Menu
2020-05-20T15:39:15-03:00
Fluxo cambial

Saída de dólar supera entrada em US$ 10,394 bilhões no ano até 15 de maio, diz BC

O fluxo cambial do ano até 15 de maio ficou negativo em US$ 10,394 bilhões, informou nesta quarta-feira, 20, o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era positivo em US$ 5,706 bilhões

20 de maio de 2020
15:39
Banco Central do Brasil
Banco Central do Brasil - Imagem: Shutterstock

O fluxo cambial do ano até 15 de maio ficou negativo em US$ 10,394 bilhões, informou nesta quarta-feira, 20, o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era positivo em US$ 5,706 bilhões. Os dados refletem, em grande parte, os efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre o fluxo de moeda estrangeira.

A saída pelo canal financeiro neste ano até 15 de maio foi de US$ 33,356 bilhões. O resultado é fruto de aportes no valor de US$ 203,967 bilhões e de envios no total de US$ 237,323 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 15 de maio ficou positivo em US$ 22,962 bilhões, com importações de US$ 55,956 bilhões e exportações de US$ 78,918 bilhões. Nas exportações estão incluídos US$ 13,301 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 28,023 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 37,593 bilhões em outras entradas.

Maio

Depois de encerrar abril com saídas líquidas de US$ 1,378 bilhão, o País registrou fluxo cambial positivo de US$ 2,337 bilhões em maio até o dia 15, informou o Banco Central.

O canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 837 milhões no período. Isso é resultado de aportes no valor de US$ 18,339 bilhões e de retiradas no total de US$ 19,176 bilhões.

No comércio exterior, o saldo de maio até o dia 15 é positivo em US$ 3,173 bilhões, com importações de US$ 4,693 bilhões e exportações de US$ 7,867 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 969 milhões em ACC, US$ 3,499 bilhões em PA e US$ 3,398 bilhões em outras entradas.

Semana

Em meio aos efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre a economia, o fluxo cambial registrado na semana passada (de 11 a 15 de maio) para o Brasil ficou positivo em US$ 1,898 bilhão, informou o Banco Central.

O canal financeiro apresentou saída líquida de US$ 46 milhões na semana, resultado de aportes no valor de US$ 9,805 bilhões e de envios no total de US$ 9,850 bilhões.

No comércio exterior, o saldo na semana passada ficou positivo em US$ 1,943 bilhão, com importações de US$ 2,567 bilhões e exportações de US$ 4,510 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 504 milhões em ACC, US$ 2,183 bilhões em PA e US$ 1,823 bilhão em outras entradas.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

entrevista

‘JBS abriu 3 mil vagas em maio à pandemia’, diz presidente da empresa

Empresa tem sofrido, especialmente no sul do País, questionamentos pelo alto índice de contaminação de funcionários por covid-19

esquenta dos mercados

Exterior positivo em dia de payroll deve impulsionar a bolsa brasileira

Hoje dia volta a ser de otimismo no mercado global, com as principais bolsas na Europa e os índices futuros em Nova York operando em alta. Os investidores ficam atentos hoje ao relatório de emprego dos Estados Unidos, o payroll. O ânimo dos investidores deve ter um empurrãozinho da alta do petróleo observada nesta manhã. […]

país não é bem visto por democratas

Comitê da Câmara dos EUA se opõe a acordo com o Brasil

Ex-embaixador em Washington, Rubens Ricupero afirma que a carta dos democratas da Ways and Means “enterra” qualquer possibilidade de acordo

medida anticrise

Governo deve estender auxílio emergencial por mais dois meses

Equipe econômica avalia editar uma medida provisória para ampliar o período de duração do benefício, criado para dar suporte a trabalhadores informais, autônomos, desempregados e microempreendedores individuais

dinheiro no caixa

Centauro levanta R$ 900 milhões em oferta de ações

Empresa deve usar os recursos para o financiamento de aquisições de empresas em curso e futuras que possam contribuir para a execução de sua estratégia de crescimento

em meio à crise

Governo transfere R$ 83,9 milhões do Bolsa Família para investir em propaganda

Medida atinge os recursos previstos para a região Nordeste do País; Secom já havia aumentado para R$ 17,8 milhões suas despesas com propaganda

Entrevista

Vitreo não será “mais uma” plataforma de investimentos na concorrência com XP, diz CEO

Patrick O’Grady conta por que a Vitreo, que possui hoje R$ 4,5 bilhões e 60 mil clientes, decidiu entrar na disputa pelo território ocupado hoje por mais de duas dezenas de corretoras, bancos e fintechs

SEXTOU COM RUY

As grandes vencedoras na crise e o “vício” das perdedoras no lucro

O problema dessas empresas “reloginho” – com lucros estáveis e recorrentes – é que elas atraem acionistas que só conseguem pensar nos dividendos

Balanço da covid no país

Brasil supera Itália em número de mortes por coronavírus e chega a 34 mil

O Brasil registrou 34.021 mortes provocadas pelo coronavírus até agora. Há 614.941 casos confirmados da doença em todo o país

coronavírus na energia

Copasa prorroga pagamento de contas devido à pandemia

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) informou que prorrogou os prazos das medidas de auxílio aos clientes, a fim de minimizar os impactos à população devido à pandemia do novo coronavírus

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements