Menu
2020-05-15T20:21:27-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
A economia e a pandemia

Vidas de brasileiros estão em risco e economia também está ameaçada, diz Guedes

Ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que não há o que celebrar em meio ao efeito da pandemia do novo coronavírus

15 de maio de 2020
20:21
23/01/2019 Almoço de Trabalho “ O Futuro do Brasil “
(Davos - Suíça, 23/01/2019) Palavras do Ministro de Estado da Economia, Paulo Guedes. - Imagem: Alan Santos/PR

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta sexta-feira, 15, que não há o que celebrar em meio ao efeito da pandemia do novo coronavírus. "As vidas de brasileiros estão em risco e a economia também está sob ameaça", afirmou o ministro em coletiva no Palácio do Planalto para fazer um balanço dos 500 dias de governo.

Guedes voltou a falar das duas ondas de impacto da pandemia, a primeira, da saúde e a segunda, da economia. Segundo ele, neste momento, a primeira onda é a da saúde. "Estamos sob impacto disso. Há regiões afogadas nessa onda, mas estamos tentando vencer isso", afirmou.

O ministro fez uma comparação da situação atual com a imagem de um pássaro. "Uma bela imagem sobre o drama que vivemos é o pássaro que, para voar, precisa bater as duas asas". Segundo ele, enquanto o problema da saúde não tiver equacionado, não há como voar. Mas, ressaltou, do mesmo jeito, "sem a economia funcionando, o País não consegue decolar". "As duas asas não estão sincronizadas", afirmou.

Ainda usando a imagem do pássaro, Guedes disse que a primeira asa ferida foi a da saúde, com a pandemia. E agora, afirmou, à medida que o tempo passa, o Brasil começa a ferir a "asa" da economia.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

varejo online

B2W tem alta de 56% nas vendas e diminui prejuízo, que chega a R$ 43,8 milhões

Linha final do balanço é 57% melhor do que há um ano, enquanto mercado falava em prejuízo de R$ 60 milhões no terceiro trimestre; receita teve alta de 58,5% no período

cardápio de balanços

Suzano, Fleury e Totvs: os balanços que mexem com o mercado nesta sexta

São empresas cujas ações fazem parte da carteira teórica do Ibovespa – ou seja, os resultados das companhias ajudam a calibrar o índice

Sucessão no bancão

Milton Maluhy Filho será o novo presidente do Itaú Unibanco

Maluhy tem 44 anos e ingressou no Itaú em 2002. Após passar por diversas funções, o executivo ocupa o cargo de vice-presidente da área de riscos e finanças do maior banco privado brasileiro.

Big Techs

Resultados de Facebook, Google, Amazon, Twitter e Apple mexem com o mercado; veja números

Apesar dos resultados estarem bastante acima do esperado pelos analistas, as ações de algumas das gigantes caíram no pós-mercado em NY

Rombo

Governo Central tem déficit de R$ 76,1 bilhões em setembro

O resultado, que reúne as contas do Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central, sucede o déficit de R$ 96,096 bilhões de agosto.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies