Menu
2020-02-05T18:56:19-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Oferta quente

Ações da Mitre disparam na estreia na bolsa após IPO

Incorporadora atua em em empreendimentos de médio e médio-alto padrão e vai usar dinheiro do IPO em aquisição de terrenos e custos de construção

5 de fevereiro de 2020
12:29 - atualizado às 18:56
Representantes da Mitre durante o toque de campainha na B3
Representantes da Mitre durante o toque de campainha na B3 - Imagem: Cauê Diniz/Divulgação

Depois de captar R$ 1,18 bilhão em uma oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês), a incorporadora Mitre estreou no pregão da B3 com o pé direito.

As ações da companhia (MTRE3) dispararam no primeiro dia de negociação na bolsa, fechando em forte alta de 7,77%, a R$ 20,80. Leia também nossa cobertura de mercados.

Os papéis foram vendidos no teto da faixa indicativa no IPO, que variava de R$ 14,30 a R$ 19,30, um sinal de que a demanda dos investidores foi boa.

A Mitre Realty atua em todas as regiões da cidade de São Paulo, com foco em empreendimentos de médio e médio-alto padrão.

O dinheiro arrecadado com o IPO será usado na aquisição de terrenos, além do que vai ajudar a arcar com os custos de construção e despesas administrativas da companhia. A oferta foi coordenada pelo BTG Pactual, Bradesco BBI e Itaú BBA.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

hoje não

Hering rejeita proposta da Arezzo para potencial fusão

Segundo a Cia. Hering, a proposta “não atende ao melhor interesse dos acionistas e da própria companhia”

Polêmica na privatização

CVM vai investigar CEEE por suposta omissão na divulgação de informações

A autarquia começará a apuração de uma denúncia de omissão de fatos relevantes sobre a privatização da estatal gaúcha

FECHAMENTO

Commodities em alta levam o Ibovespa acima dos 120 mil pontos pela primeira vez desde fevereiro; dólar recua

O clima incerto em Brasília segue assombrando os investidores, mas ainda assim a bolsa brasileira consegue fôlego com as commodities para se manter no azul

Combinação promete

Aura Minerals (AURA33): ouro e dividendos no mesmo investimento

Max Bohm, sócio e analista de Empiricus, enxerga um potencial enorme de crescimento na combinação oferecida pela mineradora

VÍDEO

É hora de investir em commodities? Saiba tudo sobre o novo ciclo de alta

Alta das commodities impacta diretamente as economias emergentes; saiba mais no vídeo do analista Matheus Spiess, da Empiricus

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies