Menu
2020-08-21T11:18:42-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
balanço não agradou

Ação da Cogna cai mais de 6% após prejuízo no segundo trimestre

Empresa revelou prejuízo, Ebtida negativo, baixa na receita e aumento de provisões

21 de agosto de 2020
11:18
sala de aula kroton faculdade
Imagem: Shutterstock

As ações da Cogna Educação (COGN3) caem nesta sexta-feira (21) após a empresa revelar um segundo trimestre com perdas em várias linhas do balanço: prejuízo, Ebtida negativo e baixa na receita.

Por volta das 10h40, os papéis caíam 4,11%, a R$ 6,28, mas chegaram a recuar 6,70%. No ano, as ações da empresa acumulam baixa de 44%, em meio à crise da covid-19, que impulsionou o aumento da inadimplência. Veja a cobertura de mercados do Seu Dinheiro.

As perdas com estudantes que deixam de pagar a mensalidade foi uma das linhas do balanço que registraram impacto negativo. A provisão para crédito de liquidação duvidosa (PCLD) subiu de R$ 213 milhões para R$ 500 milhões em um ano.

A Cogna também apresentou queda de 21% na receita, na comparação anual, Ebitda de menos R$ 139 milhões e prejuízo líquido de R$ 452 milhões. Estudantes do ensino superior tiveram baixa de 17% na comparação com o segundo trimestre de 2019.

Em relatório divulgado para clientes, o Credit Suisse avaliou de forma positiva a decisão da empresa evitar negociar dívidas antigas - o que aumentou a evasão e as provisões, mas melhorou a qualidade da base de alunos, segundo o banco.

Os analistas da instituição destacaram ainda a mensagem da empresa de que focaria mais esforços no ensino híbrido e plataformas de aprendizagem. Ainda assim, eles não recomendam a compra dos papéis e estimam que COGN3 pode cair para R$ 6.

O preço-alvo é o mesmo de uma avaliação anterior feita pelo banco. Para a instituição, a Cogna está exposta à compressão de renda e a um alto nível de rotatividade no ensino superior.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Dois meses de adiamento

Congresso cancela análise de vetos de Bolsonaro

Cancelamento prorroga a análise dos vetos às propostas de desoneração da folha salarial para 2021 e do novo marco legal do saneamento básico, entre outros itens polêmicos

Alinhamento político

Guedes dá um tempo na agenda liberal e defende Renda Cidadã

Percepção de que Guedes cedeu à agenda populista para sobreviver e se manter no cargo, até mesmo em eventual segundo mandato, não é apenas de políticos, mas também do mercado financeiro

Dia de estreia

Boa Vista estreia na bolsa com o pé direito e ações sobem mais de 13%

O birô de crédito concluiu a sua oferta precificando as ações no centro da faixa indicativa que ia de R$ 10,80 a R$ 13,60, a R$ 12,20.

Esperança renovada

Após novidades sobre vacina, ações da Moderna sobem 4% em NY

Por volta da 11h40, as ações da Moderna subiam cerca de 4%, a US$ 72,73. No ano, os papéis da companhia já acumulam uma alta de 273%

CULPA DO CORONAVÍRUS

PIB dos EUA sofre contração de 31,4% no 2º trimestre

Analistas ouvidos pelo jornal “Wall Street Journal” previam recuo um pouco maior, de 31,7%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements