Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-11-30T16:51:37-03:00
Estadão Conteúdo
Batata quente

Petrobras eleva desinvestimentos para até US$ 35 bi com Marlim e gasodutos

Os gasodutos citados referem-se aos para escoamento de gás natural do pré-sal (Rotas 1, 2 e 3).

30 de novembro de 2020
16:51
Petrobras
Imagem: Shutterstock

A Petrobras elevou o valor que pretende arrecadar com a venda de ativos no seu Plano Estratégico 2021-2025, para entre US$ 25 bilhões e US$ 35 bilhões, contra os US$ 20 bilhões a US$ 30 bilhões previstos no plano anterior (2020-2024), informou a diretora de Finanças e de Relações com Investidores, Andrea Almeida.

"No ano passado a gente disse que poderia incorporar mais ativos e estamos aí com Marlim (campo de petróleo na bacia de Campos), e continuamos com as refinarias, que são o mais forte do plano, e nos ativos de gás incluímos as rotas (dos gasodutos de escoamento do pré-sal), que não estavam no TCC do Cade, mas vamos fazer ao longo do tempo", disse Almeida, se referindo ao Termo de Compromisso de Cessação fechado com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica para quebrar o monopólio da estatal nos setores de refino e gás natural.

Os gasodutos citados referem-se aos gasodutos para escoamento de gás natural do pré-sal (Rotas 1, 2 e 3).

Ao todo, a Petrobras vai vender 209 campos em terra ou águas rasas, ativos na Argentina, Bolívia, Colômbia e Estados Unidos, o Pólo de Marlim (50%), os campos de Albacora e Albacora Leste e Frade.

Além disso, estão à venda 8 refinarias, além de participações na Braskem, PBio, BSBios, BR, entre outras. No setor de gás, a empresa listou as vendas dos gasodutos, Gaspetro, Ansa, térmicas e a produtora de fertilizantes UFN III.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Coluna do jojo

Mercados hoje: Em terra de Copom, quem sobe os juros é rei

Para hoje, além da continuidade da temporada de resultados com pesos pesados – por aqui, esperamos nomes como Gerdau, Banco do Brasil e Petrobras –, mais pesquisas de opinião sobre o sentimento empresarial estão por vir

O melhor do seu dinheiro

O que mexe com seu dinheiro: bolão do Copom na bolsa, novo fundo da Inter, IPO da Raízen e mais

Bem, amigos do Seu Dinheiro. Hoje é dia de decisão! Com o desfalque do diretor Bruno Serra, que testou positivo para a covid-19, o Banco Central entra em campo nesta quarta-feira para definir a taxa básica de juros (Selic). Haja coração! As reuniões do Comitê de Política Monetária (Copom) são para a imprensa econômica o […]

Cliente difícil

Barrada na alfândega: Carne de unidade da BRF não é mais bem vinda na China

País asiático suspende compra de produtos suínos e de aves processados na unidade de Lucas do Rio Verde (MT), alegando problemas no transporte

Esquenta dos Mercados

Pré-mercado: cautela antes da decisão do Copom e risco fiscal devem dividir atenção com balanços do dia

Em meio ao exterior positivo, bolsa brasileira deve lidar com cenário interno de incertezas quanto ao teto de gastos

Preparar para decolagem

Renovação total: Gol faz acordo para adquirir aviões novos; veja os detahes

Presidente da companhia aérea afirma que movimento é uma antecipação à esperada retomada da demanda por viagens após a pandemia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies