Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-12-29T16:26:37-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
IPO

Abertura de capital da XP foi a nona na lista das maiores do mundo em 2019

No topo da lista das mais grandiosas está o IPO da petroleira Saudi Aramco, que levantou US$ 25,6 bilhões

29 de dezembro de 2019
16:21 - atualizado às 16:26
Guilherme Benchimol, fundador da XP Investimentos
Guilherme Benchimol, fundador da XP Investimentos, durante o evento de lançamento das ações na Nasdaq -

Apesar de todo o "bafafá" envolvendo os fundos que poderiam se posicionar ou não na abertura de capital da XP em Nova York, o IPO foi bastante grandioso. A prova disso está nos números.

Ao levantar US$ 2,3 bilhões e estrear na bolsa norte-americana Nasdaq valendo US$ 14,9 bilhões, a abertura de capital do grupo foi considerada a nona maior do mundo neste ano. As informações são da rede norte-americana CNBC e foram levantadas pela FactSet.

Os dados levaram em conta um universo de 250 empresas - novas, velhas, domésticas e multinacionais - que viraram empresas abertas em 2019.

A animação com a estreia da corretora foi tanta que os papéis da XP registraram forte avanço de 25% no primeiro dia de negociação, com uma demanda que superou em 14 vezes o volume ofertado.

Mesmo assim, a abertura de capital da companhia ficou bem atrás das três maiores do mundo.

No topo da lista das mais grandiosas está o IPO da petroleira Saudi Aramco, que levantou US$ 25,6 bilhões. Na sequência, estão o da gigante do varejo on-line Alibaba que captou US$12,9 bilhões ao abrir capital em Hong Kong e em terceiro ficou o IPO da Uber, que movimentou US$ 8,1 bilhões.

Maiores valorizações desde o IPO

Além de estar entre as dez maiores aberturas de capital do mundo neste ano, as ações da XP (XP) são a quarta com maior valorização desde o IPO, com alta de 11,7%. Os números levam em consideração o fechamento da última sexta-feira (27).

Na frente dela estão o IPO da Avantor, empresa que fabrica produtos e serviços focados em tecnologia avançada e ciências da vida, com expansão de 30,1%, seguido pela TeamViewer, uma desenvolvedora alemã de softwares, com alta de 29,1%.

Na sequência, há ainda os papéis da gigante do varejo on-line, Alibaba, que acumulam alta de 13,4% desde a abertura de capital em mais uma bolsa de valores.

E em último lugar no ranking de maiores valorizações estão os papéis da Saudi Aramco. Apesar de ter sido o maior IPO de todos os tempos, as ações da petroleira acumulam leve alta de 0,4% desde então.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Petróleo na Amazônia

Petrobras quer operar na foz do Rio Amazonas

Estatal apresentou ao Ibama pedido de licença para explorar petróleo na região, que é uma área de sensibilidade ambiental

Juros para cima

Prepare-se para crescimento baixo e inflação alta em 2022: manobra no teto reforça cenário de estagflação

Drible no teto de gastos pode pressionar ainda mais os preços e obrigar a uma alta de juros mais intensa, dizem especialistas

Great Places to Work

As melhores empresas para se trabalhar em 2021: Magazine Luiza é eleito melhor empregador do país entre as grandes companhias; veja ranking completo

Consultoria Great Places to Work Brasil realizou, na última semana, a 25ª premiação das melhores empresas para se trabalhar no país

Setor imobiliário na mira

China testará imposto imobiliário em parte do país para conter especulação

Projeto-piloto será conduzido por cinco anos em algumas regiões do país. Objetivo é distribuir riqueza de modo menos desigual

Clube do livro

Um passeio entre chás, sementes e cerveja: como ‘Uma Senhora Toma Chá…’ conta a história da estatística moderna de maneira descomplicada

O livro de David Salsburg te convida a conhecer o pouco mais de um dos campos mais necessários para o melhor entendimento do mundo das finanças, e claro, da ciência

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies