Menu
2020-03-20T11:51:04-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
30% de aprovação

Popularidade de Bolsonaro volta ao menor nível desde início do mandato, diz XP Ipespe

Em março, 30% dos entrevistados consideraram o governo Bolsonaro ótimo ou bom ante 34% em fevereiro; em setembro, avaliação também havia sido de 30%

20 de março de 2020
11:51
Presidente Jair Bolsonaro
Presidente da República, Jair Bolsonaro. - Imagem: Alan Santos/PR

A popularidade do presidente Jair Bolsonaro caiu em março para o menor nível desde o início do seu mandato, segundo a pesquisa da XP Ipespe. Neste mês, 30% dos entrevistados consideraram a administração de Bolsonaro ótima ou boa ante 34% em fevereiro. Em setembro de 2019, essa avaliação também havia sido de 30%.

Em comparação, cresceu de 29% para 31% aqueles que veem o governo Bolsonaro como regular, enquanto os que consideram ruim ou péssimo mantiveram a porcentagem de 36%. Não souberam ou não responderam representaram 3% da amostra.

A pesquisa ouviu mil pessoas em território nacional, de segunda a quarta-feira (16 a 18 de março), período em que se intensificaram os efeitos da crise provocada pela pandemia de coronavírus. A margem de erro é de 3,2 pontos porcentuais.

O levantamento também mostra que a piora na avaliação do governo coincide com uma inversão na percepção sobre a condução da política econômica. Hoje, 48% dos entrevistados consideram que a economia está no caminho errado, contra 38% que veem a economia na direção certa. Há um mês, eram 47% os que tinham visão positiva contra 40% com avaliação negativa.

A avaliação boa ou ótima do Congresso, por sua vez, subiu de 10% para 13%, mas a parcela que vê o Legislativo como ruim ou péssimo segue em 44%.

Coronavírus

A XP também perguntou para a população sobre a pandemia de coronavírus.

A reação do governo federal é aprovada por 40% dos entrevistados, enquanto a atuação do ministro da Saúde, Luiz Mandetta, para esclarecer a população e evitar a propagação da doença, é bem vista por 56% dos participantes. As medidas para combater a disseminação e tratar os infectados têm avaliação ótima ou boa de 41%, enquanto a ação do ministro da Economia, Paulo Guedes, para lidar com a crise é considerada boa por 32%.

Segundo o levantamento, 70% das pessoas estão com algum grau de medo (pouco ou muito) da doença, ante 50% há um mês. Os que dizem não ter medo caíram de 49% para 28%. Sobre medidas de prevenção, 83% dos entrevistados disseram que já estão se prevenindo, enquanto 9% afirmam que ainda pretendem agir dessa maneira. Além disso, 76% acreditam que vai haver impacto sobre a situação financeira pessoal e 92% veem efeito negativo para a economia brasileira.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

análise dos balanços

Juntos, Santander, Itaú e Bradesco têm salto no lucro, mas saúde financeira não tranquiliza mercado

Um contraste fica visível na comparação entre Santander e Itaú, principalmente: o comportamento da margem financeira das operações com clientes

Desmatamento em foco

Varejistas europeus ameaçam boicote a produtos do Brasil por risco à Amazônia

O movimento foi visto como “precipitação” por empresários brasileiros que acompanham dois projetos de lei que tramitam no Congresso sobre o tema

CÉU DE BRIGADEIRO

No pós-Copom, Ibovespa tem tudo para amanhecer com céu azul e sol brilhante

Com o Banco Central fora da cena principal, bolsa brasileira tem tudo para acompanhar o apetite por risco no exterior

Troca de presidência

Carlos Brito vai deixar o comando da AB InBev em 1º de julho

O substituto de Brito no comando da AB InBev também é brasileiro: o engenheiro catarinense Michel Dukeris, que ingressou na AmBev em 1996

primeiro trimestre

TIM anuncia alta de 57,9% do lucro e venda de controle da FiberCo

Receita líquida somou R$ 4,340 bilhões, ligeira alta de 3% sobre igual período do ano anterior

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies