Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-01-01T14:39:55-03:00
Estadão Conteúdo
De olho no dinheiro gringo

Sucesso da XP anima mais brasileiras a abrir capital nos EUA

Movimento começa a incomodar o mercado interno, mas tem potencial para crescer nos próximos anos

1 de janeiro de 2020
13:19 - atualizado às 14:39
Rede de restaurantes Madero
A rede de hamburgueria Madero já anunciou que pretende fazer sua oferta de ações na Bolsa de Nova York em 2020. - Imagem: Divulgação

De 2018 para cá, cinco empresas escolheram as bolsas de Nova York e Nasdaq para lançar suas ações em detrimento da B3, bolsa de valores de São Paulo. Juntas, elas captaram US$ 6,2 bilhões (R$ 25 bilhões, considerado o dólar a R$ 4,05), valor quase 50% superior às ofertas feitas por oito companhias na bolsa brasileira no período.

O movimento, que começa a incomodar o mercado interno, tem potencial para crescer nos próximos anos, sobretudo entre as empresas de alto crescimento, como as unicórnios (startups que superam US$ 1 bilhão em valor de mercado).

O sucesso do IPO (sigla em inglês para oferta pública de ações) da XP Inc no início de dezembro, que captou US$ 2,25 bilhões na Nasdaq, deve incentivar outras companhias a desembarcar no mercado americano.

A rede de hamburgueria Madero, por exemplo, já anunciou que pretende fazer sua oferta de ações na Bolsa de Nova York, em 2020; a Cogna, holding que reúne Kroton e outros negócios na área educacional, também sinalizou para abertura de capital de sua subsidiária Vasta Educação nos Estados Unidos, seguindo o mesmo caminho trilhado pelas empresas de meio de pagamentos PagSeguro e Stone, e as companhias de ensino Arco Educação e Afya.

Para algumas empresas, como as de tecnologia, essa é uma vantagem importante comparada ao mercado brasileiro. "Existe uma classe de empresas que ainda não tem tanta demanda no Brasil por serem desconhecidas ou menores. Para esses casos, falta a maturidade que o mercado americano tem", diz o diretor da Santander Corretora André Rosenblit.

Mas há outros fatores que têm determinado o desembarque das brasileiras nos EUA. Um deles é o free float - porcentagem de ações emitidas no mercado. Aqui, as companhias têm de lançar o mínimo de 15% ou 25% se o volume for acima de R$ 3 bilhões, afirma o responsável pelo Investment Banking do Citi Brasil, Eduardo Miras. "Lá fora pode ser 5%, 10%."

No caso da XP, um dos motivos que levaram a instituição a abrir o capital na Nasdaq envolve a diluição da participação dos controladores. Como aqui só há uma classe de ação, os sócios perderiam o controle da empresa. Nos EUA, há duas classes (A e B) e isso não ocorre, diz Miras. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Pílulas do Mercado

‘Máquina de fazer dinheiro’, Petrobras (PETR4) pode subir 40% na Bolsa e tem potencial de pagar até 25% em dividendos por ano; vale a pena investir?

Petrobras (PETR4) pagou 20% de dividendos aos acionistas em 2021 – e tem potencial para mais em 2022; confira o preço-alvo e os números que motivam o ânimo do mercado

NATAL ADIANTADO

Braskem (BRKM5) antecipará R$ 6 bilhões em dividendos — e você ainda pode garantir a bolada

Mas é preciso correr, pois a data de corte para ter direito ao provento será na próxima quarta-feira (8); veja o valor por ação

Aceita bitcoin?

Nova wallet latino-americana: Mercado Pago passa a aceitar compra, venda e manutenção de bitcoin (BTC) e ethereum (ETH) no app

Os usuários ainda não poderão realizar compras no aplicativo do Mercado Pago com a carteira digital (wallet), apenas manter suas criptomoedas

Exile on Wall Street

Nos investimentos e na vida, tome cuidado com os atalhos que você quer pegar

Eu estou mergulhado no mercado financeiro há quase 20 anos e não tenho intenção nenhuma de enriquecer rápido. Nas escolhas em que outros desejam velocidade a Empiricus escolhe profundidade

Mercados Hoje

Ibovespa ignora PIB negativo e variante ômicron do coronavírus e sobe mais de 2%; dólar recua

Mesmo com o PIB vindo abaixo do esperado, os investidores buscam recuperar as perdas dos últimos dias

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies