Menu
2020-07-22T13:45:15-03:00
investigação concluída

Via Varejo conclui que houve fraude com impacto de R$ 1,2 bilhão

Segundo a companhia, as evidências apontam para manipulação da provisão para processos trabalhistas e pelo diferimento indevido na baixa de ativos e contabilização de passivos

26 de março de 2020
8:08 - atualizado às 13:45
Fachada de uma loja das Casas Bahia
Casas Bahia é uma das redes de lojas operadas pela Via Varejo - Imagem: Divulgação

Dona das Casas Bahia e do Ponto Frio, a Via Varejo informou nesta quinta-feira (26) que uma investigação feita por consultores independentes constatou que houve fraude contábil na empresa. O impacto estimado é de 1,190 bilhão (R$ 786 milhões líquidos de impostos).

Segundo a companhia, as evidências apontam para manipulação da provisão para processos trabalhistas e pelo diferimento indevido na baixa de ativos e contabilização de passivos. A empresa diz que houve falhas de controles internos resultando em erros nas contas de provisão para processos trabalhistas e depósitos (garantias) judiciais.

"Não será necessária a reabertura de exercícios anteriores a 2019 para realização dos ajustes uma vez que a companhia avaliou o assunto, considerando aspectos qualitativos e quantitativos, e concluiu que os efeitos sobre as demonstrações financeiras do exercício findo em 31 de dezembro de 2018 não são materiais para justificar a realização de ajustes retrospectivos, sendo ajustados no próprio exercício de 2019", diz a empresa.

Ainda segundo a Via Varejo, do montante total a ser ajustado nas demonstrações financeiras do 4º trimestre de 2019 em função dos resultados da investigação, aproximadamente R$ 1,169 bilhão a débito na demonstração do resultado do exercício de 2019, se referem a correção de erros e de mudanças de estimativa no intuito de refletir de maneira mais precisa os riscos aos quais a companhia está atualmente sujeita.

Os R$ 20,8 milhões remanescentes se referem aos efeitos das fraudes identificadas ao longo da investigação.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

inflação de alimentos

Após ouvir cobrança, Bolsonaro reforça que preço do arroz não será tabelado

Ministra da Agricultura avisou que atual patamar de preços só deve baixar mesmo a partir de 15 de janeiro, quando entrar a safra brasileira.

ranking da forbes

Varejo invade lista de mais ricos do Brasil; saiba mais sobre os bilionários

Luiza Trajano, Ilson Mateus e Luciano Hang chegam entre os 10 mais ricos do país, em um ano marcado por mudanças no setor varejista, alta das ações e IPOs

Seu Mentor de Investimentos

Como proteger seus investimentos diante do risco de sanções comerciais por causa das queimadas

País tornou-se um pária no mundo por conta do que acontece no Pantanal e na Amazônia, diz colunista Ivan Sant’Anna; ele aponta uma série de tipos de ativos que podem estar imunes a uma eventual protesto da comunidade internacional

caso de fevereiro

Guedes ‘excedeu barbaramente’ limites ao comparar servidor a parasita, diz juíza

Cláudia da Costa Tourinho Scarpa, da 4ª Vara Federal Cível da Bahia, afirmou que o ministro da Economia ‘insultou’ os servidores públicos

em recuperação judicial

Justiça dos EUA libera empréstimo de US$ 2,4 bi da Latam

Nova proposta retirou cláusula questionada por minoritários

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements