⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula e Bolsonaro querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2020-12-02T07:23:09-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
investimento

WEG conclui compra de fábrica de transformadores em Betim (MG)

Aquisição visa atender crescente demanda por investimentos em infraestrutura de transmissão e distribuição de energia, segundo diretor

2 de dezembro de 2020
7:23
Weg
Imagem: Divulgação

A WEG (WEGE3) anunciou na terça-feira (1º) à noite que concluiu a aquisição de uma fábrica de transformadores da Transformadores e Serviços de Energia das Américas S.A. (TSEA), localizada em Betim (MG), depois de a operação ter sido aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) sem restrições.

A compra foi anunciada pela companhia em janeiro, sem que os detalhes financeiros fossem divulgados. Construída em 2013, a fábrica dispõe de 32,5 mil metros quadrados de área construída e 250 colaboradores.

Ela é especializada na fabricação de transformadores de força, reatores shunt (equipamentos que regulam a tensão em linhas de transmissão) e autotransformadores de força com classe de tensão até 800 quilovolt (kV) e potência até 500 megavolt-ampères (MVA).

Na nota divulgada quando a aquisição foi anunciada, o diretor superintendente da unidade de geração, transmissão e distribuição (GTD) da WEG, Carlos Diether Prinz, disse que a aquisição da fábrica de Betim “deixa a WEG em uma posição privilegiada para atender os importantes investimentos em infraestrutura que devem ocorrer nas Américas nos próximos anos”.

Setor promissor

O segmento de GTD foi responsável por 34,3% da receita da WEG no terceiro trimestre. Segundo a companhia, a parte de transmissão e distribuição continuou sendo responsável por boa parte do crescimento reportado pela área, com transformadores de grande porte e subestações sendo entregues para projetos ligados aos leilões de linhas de transmissão realizados nos últimos anos.

E a expectativa é de que esta área continue se destacando nos próximos trimestres. Em agosto, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou o edital do leilão de transmissão a ser realizado em dezembro.

O leilão terá 11 lotes em nove Estados e as obras demandarão investimentos de R$ 7,3 bilhões, com prazo de entrega entre 42 e 60 meses.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Day trade na B3: Oportunidade de lucro acima de 4% com ações da Vivo – Telefônica Brasil (VIVT3); veja a recomendação

4 de outubro de 2022 - 8:34

Identifiquei uma oportunidade de swing trade baseada na análise quant – compra dos papéis da Vivo – Telefônica Brasil (VIVT3). Saiba os detalhes

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Entre o alívio e a recuperação: Bons ventos do exterior, Elon Musk mais ‘pobre’, eleições e outras notícias que mexem com o seu bolso

4 de outubro de 2022 - 8:32

Por aqui, a expectativa é de que o Ibovespa acompanhe os bons ventos vindos de fora e siga repercutindo os números das eleições de domingo.

CENTRAL DAS ELEIÇÕES

Eleições 2022: Confira a agenda de campanha de Lula e Bolsonaro nesta terça-feira

4 de outubro de 2022 - 8:08

Acompanhe a cobertura ao vivo das eleições 2022 com as principais notícias sobre os principais candidatos à Presidência e nos Estados

DE OLHO NA BOLSA

Esquenta dos mercados: Bolsas internacionais estendem rali de alívio e Ibovespa reage às eleições mais um dia

4 de outubro de 2022 - 7:25

Os investidores acompanham as falas de representantes de Bancos Centrais hoje; Christine Lagarde e Janet Yellen, secretária de Tesouro dos EUA são destaque

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Menos de um mês ou uma eternidade? As tendências para a bolsa e os ativos brasileiros de hoje até o segundo turno das eleições

4 de outubro de 2022 - 6:04

O resultado primeiro turno da eleição dilui o risco de cauda e impulsiona os ativos locais de maneira consistente

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies