Menu
2020-10-21T15:50:01-03:00
Estadão Conteúdo
fluxo cambiam

Saída de dólar supera entrada em US$ 19,753 bi no ano até 16 de outubro, diz BC

Depois de encerrar setembro com saídas líquidas de US$ 3,482 bilhões, o País registrou fluxo cambial negativo de US$ 1,056 bilhão em outubro até o dia 16

21 de outubro de 2020
15:49 - atualizado às 15:50
Dólar
Imagem: Shutterstock

O fluxo cambial do ano até 16 de outubro ficou negativo em US$ 19,753 bilhões, informou nesta quarta-feira o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era negativo em US$ 18,004 bilhões. Os dados anuais refletem, em grande parte, os efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre o fluxo de moeda estrangeira, em especial no mês de março.

A saída pelo canal financeiro neste ano até 16 de outubro foi de US$ 53,368 bilhões. O resultado é fruto de aportes no valor de US$ 371,829 bilhões e de envios no total de US$ 425,197 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 16 de outubro ficou positivo em US$ 33,615 bilhões, com importações de US$ 122,062 bilhões e exportações de US$ 155,677 bilhões. Nas exportações estão incluídos US$ 20,429 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 55,191 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 80,056 bilhões em outras entradas.

Outubro

Depois de encerrar setembro com saídas líquidas de US$ 3,482 bilhões, o País registrou fluxo cambial negativo de US$ 1,056 bilhão em outubro até o dia 16, informou o Banco Central.

O canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 1,163 bilhão em outubro até o dia 16. Isso é resultado de aportes no valor de US$ 15,852 bilhões e de retiradas no total de US$ 17,015 bilhões.

No comércio exterior, o saldo de outubro até o dia 16 é positivo em US$ 107 milhões, com importações de US$ 5,949 bilhões e exportações de US$ 6,056 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 539 milhões em ACC, US$ 1,933 bilhão em PA e US$ 3,584 bilhões em outras entradas.

Semana

O fluxo cambial registrado na semana passada (de 13 a 16 de outubro) para o Brasil ficou negativo em US$ 1,289 bilhão, informou o Banco Central. A semana teve um dia útil a menos, em função do feriado de 12 de outubro (Nossa Senhora Aparecida).

O canal financeiro apresentou saída líquida de US$ 1,201 bilhão na semana, resultado de aportes no valor de US$ 5,560 bilhões e de envios no total de US$ 6,761 bilhões.

No comércio exterior, o saldo na semana passada ficou negativo em US$ 88 milhões, com importações de US$ 2,462 bilhões e exportações de US$ 2,374 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 244 milhões em ACC, US$ 585 milhões em PA e US$ 1,546 bilhão em outras entradas.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quinta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

abrindo os negócios

Ibovespa abre em queda com desentendimento entre Guedes e Campos Neto; dólar e juros sobem com temor fiscal

Embate no seio da equipe econômica deixa investidores cautelosos. Mercados nos Estados Unidos ficam fechados por ocasião do Dia de Ação de Graças

DINHEIRO NO BOLSO

Smiles e Guararapes anunciam pagamento de JCP

Empresa de fidelidade vai pagar R$ 53,9 milhões, enquanto confecção vai repassar R$ 202,5 milhões aos acionistas

Passivo ambiental

Conta da Braskem por afundamento de bairros em Maceió pode chegar a quase R$ 11 bilhões

Medidas para o encerramento das atividades na capital de Alagoas determinadas pela Agência Nacional de Mineração (ANM) podem aumentar despesa da Braskem em mais R$ 3 bilhões

Nova operação

Lava Jato mira ex-funcionário da Petrobras pela 2ª vez por US$ 2,2 mi em propinas

Agentes cumprem dois mandados de busca e apreensão em Angra dos Reis e Araruama, no Rio de Janeiro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies