Como ter a chance de ficar milionário, começando em 2023; veja vídeo aqui

Cotações por TradingView
2020-11-18T15:38:41-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
negócio com a Bunge

Seara, da JBS, passa a concentrar 30% do mercado de margarinas

Tribunal do Cade aprovou, sem restrições, a venda do negócio de maionese e margarina da Bunge para a companhia; BRF tem mais de 50% do mercado

18 de novembro de 2020
13:57 - atualizado às 15:38
margarina
Imagem: Shutterstock

A Seara, da gigante de alimentos JBS, tem sinal verde para agora concentrar entre 30% e 40% do mercado de margarinas, em uma operação que mostra o apetite da empresa pelo setor - atrás apenas da BRF, que tem mais de 50% do mercado.

O tribunal do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou nesta quarta-feira (18), sem restrições, a venda do negócio de maionese e margarina da Bunge para a companhia.

O Cade entendeu que há “elevada rivalidade” no setor - e que, com isso, a competição estaria mantida. “As informações são suficientes para afastar preocupações concorrenciais”, disse o relator, conselheiro Luis Braido.

No início do mês, a operação havia sido aprovada pela superintendência-geral do órgão. No fim de outubro, 26, porém, Braido decidiu puxar o caso para o tribunal do Cade para aprofundar a análise.

Pelas regras do conselho, a superintendência-geral pode aprovar negócios que considere não serem prejudiciais à concorrência.

Se entender que existem riscos ou que é necessária uma maior avaliação, o tribunal do Cade pode avocar o processo, ou seja, reabrir o processo e levá-lo a julgamento. Foi o que aconteceu na operação entre a Bunge e a Seara.

Bunge e JBS

O acordo entre a companhia norte-americana e a JBS, controladora da Seara, foi anunciado em dezembro do ano passado e notificado ao Cade em janeiro.

Segundo a JBS, o negócio custou R$ 700 milhões e envolve três fábricas: em São Paulo, Santa Catarina e Pernambuco.

A concretização da operação resultará na ampliação da capacidade produtiva da Seara no negócio de margarinas e permitirá a sua entrada no mercado de maioneses. Pelo acordo, a Seara vai adquirir diversas marcas, como Delícia, Primor e Gradina.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

DIA 37

Da defesa ao ataque: Lula fala — de novo — da inflação, do BC e, agora, do BNDES

6 de fevereiro de 2023 - 20:32

Presidente solta o verbo mais uma vez e questiona o nível elevado da taxa de juros, ironiza os efeitos negativos de suas críticas à política monetária e ainda destaca o papel do BNDES para impedir que o Brasil “afundasse”

TENSÃO NO AR

Balão da discórdia: o recado que a China mandou para os EUA após nova crise de espionagem

6 de fevereiro de 2023 - 19:55

Embora tenha colocado panos quentes sobre o que chamou de incidente, Pequim também subiu o tom contra Washington

Montanha de endividamento

O novo calvário da Oi (OIBR3; OIBR4): empresa declara dívidas de quase R$ 30 bilhões à Justiça do Rio; Itaú BBA puxa a fila entre os bancos nacionais

6 de fevereiro de 2023 - 19:44

A Oi (OIBR3;OIBR4) diz ter dívidas de mais de R$ 9 bilhões só com o BNY Mellon; o Itaú BBA, com R$ 2 bilhões, é o principal credor nacional

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Tremores de terra em Brasília e na Turquia, o futuro das criptomoedas e mais destaques do dia

6 de fevereiro de 2023 - 19:34

Muitos desastres ambientais, como furacões e tormentas, são facilmente monitorados e previsíveis, mas abalos sísmicos e os seus inevitáveis tremores de terra são quase sempre uma surpresa indesejável.  Mas ao contrário do que dita a natureza, Brasília consegue sentir a aproximação de um terremoto que pode rachar as estruturas do Banco Central brasileiro e a […]

'inconsistências contábeis'

Caso Americanas: “Fomos vítimas de uma fraude”, diz Verde

6 de fevereiro de 2023 - 19:20

Desempenho do fundo Verde foi parcialmente afetado pela debacle da Americanas em janeiro devido a um investimento em debênture da varejista

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies