Menu
2020-10-28T17:42:18-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
FOI BOM

Gerdau registra maior Ebitda desde 2008 no 3º trimestre

Aumento das vendas no mercado interno e depreciação do real ante o dólar puxa desempenho da siderúrgica para cima

28 de outubro de 2020
11:06 - atualizado às 17:42
Gerdau
Imagem: Divulgação/Gerdau

A Gerdau (GGBR4) fez bonito no terceiro trimestre. Aproveitou o bom momento do mercado interno e o câmbio favorável e registrou o maior lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) em um trimestre desde 2008.

O Ebitda subiu 68%, para R$ 2 bilhões. Em termos ajustados, que excluem itens não recorrentes que afetaram os resultados neste ano e no anterior, ele cresceu 46%, para R$ 2,1 bilhões, e a margem avançou de 14,8% para 17,5%.

A siderúrgica fechou o período de julho a setembro com um lucro líquido de R$ 795 milhões, 2,7 vezes acima do registrado no mesmo período de 2019.

Apesar do recorde trimestral do Ebitda, as ações da Gerdau operam em queda nesta quarta-feira (28), em dia de mau humor generalizado na bolsa. Os papéis fecharam em queda de 5,89%, a R$ 22,22.

A expectativa para o balanço era positiva. Em relatório publicado no final de setembro, o Credit Suisse dizia que a Gerdau aproveitaria uma recuperação da demanda a partir do segundo semestre, criando espaço para realizar novos ajustes nos preços dos produtos.

A Gerdau conseguiu aproveitar o momento. A receita líquida cresceu 23%, para R$ 12,2 bilhões, graças ao aumento de 4% das vendas de aço e de 17% da produção, além da depreciação de 36% do real ante o dólar nos últimos 12 meses, que teve efeito positivo na conversão das receitas das operações na América do Norte.

O bom desempenho operacional resultou em uma geração de fluxo de caixa livre positivo de R$ 2,3 bilhões, acima dos R$ 205 milhões do segundo trimestre e dos R$ 1,9 bilhão do mesmo período de 2019.

Além de todo o aspecto operacional, o lucro da Gerdau se beneficiou da melhora na linha financeira, graças a um ganho com variação cambial. A despesa financeira líquida recuou 46%, para R$ 303 milhões.

Ela também registrou um recuo da dívida líquida em relação ao acumulado do segundo trimestre, de R$ 14,4 bilhões para R$ 12,3 bilhões. O índice de alavancagem financeira – medido pela relação entre a dívida líquida e o Ebitda – foi de 2,78 vezes para 2,07 vezes por conta de amortizações de dívida e maior geração de caixa no período.

Dividendos

Em nota separada, a Gerdau anunciou que vai pagar R$ 0,12 por ação em dividendos, com base no resultado apurado no terceiro trimestre.

O valor será pago em 18 de novembro, com base na posição dos acionistas em 6 de novembro.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Falta só a sanção

Câmara aprova prorrogação do prazo de entrega do Imposto de Renda até 31 de julho

Além de dar mais 90 dias de prazo, o texto também limitou o pagamento do imposto a, no máximo, seis parcelas

FECHAMENTO

Ibovespa engata segunda alta consecutiva, mas tempo segue fechado em Brasília

O Orçamento segue empacado e a situação fiscal preocupa, mas NY e as commodities vieram para salvar o dia e fazer o Ibovespa fechar a sessão no azul

Clássicos repaginados

Hasbro se une à plataforma de games Roblox para lançar novos produtos

A gigante dos brinquedos anunciou uma série de itens das linhas Nerf e Monopoly em parceria com a novata Roblox

Bom momento

Construtoras apresentam prévias operacionais fortes, apesar de restrições por causa da pandemia

Apesar dos lançamentos fracos, Cyrela viu crescimento nas vendas líquidas em comparação ao mesmo período do ano anterior; Direcional e Moura Dubeux bateram recordes de vendas

Siri entregou a data

Vem aí um novo iPad? Apple deve lançar novos modelos em evento na próxima semana

A previsão é que o encontro, que será virtual e em 20 de abril, também revele novidades sobre a próxima geração de Airpods

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies