Menu
2020-03-06T13:49:34-03:00
Estadão Conteúdo
Velhos amigos

Trump e Bolsonaro se encontrarão no sábado em resort na Flórida

Trump e Bolsonaro já se encontraram outras três vezes em 2019: em março na Casa Branca, em julho durante reunião do G-20 em Osaka, Japão, e em setembro, na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas

6 de março de 2020
13:49
Donald Trump e Jair Bolsonaro
Imagem: Alan Santos/PR

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, confirmou nesta sexta-feira (6) ao falar com jornalistas na Casa Branca que receberá o presidente Jair Bolsonaro em um jantar em Mar-a-Lago, resort no sul da Flórida (EUA). O encontro deve acontecer no sábado, dia 7, à noite, segundo fontes.

Os dois já se encontraram outras três vezes no último ano: em março na Casa Branca, em julho durante reunião do G-20 em Osaka, Japão, e em setembro, na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas.

Nos encontros, Bolsonaro fez questão de mostrar admiração por Trump e tem repetido que apoia a reeleição do republicano. As eleições presidenciais nos EUA acontecerão em novembro.

Bolsonaro deve chegar a Miami no meio da tarde do sábado, para uma viagem que o Planalto já cogitou fazer outras vezes no ano passado. A agenda do presidente prevê seminários com integrantes do setor empresarial, encontro com a comunidade brasileira em Miami e reuniões com políticos locais. Na terça-feira, dia 10, ele viaja à cidade de Jacksonville, no norte do Estado, para visita à fábrica da Embraer. De lá, o presidente embarca novamente a Brasília.

Na segunda-feira, 9, durante seminário com integrantes do setor empresarial, Bolsonaro deve assinar acordo de defesa para aprofundar a cooperação entre os dois países na área, o RDTE (Pesquisa, Desenvolvimento, Testes e Avaliações). Na terça, Bolsonaro estará em um evento organizado pelo empresário Mario Garnero, sobre relação entre os dois países.

A comitiva presidencial será composta pelos ministros Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Fernando Azevedo e Silva (Defesa), Bento Albuquerque (Minas e Energia), Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), além do presidente da Embratur, Gilson Machado, e do Secretário de Pesca, Jorge Seif.

Araújo segue para Washington depois da passagem por Miami. Na capital americana, o chanceler terá um encontro com o secretário de Estado, Mike Pompeo, e deve estar presente em cerimônia para assinar, no Tesouro americano, a adesão do Brasil ao programa "América Cresce", para financiamento de projetos em infraestrutura.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Insistência incomoda

Ex-presidente do BC Affonso Pastore acredita que ajuste parcial da Selic é insustentável

O economista defende o reconhecimento explícito de que a instituição perseguirá o ajuste integral da taxa básica de juros

Turbulência

Latam reduz prejuízo em 79% e anota perda de US$ 430,8 milhões no 1º trimestre

A receita operacional total da aérea foi de US$ 913,1 milhões no primeiro trimestre, queda de 61,2% sobre o mesmo período de 2020

Bitcoin popular

Goldman Sachs e Citibank anunciam novos investimentos em bitcoin

A ideia é tentar oferecer a maior variedade de serviços e evitar as oscilações, típicas e comuns no mundo das criptomoedas

Movimentação societária

CCR em disparada: por que a saída da Andrade Gutierrez do bloco de controle ajuda as ações?

As ações ON da CCR lideram os ganhos no Ibovespa após a Andrade Gutierrez receber proposta para a venda de sua fatia na companhia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies