Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-12-07T18:02:10-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
em 2021

SP começa vacinação contra covid-19 em 25 de janeiro, diz governo do estado; veja cronograma

Prioridade será para profissionais de saúde, pessoas com 60 anos ou mais e grupos indígenas e quilombolas; resultado da fase 3 com o índice de eficácia do imunizante da vacina ainda deve ser divulgado

7 de dezembro de 2020
14:40 - atualizado às 18:02
50691773172_c54e8a2afc_c
O Governador do Estado de São Paulo, João Doria, participa de 150° Coletiva de Imprensa com Área do Governo e Área da Saúde. Local: São Paulo/SP Data: 07/12/2020 Foto: Governo do Estado de São Paulo -

O governador de São Paulo, João Doria, disse nesta segunda-feira (7) que o Estado vai começar a vacinação contra a covid-19 no dia 25 de janeiro. Nessa primeira etapa, a prioridade será para profissionais de saúde, pessoas com 60 anos ou mais e grupos indígenas e quilombolas.

O cronograma estipula cinco etapas de vacinação a partir do início da campanha. Até o fim de março, o Governo de São Paulo estima que quase 20% dos 46 milhões de habitantes do estado estejam imunizados com duas doses da CoronaVac - desenvolvida em parceria entre o Instituto Butantan e a biofarmacêutica Sinovac Biotech.

O resultado da fase 3 com o índice de eficácia do imunizante deve ser divulgado na próxima semana. Se tudo correr como esperado, o governo deve pedir imediatamente o registro da vacina na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Estudos clínicos demonstraram que 94,7% dos voluntários não tiveram evento adverso. Dos que apresentaram alguma reação, 99,7% relataram sintomas de baixa gravidade, como dor no local da injeção e dor de cabeça leve.

Plano Estadual

A medida anunciada faz parte do Plano Estadual de Imunização contra o coronavírus. “Não estamos virando as costas para o Plano Nacional de Imunizações, mas precisamos ser mais ágeis e, por isso, estamos nos antecipando", disse João Doria.

A previsão é que 9 milhões de pessoas sejam imunizadas na primeira etapa, com a aplicação de 18 milhões de doses. O público-alvo prioritário abrange trabalhadores na linha de frente de combate à covid-19, indígenas e quilombolas e também a faixa etária com maior índice de letalidade pela doença – pessoas com mais de 60 anos.

A campanha será coordenada pela Secretaria de Estado da Saúde e implementada em parceria com as 645 prefeituras de São Paulo. O objetivo é dobrar o total de postos de vacinação dos atuais 5,2 mil para até 10 mil locais.

O Governo do Estado vai propor aos municípios a adoção de normas especiais para vacinação em farmácias, quartéis da Polícia Militar, escolas, terminais de ônibus e postos volantes em sistema drive-thru. O objetivo é garantir a segurança da população e evitar aglomerações nos locais de imunização.

A estimativa é que o esquema de logística e segurança pública para o Plano Estadual de Imunização envolva cerca de 79 mil profissionais, com 54 mil trabalhadores do setor de saúde e 25 mil agentes de segurança, entre policiais militares e guardas civis municipais.

Cronograma

  • 25 de janeiro a 28 de março
  • 9 semanas de duração
  • 18 milhões de doses
  • Duas aplicações por pessoa, com intervalo de 21 dias entre a primeira e a segunda dose

Cronograma de vacinação

  • Dose 1
    • 25/01 Profissionais da Saúde, indígenas e quilombolas
    • 08/02 Pessoas com 75 anos ou mais
    • 15/02 Pessoas com 70 a 74 anos
    • 22/02 Pessoas com 65 a 69 anos
    • 01/03 Pessoas com 60 a 64 anos
  • Dose 2
    • 15/02 Profissionais da Saúde, indígenas e quilombolas
    • 01/03 Pessoas com 75 anos ou mais
    • 08/03 Pessoas com 70 a 74 anos
    • 15/03 Pessoas com 65 a 69 anos
    • 22/03 Pessoas com 60 a 64 anos
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

XP anuncia investimento na edtech Resilia

A Resilia é uma edtech que combina tecnologias que potencializam o aprendizado individualizado e em comunidade com um método de ensino que capacita potenciais talentos de uma forma mais rápida para o mercado digital

Análise

Investir em ações de banco ainda é uma boa? Veja 3 motivos que deixam a XP Investimentos cautelosa

Se no ano passado a postura era otimista, agora os analistas do setor financeiro da XP estão mais cautelosos, já que o cenário é de preços elevados dos ativos e uma concorrência e intervenções regulatórias preocupantes.

REFORMA TRIBUTÁRIA

PIB pode crescer 1,6% com redução de IR para empresas, indica estudo

O cálculo de 20% teve como base comportamento das empresas depois de um dos maiores aumentos na alíquota do imposto sobre dividendos no mundo – na França, em 2013, de 15,5% para 46%

ESG

‘Equidade racial se tornou prioridade dentro da Vivo’, diz presidente

Dentro da extensa agenda ESG, que concentra ações ambientais, sociais e de governança, a Vivo aposta na equidade racial

Clube do livro

Das tulipas ao bitcoin: conheça a história das crises financeiras de uma forma irreverente

O maior trunfo de “Crash”, de Alexandre Versignassi, é nos guiar pela história da economia mundial e brasileira traçando paralelos entre o passado e o presente

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies