Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-03-16T17:38:23-03:00
Estadão Conteúdo
POLÍTICA

Congresso adia comissão da reforma tributária e CPI mista das fake news

Senadores e deputados tinham encontro agendado para esta terça-feira, dia 17, nas duas comissões. A da Reforma Tributária receberia em audiência pública o ministro da Economia, Paulo Guedes

16 de março de 2020
17:38
Congresso Nacional Governo
Imagem: Shutterstock

A expansão do novo coronavírus no Brasil fez com que o Congresso Nacional adiasse nesta segunda-feira, dia 16, pelo menos duas reuniões de trabalho de umas das mais importantes comissões mistas em andamento, a que discute a reforma tributária e a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) das Fake News.

Senadores e deputados tinham encontro agendado para esta terça-feira, dia 17, nas duas comissões. A da Reforma Tributária receberia em audiência pública o ministro da Economia, Paulo Guedes.

O senador Roberto Rocha (PSDB-MA), presidente da comissão, suspendeu a audiência e informou que marcará uma nova data. Mesmo assim, disse que o governo pode encaminhar ao colegiado o texto de sua proposta de reforma tributária, um dos projetos econômicos mais aguardados desde o ano passado.

Já o senador Angelo Coronel (PSD-BA), presidente da CPMI das Fake News, mandou cancelar o encontro em que seriam votados 57 requerimentos de quebras de sigilo de empresas e pessoas suspeitas de usar as redes sociais para atacar adversários políticos e difundir informações falsas. A CPMI tem sido palco de embates entre governistas e opositores e já chegou a identificar atuação de aliados do governo, como um assessor do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro.

"Vamos aguardar a evolução para ver quando iremos marcar a próxima sessão", disse Coronel, que aguarda resultado de exames laboratoriais e está em isolamento residencial em Brasília. Ele manteve contato com o primeiro congressista infectado pelo novo coronavírus, o senador Nelsinho Trad (PSD-MS).

Desde o fim da semana passada, quando se confirmou o primeiro o caso de Trad, que retornou dos Estados Unidos na comitiva presidencial, aumenta a pressão para que a cúpula do Legislativo paralise todas as atividades no Congresso por pelo menos 15 dias.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

próximos anos

Eletrobras aprova em conselho plano de negócios com desinvestimentos de R$ 41 milhões

Entre as medidas previstas está a avaliação de oportunidades para efetuar a gestão dos passivos provenientes de dívidas do Sistema Eletrobras

temporada de resultados

Lucro da Alpargatas, dona da marca Havaianas, cresce 228,7%, R$ 111 milhões

Receita líquida da companhia saltou 71,4% sobre igual intervalo de 2020, para R$ 1,095 bilhão, ao mesmo tempo em que os volumes registraram crescimento de 57%

seu dinheiro na sua noite

As corridas da bolsa e do dólar — e a frustração dos investidores na linha de chegada de julho

Nove em cada dez operadores do mercado financeiro juram, de pés juntos, que o último pregão do mês costuma ser positivo. Ora essas, é a data limite para o fechamento das lâminas de desempenho mensal dos fundos e das carteiras de investimento — e é claro que todo mundo quer estampar o melhor resultado possível. […]

decisão temporária

CVM suspende oferta de recebíveis que financiaria cooperativas do MST

Decisão da autarquia vale por 30 dias; CVM diz que a oferta não apresenta informações consideradas essenciais para os investidores

FECHAMENTO DA SEMANA

Ameaça ao teto de gastos e derretimento do minério de ferro afundam o Ibovespa em mais de 3%; dólar vai a R$ 5,20

Com a pressão das ameaças político-fiscais e a queda brusca do minério de erro, a bolsa brasileira amargou uma queda de mais de 3%. Já o dólar voltou a ser negociado na casa dos R$ 5,20

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies