Menu
2020-04-09T15:26:50-03:00
Felipe Saturnino
Felipe Saturnino
Graduado em Jornalismo pela USP, passou pelas redações de Bloomberg e Estadão.
Em pronunciamento

Bolsonaro defende hidroxicloroquina e diz respeitar autonomia de governadores e prefeitos

“Todos devem estar sintonizados comigo”, afirmou Bolsonaro, dizendo que tem a responsabilidade sobre decisões do país de forma ampla usando a equipe de ministros que escolheu

8 de abril de 2020
21:06 - atualizado às 15:26
O presidente Jair Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro - Imagem: Marcos Corrêa/PR/Flickr/Planalto

O presidente da República, Jair Bolsonaro, defendeu o uso da hidroxicloroquina para o tratamento da COVID-19 em pronunciamento nesta quarta-feira (08).

Segundo Bolsonaro, em conversa com o médico Roberto Kalil, ouviu deste que havia usado a substância para se curar da doença e que ele próprio a ministrou para seus pacientes — todos com sucesso, disse o presidente.

O presidente também afirmou que, após conversa direta com o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, o Brasil terá, até sábado, matéria-prima para continuar a produzir a hidroxicloroquina.

Bolsonaro voltou a dizer que há dois problemas que precisam ser resolvidos simultaneamente, a pandemia e o desemprego, e que não há dúvidas de que "nosso objetivo principal sempre foi salvar vidas".

"Tenho certeza que todos os brasileiros querem voltar a trabalhar", disse o presidente, no pronunciamento. Na sequência, ele afirmou que essa sempre foi a sua orientação a todos os seus ministros, "observadas as normas do Ministério da Saúde".

"Todos devem estar sintonizados comigo", afirmou Bolsonaro, dizendo que tem a responsabilidade sobre decisões do país de forma ampla usando a equipe de ministros que escolheu.

Bolsonaro disse que as consequências de um tratamento de uma doença não podem ser mais danosas do que a própria condição — em referência à restrição do convívio social, que impacta a economia. Citando o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, Tedros Adhanom, disse que "cada país tem suas particularidades"

"Respeito a autonomia dos governadores e prefeitos", também disse Bolsonaro, sobre as medidas de isolamento social adotadas por Estados e cidades do país. O presidente também adicionou neste trecho do pronunciamento, no entanto, que "o governo federal não foi consultado sobre sua amplitude ou duração". Ele ainda disse esperar que "saiamos mais fortes" para desenvolver o Brasil.

Bolsonaro disse que foi disponibilizado o valor de R$ 60 bilhões via Caixa para capital de giro para micro, pequenas e médias empresas e à construção civil.

Ele afirmou que o auxílio emergencial a trabalhadores informais, desempregados e microempreededores, durante 3 meses, no valor de R$ 600, será pago a partir de quinta (9).

Além disso, foi concedida isenção da conta de energia elétrica aos que possuem tarifa social, auxiliando 9 milhões de famílias, e os beneficiários do Bolsa Família também receberão abono complementar do auxílio emergencial.

Por fim, o presidente se referiu à autorização de saque de até R$ 1.045 àqueles que possuem conta associada ao FGTS, em junho.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

O hambúrguer e o câmbio

Está na hora de comprar ou vender dólar? A resposta pode estar no preço do Big Mac

Se levarmos em consideração o preço do sanduíche mais popular do mundo, a moeda norte-americana deveria valer R$ 3,87, segundo o índice calculado pela The Economist

prévias

Eztec tem queda de 48% nas vendas no quarto trimestre

Lançamentos da empresa atingiram R$ 380,8 milhões, chegando a R$ 1,150 bilhão no ano – 85% a mais do que no terceiro trimestre

seu dinheiro na sua noite

2 milhões de mortos, 2 trilhões em estímulos e uma queda de mais de 2%

Se a primeira semana de 2021 nos mercados refletiu o otimismo geral com o novo ano que se iniciava, com perspectivas de vacinação contra o coronavírus e recuperação econômica, na segunda semana do ano, os investidores optaram pela cautela. Por ora, 2020, o ano do qual todos queríamos nos livrar, ainda não ficou para trás. […]

FECHAMENTO

Atritos políticos e covid-19 voltam para assombrar o mercado e Ibovespa recua mais de 2%; dólar sobe forte

Existe uma certa desconfiança de que o plano de US$ 1,9 trilhão apresentado por Biden encontre dificuldades de ser aprovado pelo Congresso, ainda que o democrata tenha conquistado a maioria das duas casas. No Brasil, situação do coronavírus reacende a pressão sobre o cenário fiscal

match com o mercado?

Concorrente do Tinder, Bumble pode levantar US$ 100 milhões em IPO

Ações da empresa estreiam em fevereiro na Nasdaq; companhia, que é dona do Badoo, não deu lucro no ano passado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies