçamento impositivo

4 de março de 2020
7:04 - atualizado às 7:09
Plenário do Congresso
À mesa, presidente do Senado Federal, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP). - Imagem: Roque de Sá/Agência Senado

O Congresso Nacional adiou para esta quarta-feira, 4, a conclusão da análise dos vetos presidenciais ao projeto que obriga o governo do presidente Jair Bolsonaro a pagar todas as emendas parlamentares indicadas neste ano. Há acordo entre líderes para manutenção dos vetos.

Para a próxima semana, os congressistas devem votar os três projetos encaminhados pelo governo nesta terça regulamentando o orçamento impositivo e definindo as regras para liberação e bloqueio do pagamento das emendas.

Inicialmente, tanto os vetos quanto os projetos seriam votados nesta terça. O presidente do Senado e do Congresso, Davi Alcolumbre (DEM-AP), cedeu a apelo de senadores que pediram mais tempo para análise das propostas. Os textos do Planalto, disse Alcolumbre, estavam previstos para serem encaminhados às 9 horas e chegaram ao Congresso às 17h05.

"Em uma hora não dá para analisar um texto encaminhado pelo Executivo sobre a regulamentação do orçamento impositivo", disse Alcolumbre durante a sessão. O presidente do Senado se reuniu inicialmente com senadores e depois levou o apelo de adiamento para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Há oito vetos na pauta do Congresso na sessão desta terça. Os parlamentares se posicionam sobre todos eles por cédula eletrônica e deverão registrar os votos ainda hoje.

Os dispositivos relacionados ao orçamento impositivo, porém, irão passar por uma nova votação no painel do plenário, com registro nominal dos parlamentar a favor e contra.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

setor em crise

Câmara aprova texto-base da MP de socorro ao setor aéreo

Proposta determina que as companhias aéreas terão prazo de até 12 meses para devolver aos consumidores o valor das passagens compradas entre 19 de março e 31 de dezembro de 2020

Entrevista exclusiva

No ônibus e no hotel, a Marcopolo quer garantir as suas férias sem coronavírus

James Bellini, presidente da Marcopolo, conta como as medidas para tornar os ônibus mais seguros começam a render frutos em outras áreas e também os impactos da crise para a companhia

comércio eletrônico

Desde o início da pandemia, e-commerce brasileira já ganhou 135 mil lojas

Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), desde o início da pandemia mais de 135 mil lojas aderiram às vendas pelo comércio eletrônico para continuar vendendo e mantendo-se no mercado

atualização dos dados

Brasil tem 1,66 milhão de casos confirmados do novo coronavírus

Foram 1.254 novas mortes e 45.305 novas pessoas infectadas registradas nas últimas 24 horas, conforme atualização do Ministério da Saúde divulgada hoje

destravando o crédito

Banco do Brasil atinge R$ 3,3 bilhões em empréstimos no Pronampe em dois dias

Banco do Brasil se aproxima, assim, da meta de esgotar os recursos da iniciativa, aposta do governo Bolsonaro para destravar o crédito, ainda nesta semana

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements