Menu
2020-04-29T18:13:41-03:00
Felipe Saturnino
Felipe Saturnino
Decisão do BC americano

Federal Reserve mantém juro parado e vê manutenção como adequada até retomada

Fed sinaliza que apenas mudará taxa de juros após avaliar resultados e expectativas relacionadas à meta de emprego e inflação

29 de abril de 2020
15:07 - atualizado às 18:13
Jerome Powell, presidente do Federal Reserve
Jerome Powell, presidente do Federal Reserve -

O Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, decidiu manter a taxa básica de juros do país estável na faixa entre 0 ponto e 0,25 ponto, segundo comunicado oficial do Comitê Federal de Mercado Aberto (o FOMC, na sigla em inglês).

No informe de hoje, o comitê disse considerar adequada a manutenção da taxa no atual nível corrente até que a economia tenha resistido aos eventos recentes e esteja "no caminho" de alcançar o nível máximo de emprego e a estabilidade de preços.

O Fed também ressaltou que continuará monitorando as implicações das informações recebidas para as perspectivas econômicas, citando tanto a saúde pública como desenvolvimento global e a "silenciada" pressão inflacionária.

Futuro dos juros

O comitê sinalizou que apenas fará alteração na taxa de juros após avaliar resultados e expectativas relacionadas à meta de emprego e inflação.

Segundo o documento, serão avaliados os resultados econômicos e as condições econômicas esperadas relativas à meta máxima de emprego e à meta simétrica de inflação 2% "ao determinar o tempo e o tamanho de futuros ajustes na postura da política monetária".

O presidente do Fed, Jerome Powell, disse em coletiva que o banco central americano está preparado para elevar o nível de estímulos já em atuação, ao citar que a pandemia pesará na economia. A capacidade de conceder crédito de emergência, por exemplo, é "algo que podemos fazer mais", disse ele.

"Pode muito bem ser o caso de que a economia precise de mais apoio", afirmou Powell. "Por ora, acreditamos que nossa postura atual é apropriada."

O banco reiterou no comunicado que "usará suas ferramentas e atuará conforme apropriado para apoiar a economia". Em reação à pandemia do novo coronavírus, o Fed cortou o juro em 1,5 ponto em duas reuniões extraordinárias em março.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

PANDEMIA NO PAÍS

Covid-19: Brasil tem 142 mil óbitos e 4,74 milhões de casos acumulados

Do total de contaminados, 86% se recuperaram da doença

seu dinheiro na sua noite

Cheiro de pedalada e de drible no teto de gastos

Caro leitor, O governo bem que tentou se safar manejando o cobertor curto, mas pelo menos para o mercado financeiro, não colou. O anúncio do programa social Renda Cidadã nesta segunda-feira lançou um combo de preocupações nos investidores e atirou o Ibovespa na lama, totalmente na contramão do resto do mundo. O dólar, por sua vez, voltou […]

dinheiro à vista

CCR paga R$ 373,2 milhões em dividendos em 30 de outubro

Empresa pagará o correspondente a R$ 0,18477410142 por ação ordinária

Na contramão

Bolsa cai e dólar dispara depois de governo revelar como pretende financiar Renda Cidadã

Ibovespa abriu em alta, mas virou em meio à frustração dos investidores com o financiamento do programa que sucederá o Bolsa Família

em anúncio do renda cidadã

Guedes: Política dá o timing e desoneração está sendo estudada

No anúncio do novo programa social do presidente Jair Bolsonaro, o Renda Cidadã, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que a proposta do governo foi feita com a busca da “verdade orçamentária”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements