Menu
2020-11-24T12:29:54-03:00
Estadão Conteúdo
Inovação

Petrobras lança plataforma de soluções finaneiras para fornecedores

24 de novembro de 2020
12:29
Petrobras
Imagem: shutterstock

A Petrobras informa que lançou o Programa Mais Valor, nova ferramenta de soluções financeiras para fornecedores. Segundo a estatal, o piloto começou na semana passada e, a partir do dia 30 deste mês, a ferramenta estará aberta às empresas interessadas em antecipar faturas com taxas mais competitivas. A expectativa da estatal é de que o volume de transações tem potencial de chegar a R$ 3 bilhões por mês.

Em comunicado enviado ao mercado, a empresa explica que o programa busca estimular à cadeia produtiva de óleo e gás no Brasil, atingido pela pandemia do coronavírus, oferecendo oportunidade aos fornecedores anteciparem as faturas de bens e serviços já entregues ou realizados, além de aumentar a competitividade nas contratações da companhia.

"A nova solução ampliará o acesso das empresas a operações de capital de giro com taxas mais competitivas junto aos bancos parceiros, utilizando o risco de pagamento da Petrobras (risco sacado)", destaca a petroleira. Cerca de 10 mil empresas que integram a base de fornecedores poderão aderir ao programa. A petroleira não citou, no entanto, quais são as instituições financeiras parceiras.

No comunicado, a diretora de Finanças e Relacionamento com Investidores da Petrobras, Andrea Marques de Almeida, afirma que o "Mais Valor" abre um espaço de mercado que reúne fornecedores e setor financeiro em uma mesma ferramenta. "Avaliamos que o programa terá impacto positivo no fluxo de caixa dos fornecedores que, assim como a companhia, atravessam a crise. Vamos acompanhar a adesão, mas o volume de transações tem potencial de chegar a R$ 3 bilhões por mês", estima.

A diretora afirma ainda que o novo programa faz parte de uma agenda de soluções financeiras que tem o propósito de trazer robustez à cadeia de fornecimento e a construção de relacionamentos produtivos para que a companhia possa implementar seus projetos de forma mais ágil e econômica. "Também estamos mantendo conversas com instituições financeiras para avaliar soluções em que esses agentes possam prover diretamente aos segmentos mais intensivos em capital, como o de construção de plataformas e o de sistemas submarinos", diz.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Mais uma opção

Empresa protocola na Anvisa pedido para uso emergencial da Sputnik V

Neste domingo, Anvisa se reunirá para tratar de pedidos para uso de vacinas CoronaVac e a da AstraZeneca/Oxford

Seguro obrigatório

Pagamento de indenizações do DPVAT passa a ser feito pela Caixa

Banco agora é o responsável pela gestão dos recursos do seguro e pelo pagamento das indenizações. A medida começa a valer a partir desta segunda-feira

Sinal verde

Bolsonaro não deve mais barrar a Huawei no leilão do 5G no Brasil

Segundo fontes do Palácio do Planalto e do setor de telecomunicações, o banimento da empresa chinesa provocaria um custo bilionário com a troca dos equipamentos

Impasse

Guedes monta operação ‘apara arestas’ para manter Brandão à frente do Banco do Brasil

Por enquanto, o presidente do BB está no “limbo” na avaliação de funcionários do próprio banco, sem uma manifestação pública do presidente e de Guedes

IPO

Espaçolaser pode arrecadar até R$ 3 bilhões em estreia na B3

Maior rede de clínicas de depilação do País lançou ontem sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês)

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies