Menu
2020-11-30T11:03:24-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Divórcio amigável

Itaúsa sinaliza que pode aceitar proposta da XP por ações da corretora

Holding que é uma das principais acionistas do Itaú Unibanco avaliou como positiva a proposta da XP Investimentos pelas ações com “supervoto” da corretora que hoje estão nas mãos do banco

30 de novembro de 2020
11:03
Itaúsa
Imagem: Reprodução

O processo de divórcio entre Itaú Unibanco e XP caminha para um acordo amigável. A Itaúsa, uma das principais acionistas do maior banco privado brasileiro, avaliou como positiva a proposta em estudo pela XP Investimentos pelas ações com "supervoto" da corretora que hoje estão nas mãos do banco.

Leia também:

Na quinta-feira, o Itaú aprovou a venda de uma participação de 5% na XP e a separação dos demais 41% em uma nova empresa, chamada de Newco, com a entrega das ações dessa companhia aos acionistas do banco.

Da participação detida pelo Itaú, 28% são de ações classe B, que dão direito a dez votos cada. A XP está de olho nesses papéis e anunciou que considera propor uma fusão com a Newco.

Em troca, os acionistas do banco receberiam ações classe A da XP — que dão direito a um voto cada — ou recibos de ações (BDRs, na sigla em inglês). Desta forma, eles passariam a ser acionistas diretos da XP.

A corretora não informou, contudo, se vai oferecer mais alguma vantagem para que os acionistas do Itaú abram mão das ações com "supervoto". Mas, a julgar pela reação da Itaúsa, talvez nem precise.

“A Itaúsa considera positivas as proposições realizadas até o momento pela XP e, caso a XP venha a apresentar proposta relativa à incorporação da Newco, a Itaúsa pretende avaliar seus detalhes em conjunto com a IUPAR visando melhor atender aos interesses de seus acionistas, sendo certo que levarão a melhor proposta para análise e deliberação em Assembleia Geral de Acionistas da Newco”, informou a Itaúsa, em comunicado.

Após a separação, a holding passará a deter 37,39% da nova empresa que vai deter a participação do banco na XP, o equivalente a 15,35% do capital total da corretora.

A Itaúsa já havia informado que pretende manter a participação na XP no curto prazo e que atuará alinhada com a corretora. Mas que não considera essa participação como estratégica no longo prazo, “estando este ativo sujeito às avaliações no âmbito do processo de acompanhamento de seu portfólio”.

No pregão desta segunda-feira da B3, as ações preferenciais da Itaúsa (ITSA4) eram negociadas em queda de 0,83% por volta das 10h45. Leia também nossa cobertura completa de mercados.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Negócio fechado

Petrobras assina venda de sua fatia de 50% no campo terrestre de Rabo Branco

O campo teve produção média em 2020 de 131 barris de petróleo por dia (bpd).

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

O Fundo Verde e a tragédia grega do Brasil

Ao despertar a fúria de Zeus por ter entregue o fogo do Olimpo aos mortais, Prometeu foi acorrentado e punido: durante o dia, uma águia devorava seu fígado; durante a noite, o órgão se regenerava — um ciclo de tormento eterno. Tragédias gregas, infelizmente, costumam ser úteis ao falarmos sobre o Brasil. Reformas econômicas demandam […]

FECHAMENTO

Commodities amenizam a queda da bolsa, mas exterior negativo e nova crise em Brasília falam mais alto

As commodities mais uma vez tentaram salvar a bolsa brasileira de um dia no vermelho, mas o exterior negativo e a cautela em Brasília falaram mais alto

Presidente otimista

EUA devem ter retomada econômica mais rápida em quase 40 anos, diz Biden

Segundo o democrata, o foco de seu governo se manterá em criar empregos e combater a pandemia de covid-19

Gestão na crise

Brasil vive uma espécie trágica de dia da marmota, diz Verde Asset

Navegar os mercados locais vem sendo uma odisseia extremamente complexa e nada indica que vai melhorar, diz a gestora de Luis Stuhlberger

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies