Menu
2020-12-10T15:50:02-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
mais mineira

NotreDame Intermédica adquire hospital e reforça presença em MG; ações sobem

Operadora anuncia aquisição do Hospital Lifecenter, localizado em Belo Horizonte, por R$ 240 milhões

9 de dezembro de 2020
7:57 - atualizado às 15:50
Intermédica
Imagem: reprodução instagram

A NotreDame Intermédica (GNDI3) continua firme com o plano de consolidar a sua presença em Minas Gerais por meio da aquisição de nomes regionais.

A operadora de saúde verticalizada anunciou nesta quarta-feira (9) a compra do Hospital Lifecenter, localizado em Belo Horizonte, por R$ 240 milhões. O valor será pago à vista, em dinheiro, descontados o endividamento líquido e uma parcela retida para contingências.

A operação foi bem recebida no mercado. Por volta das 11h10, as ações da companhia subiam cerca de 1,84%, a R$ 76,28.

O hospital possui 205 leitos, sendo 40 unidades de terapia intensiva (UTI), 13 salas cirúrgicas e 12 consultórios de pronto socorro, além de ressonância magnética, tomografia, ultrassonografia, endoscopia, radiografia e laboratório de análises clínicas. Em 2019, o Hospital Lifecenter apresentou um faturamento líquido de R$ 153,9 milhões.

A NotreDame Intermédica espera que o plano de integração do hospital resulte em sinergias operacionais e administrativas com as demais operações em Minas Gerais. Ela informou ainda que a operação vai aumentar a oferta de seus produtos no Estado.

“Essa aquisição é mais uma demonstração da continuidade da estratégia e crescimento e de fortalecimento da rede própria, impulsionando nossa presença no Estado de Minas Gerais e reforçando o compromisso com a criação de valor para nossos acionistas, clientes e sociedade”, diz trecho do comunicado.

Rumo à Minas

Minas Gerais virou o principal campo de disputa entre NotreDame Intermédica e a Hapvida (HAPV3), sua principal concorrente no segmento de operadores de saúde verticalizados.

Dono do terceiro maior PIB do País, o Estado é dominado pela Unimed BH, que detém uma parcela de 52% do mercado local, mas as duas companhias veem espaço para aumentarem sua participação.

A NotreDame Intermédica realizou importantes aquisições em Minas Gerais em 2020. Em agosto, ela anunciou a compra da Climepe, operadora de saúde verticalizada fundada há 25 anos em Poços de Caldas, e da Medisanitas Brasil, que concentra as operações brasileiras do grupo empresarial colombiano Keralty, que atua no mercado de saúde suplementar, e que tem posição de destaque em Minas Gerais.

Em setembro, ela informou que adquiriu outra operadora de saúde verticalizada mineira, o Grupo Serpram.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Não tem para ninguém

CEO mais bem pago de 2020, Elon Musk recebeu US$ 11 bilhões mesmo sem salário fixo na Tesla

O executivo cumpriu metade das metas de seu pacote de remuneração e garantiu uma fatia bilionária de ações da montadora de carros elétricos

Fim de uma era?

Grupo Globo anuncia o fim da revista Época; publicação passará a circular como encarte de jornal

O site da publicação também será integrado ao do jornal em uma decisão que busca enfrentar a transição do conteúdo físico para o online

Explica direito isso aí...

Procon-SP cobra explicações de Gol, Azul, Latam e mais 7 aéreas sobre cancelamentos, remarcações e reembolsos na pandemia

As empresas têm até o dia 10 de maio para responderem questionamentos sobre sua política de comercialização de passagens no período

Melhorias no ar

Azul divulga projeções e aposta em recuperação total no início de 2022

A companhia aérea foi a única das Américas a aumentar seu caixa em 2020 e aposta em um Ebitda de cerca de R$ 4 bilhões no próximo ano

Podcast Tela Azul

CASH3: Conheça a Méliuz, sua estratégia de cashback e saiba por que esta ação tech está bombando

Em entrevista para o Podcast Tela Azul da Empiricus, Lucas Marques, COO da Méliuz, conta sobre a onda da estratégia de cashback e como ela funciona. É falado também do atual foco da companhia em Growth, e dos planos futuros. Entenda o que é o “jabutiCAC”, jargão que surgiu nesta edição.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies