Menu
2020-10-09T11:22:21-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
DISPUTA NERVOSA

Linx rebate críticas e diz que oferta da Totvs não atende interesses dos acionistas

Empresa diz que processo de análise de ofertas de aquisição ocorreu com lisura e independência

9 de outubro de 2020
11:22
linx
Imagem: Divulgação YouTube

Após ser criticada pela Totvs por decidir não submeter sua proposta para a avaliação dos acionistas, a Linx divulgou comunicado nesta sexta-feira (9) dizendo que a oferta apresentada pela fabricante de softwares não atende aos seus interesses e de seus acionistas.

A Totvs elevou o tom contra a Linx na quinta-feira (8), afirmando que desde o início das negociações, conselheiros independentes da Linx assumiram o compromisso de garantir uma competição justa. Mas que sucessivos aditivos e análise apressada das propostas teriam resultado, para a Totvs, em perda da independência dos conselheiros.

No comunicado em que responde as acusações, a Linx informou que o processo de análise das ofertas ocorreu com "lisura" e "independência".

“A análise e comparação dos termos e condições da Proposta Totvs e da operação com a Stone pelo conselho de administração foi feita de forma livre, desinteressada, informada e refletida, com a assessoria e pareceres de renomados assessores jurídicos e de assessor econômico-financeiro, tendo o conselho de administração concluído, em 1º de outubro de 2020, inequivocamente, após decisão unânime do conselho fiscal e do comitê de auditoria, que, com as configurações então apresentadas, a Proposta Totvs não era, naquela data, a que melhor atendia aos interesses da Companhia e de seus acionistas”, diz trecho do comunicado.

Os acionistas da Linx vão deliberar sobre quem será o novo dono da companhia dia 17 de novembro.

Não acabou

Em entrevista ao jornal Valor Econômico, o presidente do conselho de administração da Totvs, Laércio Cosentino, disse que seguirá na disputa com a Stone até o final e que a empresa está disposta a elevar a sua oferta.

A empresa considera ainda recorrer à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para suspender a assembleia de acionistas da Linx.

O que está em jogo

Não é a primeira vez que a Totvs sobe o tom contra a administração da Linx. A empresa já havia criticado a recusa do conselho independente em assinar a minuta do protocolo de incorporação da Totvs.

A briga entre as companhias começou quando o conselho de administração da Linx assinou contrato de venda para Stone, no dia 11 de agosto, por R$ 6,04 bilhões. A proposta envolvia um pagamento diferenciado aos fundadores da Linx, que ocupam três das cinco vagas do conselho.

A Totvs entrou formalmente na disputa pela Linx com uma proposta de R$ 6,1 bilhões, dias depois do negócio com a Stone. Mas alegou que já havia procurado a empresa antes e preparava uma proposta quando foi surpreendida com o anúncio da transação.

Ao contrário da Stone, a oferta da Totvs não prevê pagamento adicional a conselheiros da empresa.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

CCR: Alerj recomenda retomar concessão de rodovia, mas governo é contra

Assembleia quer retomada da rodovia para reduzir tarifas, consideradas altas devido a irregularidades no contrato de concessão

TRETA

Maia e Alcolumbre criticam Salles após atrito com Ramos

Presidente da Câmara diz que ministro do Meio Ambiente resolveu destruir o próprio governo

SE PROTEJA

Títulos de renda fixa atrelados ao IPCA viram opção

Alta da inflação em outubro faz investidores e gestores avaliarem novas formas de proteção de patrimônio

SELEÇÃO DE NOTÍCIAS

BDR, bitcoin, shopping: o melhor do Seu Dinheiro na semana

O fim de semana chegou com uma notícia bastante esperada pelos investidores: a volta do Ibovespa ao patamar de 100 mil pontos. O principal índice da B3 foi impulsionado esta semana por dois acontecimentos. O primeiro deles foi o alívio das preocupações em torno do risco fiscal brasileiro, com políticos e governo demonstrando compromisso com a manutenção do teto de gastos. Outro tema foi a esperança de aprovação de um pacote de estímulos […]

TRIBUTAÇÃO

É ilegal tributar doação fora do país, diz Toffoli

Ministro votou pela inconstitucionalidade da cobrança de ITCMD quando patrimônio herdado ou doado está no exterior

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies