Menu
2020-11-27T12:35:45-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
GOVERNANÇA

Ações preferenciais da Telefônica Brasil deixam de ser negociadas

Acionistas aprovaram a conversão de 1,1 bilhão de ações preferenciais (VIVT4) em ações ordinárias (VIVT3) em outubro

23 de novembro de 2020
7:54 - atualizado às 12:35
Sede da Telefônica
Sede da Telefônica - Imagem: Divulgação

A Telefônica Brasil anunciou nesta segunda-feira (23) que suas ações preferenciais (VIVT4) deixarão de ser negociadas a partir do pregão de hoje, após terem sido convertidas em ações ordinárias (VIVT3).

A medida foi aprovada no começo de outubro pelos acionistas que detinham ações preferenciais. Foram convertidos 1,1 bilhão desses papéis na proporção de uma ação preferencial para uma ordinária.

Na ocasião, a Telefônica declarou que a conversão era um passo importante no processo de fortalecimento da governança da Vivo junto a seus acionistas minoritários.

A medida deve oferecer mais direitos e proteção, principalmente pela extensão do direito de voto e existência para todos os acionistas do tag along – mecanismo de proteção aos minoritários no caso de mudança no controle da companhia.

Preferências e Ordinárias

As ações ordinárias são aquelas que, por Lei, conferem direito a voto nas assembleias de acionistas ao seu detentor. Os papéis preferenciais não têm direito a voto ou sofrem algum tipo de restrição em relação a esse direito.

Como compensação, os detentores de ações PN podem ter prioridade no recebimento de dividendos, no reembolso de capital investido em caso de quebra da companhia ou as duas coisas.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

SD PREMIUM

Segredos da Bolsa: Semana promete ser agitada com Copom, IBC-Br, Biden e mais…

A semana promete ser agitada, com importantes indicadores no radar e a “mudança de guarda” nos Estados Unidos

Temos vacina!

Por unanimidade, Anvisa aprova uso emergencial da CoronaVac e da vacina de Oxford/AstraZeneca

Primeiros profissionais de saúde já foram vacinados em pronunciamento do governador de São Paulo, João Doria

Mais uma recomendação

Técnicos da Anvisa recomendam uso emergencial da vacina de Oxford/AstraZeneca

Mais cedo, área técnica havia defendido aprovação da CoronaVac

Ainda falta...

Anvisa devolve pedido de uso emergencial da Sputnik

Laboratório russo não apresentou os requisitos mínimos para que o pedido de uso emergencial pudesse ser analisado pela agência

Quase lá

Área técnica da Anvisa recomenda uso emergencial da CoronaVac

Diretores da agência analisam pedidos de uso de vacinas. No momento, a área técnica ainda faz a apresentação. Em seguida, a relatora do tema, diretora Meiruze Freitas lerá seu voto, com os outros quatro diretores da agência votando depois

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies